origem
Eusébio +10: Setembro 2009

terça-feira, 29 de setembro de 2009

pequenas vitorias com denominador comum

o inicio avassalador do benfica tem entusiasmado os adeptos e tem aziado os nossos opositores. ja' provocamos 2 chicotadas psicologicas (1 peca por tarde) e ja' temos uma melhor media de golos que e' a melhor na europa. a tudo isto esta' intimamente ligado o jj. e muito temos que lhe agradecer por tal. mas ha' outras pequenas vitorias que por vezes passam despercebidas. a ver:

1) o regresso de aimar 'a seleccao. vitoria, essencialmente, do telmo firmino. era um jogador que vinha para se reformar, que estava acabado, que nao podia jogar mais que 45 minutos sem correr o risco de parar 3 meses. passados 2 anos, e' a estrela maior da companhia, e' o mago que todos os argentinos conhecem, e renasce para o futebol que nem fenix, com esperancas renovadas de levar a argentina ao mundial e o benfica 'a vitoria no campeonato.

2) saviola e javi garcia. no real estavam os 2 perdidos. se o primeiro admite ainda nao ter mostrado 1 decimo do que pode fazer (o que revela uma enorme humildade, que me agrada muito), o segundo foi logo catalogado de refugo e sarrafeiro, mesmo sem ter tocado na bola. passados 3 jogos europeus e 6 jogos na terrinha, javi e' a referencia defensiva do nosso meio campo, com um pulmao e uma capacidade futebolistica acima da media. saviola e' um desequilibrador nato e so' precisa de mais jogos nas pernas e mais confianca, mas o rapaz ve-se que anda felicissimo.

3) o novo di maria. quique flores sentou-o no banco em deterimento do reyes. quando o fez jogar, eram 10 minutos aqui e ali. foi aos jogos olimpicos e esplanou naqueles campos da bola algo por que nos queriamos que ele fizesse com o manto sagrado vestido. jesus devolveu-lhe a irreverencia e a liberdade para ser criativo. e' certo que se deixa entusiasmar tanto que ainda faz muitos disparates, mas e' um jovem com enorme margem de progressao e que ainda pode dar muito. umas chapadas para tirar as manias de se querer mudar para todos os clubes de futebol e vai ao lugar...

4) o diamante coentrao. tal como di maria, quique nao foi 'a bola com ele. na sua saida para o zaragoza dizia "sou melhor que di maria". fabio, amigo, hoje nao duvidamos. e' jovem como o argentino, mas muito mais objectivo. e' mais certinho, esta' mais crescido, faz menos asneiras. voltou do rio ave com vontade de se impor e aos poucos conquista o seu espaco. para ja', conseguiu ganhar a confianca de muitos adeptos. a titularidade esta' para breve.

5) cardozo, o homem golo. a epoca passada passou-a, incompreensivelmente, tapado por suazo. quando teve que mostrar, marcou 17 golos em 22/23 jogos. ainda assim, quique torceu sempre o nariz. jesus sabia quem era cardozo e nao pensou 2 vezes quem faria parte do ataque do benfica: cardozo + 1. reaparece nesta epoca de faro apurado, a confirmar o rotulo de matador. arrisca-se a entrar no panteao dos deuses e fazer companhia a eusebio, nene, rui aguas e mannique...

6) aposta de lfv. podemos nao gostar do homem ou de duvidar de algumas escolhas, mas embirrou que era o jesus e embirrou bem. o benfica continua a crescer em numero de socios, a benfica tv esta' a mostrar-se um sucesso, a cotacao do benfica na bolsa e' maior que a dos 2 outros clubes junta (!!!), o benfica e' badalado por meia europa fora. uma aposta claramente ganha que trara' beneficios a muito curto prazo. podemos nao ganhar a liga europa, ou o caneco da cerveja, ou o campeonato, mas lfv pode ter encontrado em jj a razao para ficar na direccao muitos anos.


BENFICA SEMPRE!!!

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Aimar e a seleccao

Preocupou-me saber que iamos perder o descanso do 10 para as viagens transatlanticas. Aterrorizou-me saber que ele vai jogar contra o Uruguai onde pontificam alguns elementos pagos pelos corruptos. Medo. Muito medo.

domingo, 27 de setembro de 2009

Ate' 'a porrada se leixaram...

... e siga a marinha!

(nem sequer vou perder tempo a discutir a doenca mental do Mota e os "criterios desiguais" nos primeiros 30-35 minutos!)

(e com tanto pau que os gajos deram, se o arbitro tivesse tido pomodoros, o jogo tinha acabado a meio da segunda parte porque nao se pode jogar com menos de sete)

Cinco secas.

Como disse o Joao no outro dia, "and you are under the bus".

Vamos entao aproveitar a boleia e admirar a paisagem.

Benfica esmaga sem piedade. Lindo.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Estamos LEIXados?

Parece que a Parede nao vai jogar no sabado contra o satelite H dos corruptos. Isto nao e' uma noticia terrivel porque falta dizer que o Ramires parece que tambem nao vai jogar.

Vamos ter uma demonstracao cabal de que o plantel tem alternativas para haver trocas de jogadores sem perda de potencia de motor, ou vamos comecar a bater com as cabecas na parede?

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

mais 3 pontos... menos David Luiz...

Valeu sobretudo o resultado num jogo que tinha tudo para correr mal. O Cardozo no banco, aquelas camisolas pretas medonhas, a melhor defesa do campeonato, o Jorge Sousa de apito em riste... confesso que me sentei no sofá a sofrer pelos milhares de Benfiquistas que encheram Leiria. Por falar nisso, recorde-se que a União é já o terceiro clube português a quem sai o euromilhões este mês... é preciso ter sorte.

Pela segunda vez consecutiva, não se viu um Benfica pressionante e agressivo como parecia ser a imagem de marca de Jesus. Mesmo assim, um golo caído do céu acabou por nos dar vantagem sem termos feito muito para o merecer. É espantoso como Saviola voltou a fazer um jogo muito fraco mas teve mais uma vez o condão de estar no sitio certo na hora certa.

Com um golo tão madrugador pensei, ou caímos em cima deles que nem cães ou isto pode-se complicar muito. Não o fizemos, continuámos expectantes, sem grande capacidade de pressing ou de trocar a bola. Não durou muito e David Luiz fez o disparate da praxe. Um corte à karateca e bola dentro da baliza do Quim. Não vou bater mais no ceguinho... limito-me a perguntar quem é o denominador comum nos 3 golos que sofremos este campeonato? Da mesma forma que não me interessa um avançado que marca grandes golos mas comete 15 perdas de bola por jogo, também não quero um defesa que faz desarmes espectaculares mas comete um penalti/autogolo a cada 2 jogos.

Não me parece que tenhamos reagido bem a este golo. É verdade que não houve grandes nervosismos, mas a equipa que até então esteve amarrada continuou sem grande vontade de se libertar. Os nossos motores ofensivos que costumam ser os laterais ontem não tiveram um milimetro, Aimar esteve perdido, Ramirez arrumou cedíssimo, e Saviola e Keirrisson nem sei onde estiveram. O Brasileiro foi confrangedor, não está minimamente integrado na equipa e parece não querer nada com a bola. Espero que Jesus repense o papel deste menino durante umas semanas. Só DiMaria mostrou alguma chama mas a habitual falta de lucidez.

Confesso que fiquei estarrecido com a imagem dos jogadores a sair do túnel e com os primeiros minutos da segunda parte. Sem garra, sem velocidade, sem vontade de procurar ou ter a posse de bola. A substituição do Keirrisson e do Ramirez chegou com 30 mns de atraso, mas lá chegou e revolucionou um pouco o jogo. Creio que o Leiria acusou muito a entrada destes dois jogadores e enquanto se reajustava defensivamente fomos capazes de nos aproximar da área e arrancar uma série de faltas e cantos.

No lance do penalti a minha primeira reacção foi "grande fdp que nem se lhe arrancassem a cabeça eras capaz de marcar um penalti". Mas ele marcou... o Jorge Sousa marcou um penalti decisivo a nossa favor... anda mesmo algo no ar. Como vejo o jogo sem som, nem me apercebi da controvérsia que se gerava em torno do dito penalti, e só após a 47ª repetição me apercebi que estavam a questionar a dita. Vistas todas as repetições, até posso aceitar que a decisão mais acertada fosse o livre indirecto visto tratar-se de jogo perigoso. Mas nem me passa pela cabeça que depois daquele golpe de jujitsu no peito do Aimar, o árbitro pudesse marcar qualquer coisa que não fosse penalti e cartão vermelho para o defesa. Foi essa a minha impressão e a de todos os que viram o jogo, inclusive os jogadores do Leiria que se queixaram do lance ter sido fora da área. Mas se os andrades e os lagartos quiserem tirar as fraldas e começar já com a conversa do colinho, faça-se um abaixo assinado a pedir a irradiação do Jorge Sousa que eu tenho a certeza que conseguem 6 milhões de assinaturas enquanto o diabo esfrega um olho.

Acabámos por ganhar o jogo bafejados pela sorte e sem termos feito tudo o que podíamos para o merecer. O Leiria fez um grande jogo, foi de longe a equipa que nos deu mais dores de cabeça em termos tácticos, sem necessitar de recorrer à violência ou ao antijogo. Recordo que o Leiria teve 3 foras de jogo (bem) arrancados por milimetros, todos eles com o Maxi a dormir em relação à linha de defesas, e que nos podiam ter custado muito caro. Fomos felizes defensivamente e tivemos a sorte de marcar em dois momentos cruciais nos poucos períodos em que tivemos algum ascendente. São 3 pontos que valem tanto como os 8-1, a culminar uma série de jogos fora e ainda para mais num fim de semana em que os outros perderam pontos. É em fins de semana assim que se ganham campeonatos.

Destaques negativos:

- Keirrison e David Luiz pelas razões já mencionadas.

- a lentidão de Jesus a mexer na equipa.

- o desleixo e inoperância na marcação das bolas paradas.

- a falta de garra, velocidade e vontade de vencer da equipa como um todo, agravada pela oportunidade única de ganharmos pontos em relação aos outros. Após o primeiro golo, tínhamos que ter subido a defesa até à linha de meio campo e correr atrás da bola que nem loucos até à estocada final. Não o fizemos, nem foi preciso... mas não será sempre assim.

Destaques positivos:

- Javi Garcia, a parede.

- Os adeptos do Benfica, inigualáveis em número e paixão.

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

viva a segunda-feira...e mais uma tirada contra o David Luiz

Há muitos anos que as segundas feiras não tinham tanta graça... Não são só as vitórias, as goleadas, ou o bom futebol... sente-se algo no ar...

Eu sou pouco dado a emoções de grande euforia. Tal como o Rui Costa, alerto para o facto de os últimos 12 golos valerem apenas 6 pontos... os mesmos que conseguiu o Braga através de arbitragens habilidosas... portanto, há que ter juizinho, pés assentes terra e acima de tudo atenção e ambição redobrada para o que o campeonato (ou sistema) ainda nos reserva.

Realço em primeiro lugar o trabalho de Jesus. A merda do Quique (e de todos os grandes benfiquistas que o glorificaram) deviam ter vergonha na cara. Jesus pode vir a não ganhar nada, a acabar o campeonato emparedado entre Xistras e Pubalgias, mas devolveu-nos o Benfica. O Benfica é o bom futebol, a ambição desmedida e a sede de vitórias. Recuperámos a nossa identidade! Se os deuses assim o quiserem, estamos prontos para uma nova epopeia de vitorias.

Tacticamente estamos conversados, jogamos p'ra caralho!!! Como que por magia, a equipa desdobra-se em campo de forma a termos sempre 3 jogadores a finalizar, 3 jogadores a pressionar a bola, 3 jogadores nas sobras. São 11, mas tal é a supremacia que parecem 22. Confesso que a única coisa que me desagradou ontem foi a ausência de killing instint. O jogo não devia ter ficado resolvido aos 60 e tal minutos, mas sim aos 20. Demorámos muito tempo a matar o jogo. Depois do primeiro golo devíamos ter ido à jugular e em vez disso notou-se alguma sobranceria. Esteve sempre controlado, não questiono isso, mas devíamos ter ganho com dois golos nos primeiros vinte minutos e descansar a equipa a pensar no jogo de quinta feira (Pablito Aimar devia ser o primeiro a ser poupado). Esta emoção toda em torno das goleadas causa muito desgaste psicológico e vamos pagar por ele mais tarde ou mais cedo... não que eu me esteja a queixar de marcarmos golos de mais.

3 destaques individuais:

- Ramirez é um monstro. Um maratonista com um pique fabuloso e pés de veludo. Um menino que ainda não deve ter percebido bem onde está e já joga como um senhor. Um jogador absolutamente fabuloso... daqueles que (já) valem golos e pontos. 8 milhões de euros... pechincha.

- Javi Garcia é a coluna vertebral desta equipa. Tudo gira em torno dele... Atormenta qualquer um que passe o meio campo e circula a bola bem e depressa. Não acho que seja um guarda costas dos defesas... talvez o guarda costas do losango do meio campo e o primeiro muro intransponível da nossa defesa. 7 milhões... dado.

- Saviola é a seta apontado ao coração do inimigo. Desde o jogo com o Marítimo e a primeira parte com o Guimarães, Saviola joga mais recuado e caído sobre a direita. Com Ramirez e Ruben (mais um jogão) faz um triângulo terrível que serve sobretudo para alimentar Oscar Cardozo. Já critiquei mais do que uma vez a sua inoperância, mas hoje penitencio-me, grande jogo: rápido, inteligente, solidário e generoso.

Do lado negativo destaco alguns ódios de estimação:

- Se Quim não tem feito uma defesa fabulosa aos dois minutos, em vez de estarmos a celebrar mais uma goleada podíamos estar a lamentar-mo-nos por mais pontos perdidos contra uma equipa que marca um golo sem saber como. Aos dois minutos, num lance completamente inofensivo, David Luiz coloca as duas mãos nas costas do adversário e empurra-o de forma ostensiva. Dessa falta não resultou golo por milagre. Não satisfeito, David Luiz reincidiu com mais 5 faltas (totalmente desnecessárias) até ao intervalo. Perto do final faz uma entrada brutal sobre um adversário (por sorte não o apanhou em cheio). Foi o jogador mais faltoso em campo e teve a sorte de nem um amarelo ter visto. Para quê pergunto eu? Em todos os lances de bola parada no nosso meio campo o Belenenses subiu toda a equipa. A única forma de uma equipa como o Belenenses assustar a nossa defesa é neste tipo de lances. E mesmo assim, sem qualquer necessidade sem ser para mostrar ser durão, David Luiz usou e abusou de faltas nas costas dos avançados do Belenenses. David Luiz é um excelente jogador e é de longe o melhor defesa a sair com a bola controlada. Mas ontem foi o principal motor ofensivo do Belenenses, sendo o responsável pela maioria das bolas que andaram perto da nossa baliza. David Luiz custou dois pontos na primeira jornada, ontem ia custando outros tantos... porquê e até quando pergunto eu?

- Com Saviola mais descaído sobre a direita DiMaria ainda se eclipsa mais. Parece que regressou o DiMaria do ano passado: inconsequente, confuso, egoista e acima de tudo estúpido. Coentrão vai mostrando ser um jogador muito mais esclarecido que o Argentino e a sua titularidade deve ser uma questão de semanas.

- Sou um adepto fervoroso do Oscar Cardozo mas este parece que cada vez que regressa do Paraguai deixa lá um bocado do cérebro e traz outro tanto de ego. Ontem foi displicente e trapalhão. Fez um bom remate na segunda parte quando tinha Saviola solto em frente à baliza. Encostou uma bola num lance em que todo o mérito é de Saviola. E de resto acho que só estorvou... Ontem a sua substituição pecou por tardia... e que pena foi o Weldon não estar no banco.


Depois do jogo de ontem lembrei-me de um anuncio da NFL: "The wheels on the bus go round and round, round and round, round and round. The wheels on the bus go round and round, and you are under the bus" - BENFICA ESMAGA!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Jose' Couceiro, um tuga-heroi

Este gajo conseguiu perder contra as Ilhas Feroe!
Monumental! :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D

terça-feira, 8 de setembro de 2009

um momento ligeiro...

que me fez rir. a do lagarto esta' boa.


David Luiz

sábado, 5 de setembro de 2009

a incrivel falta de ambicao

portugal praticamente hipotecou as hipoteses de ir ao mundial ao empatar hoje na dinamarca. a culpa e' inteiramente do queiros e do seu amigo merdail.

com a necessidade de ganhar todos os jogos ate' ao fim dos jogos de qualificacao, portugal apresentou-se em campo numa especie de 4-4-2 em losango mas em que as pecas estavam todas 'a deriva. no 11 inicial estavam 3 centrais, 2 laterais, 2 medios de contencao e nenhum ponta de lanca. apostava-se na velocidade e poder de choque do simao, deco e ronaldo contra as torres dinamarquesas. claro que nao correu bem. o jogo nao andava, nao havia fluidez e passamos o jogo a ver se algum destes 3 criativos fazia alguma coisa.

mas uma equipa que apresenta no mesmo 11 o duda, o eduardo, e o bruto alves nao e' uma equipa que queira ganhar. o so-called "melhor central portugues" nao joga um corno, o duda e' um desastre de jogador e o eduardo e' tudo menos um guarda redes seleccionavel. e para culminar na sua visao futebolistica, tira o meireles (um dos mais esclarecidos naquele meio campo) mas deixa ficar o pepe e o bruto alves, para meter, a espacos, o nani e o nuno gomes. qualquer pessoa com 2 dedos de testa tinha jogado num losango, sim, mas com o meireles ou o tiago como medio mais recuado, o deco como medio mais ofensivo, ronaldo simao ou nani nas alas, com o nuno e o carinha de fome na frente. se e' para ganhar, e' para ganhar desde o 1o minuto, e nao e' para impressionar os comentadores da televisao nos ultimos 5...

sr. queiros, esta' na hora de se demitir. sr. merdail, idem.

temos uma seleccao com tanto talento e este gajo foi capaz de fazer o mais dificil... ja' agora: o miguel vitor e' 50x melhor central que o bruto alves.

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

tomates (ou a falta deles) do norte da europa

ainda semi-relacionado com o que esse anormaloide do filho do tomas disse, a noticia do que a federacao belga fez hoje deixou-me perplexo. devem saber que o menino witsel, que joga no standard de liege, deliberadamente partiu a perna (tibia e peronio) de um colega de profissao. alias, as imagens de tal barbarie sao ilustrativas de que esta besta nunca quis jogar a bola e que a entrada foi mesmo, como se diz na giria, "para partir". o rapaz que ficou com a perna partida vai parar por, pelo menos, 1 ano, sendo incerto que possa jogar futebol profissional outra vez, dada a fragilidade com que a perna vai ficar.

a federacao belga, que a principio tinha mostrado severidade ao aplicar uma suspensao de 11 jogos a este menino, decidiu reduzir em 3 jogos tal suspensao (passando para 8). mas grave que a reducao da pena (os 3 jogos a menos sao porque? porque nao arrancou a rotula tambem?), e' a nao comunicacao do castigo 'a uefa, para que o menino possa jogar nas provas internacionais. ou seja, mesmo que a uefa veja o video, deve haver qualquer coisa que impede tal instituicao de suspender este animal.

pergunto eu: esta besta quadrada tem 20 anos. o colega de profissao 29. ele tem a carreira toda pela frente. o outro tera', em principio, a carreira em risco. nao era de gente dizer a este menino "olha, nao toleramos animais. ficas sem jogar, em qualquer prova oficial -- seleccao, clube, divisoes secundarias, etc -- ate' que o outro rapaz tenha uma perna nova. portanto, nao vais jogar durante um ano."?


enfim...

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

Toma, sson

Apenas uma nota rapida relativamente ao que o Tomasson disse hoje:

«Eles estão necessitados de um verdadeiro ponta-de-lança e então foram ao Brasil comprar um»

«Não fazemos isso na Dinamarca, nem no resto da Escandinávia, comparando com o que acontece nos países do Sul da Europa. Mas por mim está tudo bem».

E fica aqui uma nota porque embora isto tenha pouco a ver com futebol, tem a ver comigo porque vivi na escandinavia e nao suporto a arrogancia pseudo-etica moraloide destes javardos.
Ele tem razao. Na Dinamarca, e no resto da Escandinavia, um brasileiro (substituir por qualquer nacionalidade em que o prototipo nao seja branco e louro) JAMAIS seria tratado como um dinamarques, ou como um escandinavo. Porque os dinamarqueses, e os escandinavos, discriminam os estrangeiros, particularmente os cidadaos da europa do sul, como se fossem caes vadios a invadir-lhes o quintal.

Deve ser por eles serem tao eticos que o nivel de vida lhes tem que ser garantido pela importacao de talento estrangeiro, porque eles nao produzem talento nacional que chegue. E deve ser por eles serem tao 'a frente que as escandinavas, quando estao aflitas, vao por-se debaixo dos europeus do sul e dos africanos para lhes tirarem as teias de aranha.

Fado e samba ao ritmo do tango

eu sei, eu sei, foi um jogo a feijoes. foi um jogo de juniores contra juniores basicamente. mas e' tambem nestes jogos que se ve se os que nao jogam a titulares tem a ambicao e a vontade de entrar na equipa.



*notas muito positivas*

1) jogao. ou melhor J-O-G-A-O do di maria. isto vai entrar-lhe na moleirinha e faze-lo pensar que e' o melhor do mundo. mas caramba. fez um jogo impecavel.

2) roderick. calmo, solido defensivamente, lucido. e so' tem 18 anos. ele e o miguel vitor sao (e tem de ser) a dupla de centrais de futuro do benfica.

3) nelson oliveira. precisa de mais ritmo e de trabalhar o controlo de bola, mas o rapaz faz-se. um bom avancado, que e' bom que se comece a apostar nele aqui e ali.

4) os medios interiores direitos (os miudos ruben e diogo). para juniores nao se notou peso da camisola na pele (no fim de contas ja' a vestem desde os iniciados, provavelmente...) e mostraram aquela raca benfiquista que muitas vezes falta em alguns rapazes. a seguir atentamente a carreira de juniores deles.

5) david luiz. a central e' uma maquina.


*notas positivas*

1) saviola. entrou pelo nelson e podia ter feito 2 golos. mexeu-se muito na frente, fez triangulacoes impecaveis. pouco invejoso procura sempre o jogador melhor posicionado que possa rematar 'a baliza se ele nao o puder fazer. acho que estas 2 ultimas exibicoes podem lanca-lo num ascendente emocional e trazer ao de cima todo o seu futebol.

2) javi. nao sabe jogar mal. fez o que foi pedido e e' um daqueles jogadores que protege os colegas de equipa, mesmo que com isso leve cartoes.

3) keirrison. mais solto, comecou a dar um arzinho da sua graca e a mostrar que tem futebol nos pes. algo estatico por vezes, precisa de mais confianca. bem na procura de jogo mais recuada e foi pena o remate torto para o seu 2o golo.


*por convencer*

1) julio cesar. esta' bem que e' o primeiro jogo com a camisola do benfica, mas do outro lado estavam os juniores do celtic e ele mostrou-se algo nervoso e com saidas aparvalhadas por vezes. nao sei se sera' este o gr que todos nos andamos a clamar ha' uns anos...

2) sidnei. fica nervoso muitas vezes e isso ve-se. precisa de acalmar um pouco para ser mais regular.

3) cesar. anda algo ansioso. boa alternativa ao aimar e ao carlos, mas e' outro que precisa de mais calma. uns jogos mais nas pernas e acho que vai la'.


*preocupante*

lesoes dos 2 laterais direitos do jogo. oxala nao seja nada de grave com o ruben.




e foi assim, mas um caneco e mais uns tostoes para o benfica. agora um merecido descanso de uns dias ate' o jogo do fim de semana que vem.


BENFICA SEMPRE!!!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Ter ou nao ter raizes, estrangeiras ou locais

Lembro-me do Desportivo e do Estrela. Sempre embirrei com o Estrela porque eram verdes, o Desportivo era azulado mas tinha meias vermelhas e afinal a sede ficava ali logo ao virar da esquina (era o ponto de encontro, com mais tres camones, das sextas-feiras 'a tarde sem aulas no setimo e oitavo ano, na mesa de bilhar e do snooker, onde apesar da insistencia consegui nao aprender a jogar nenhum deles decentemente). Os jogadores de futebol eram tipos locais, que trabalhavam para tratar da vidinha deles, treinavam duas ou tres vezes por semana, e o que recebiam pela actividade desportiva era pouco mais que uma gorgeta. Mas toda a gente os conhecia. Os "derbies" de Portalegre eram garantia de estadio cheio. Enfim, chamemos-lhe estadio (se o do Nacional e' estadio, o velhinho de Portalegre e' o Maracana). Lembro-me de quando foi inaugurado o relvado. Estava 'a pinha, nao havia um lugar vago.
Havia, claro, os indefectiveis, geralmente malta ja' na reforma, que nessa altura papavam os jogos todos em casa e passavam as tardes a jogar domino e bisca na sede. O meu avo, durante anos, nao falhou um jogo em casa do Estrela (e note-se que nestes idos dos anos 80, um bilhete para nao-socio custava a modica quantia de 600 paus!!!!! Para um jogo de terceira divisao!!!). De vez em quando uma subida 'a segunda, de vez em quando um jogo grande de taca de Portugal (uma vez foram os lagartos jogar contra o Estrela a Portalegre. Fui ver com o meu pai. Foi abada das grossas. O meu pai, que quando novo ainda jogou no Desportivo, nao era de todo pelo Estrela. Mas naquele dia, quando o Estrela fez o golo de honra, gritou como se tivesse sido o Eusebio a marcar naquela noite magica de Amsterdam.). Eu seguia a classificacao da serie D ('as vezes E) da terceira divisao, para manter a cena sob controlo. Quando as radios locais apareceram, a tarde desportiva era a acompanhar as proezas do Estrela e do Desportivo, com direito a comentador oficial para o futebol profissional (que, por acaso, era o meu professor de matematica).
Um ano o Desportivo foi campeao da terceira. Acho que a final foi em Tomar. La' para a uma e tal da manha comecou a chegar a malta que foi ver, e so' se ouvia, rua abaixo, "Oe, oa, Portalegrense e' o melhor que ha'". Depois comecaram a vir as manias das grandezas. Um brasileiro, depois dois, depois tres, depois meia-equipa. Comecou a faltar dinheiro para os salarios, e a Camara Municipal comecou a ter que entrar. Depois passou a ser ilegal a camara entrar nessas vidas, e a camara teve que passar a ser mais criativa nos apoios. Era para "apoiar o futebol jovem". Esta' claro. A seguir, um depois do outro, a falencia, ou quase, a queda esquecida nos distritais, a ressureicao para de facto se dedicarem ao futebol de formacao. Com pessoal dali, que treina tres vezes por semana no pelado e se arrasta por um lamacal qualquer das redondezas numa manha fria dos domingos de janeiro ou fevereiro.

Isto tudo para dizer o seguinte: se uma equipa nao disser nada 'a comunidade, qual cogumelo ali plantado pelos acasos da natureza, nao tem viabilidade. Depois admirem-se de quantas pessoas vao ver os jogos ao estadio. Se a equipa tiver raizes de facto, se apelar 'a populacao onde se encontra sediada, entao ai' arrasta as gentes, e equipa que arrasta gente nunca vai abaixo. Pode subir um ano e descer no outro, mas nunca vai abaixo (por exemplo, o Leixoes, antes de se prostituir aos corruptos, ou o Setubal, antes de se prostituir aos corruptos, ou a Academica, o Guimaraes, o Chaves... o Covilha... o Barreirense... etc., etc., etc.). Encher uma equipa de jogadores que ninguem ouviu falar e que nao sao melhores que os locais que la' andavam, e' a auto-estrada para a desercao e para o esquecimento. Se forem bons, ai' nao interessa de onde vem, a malta vai la' ver e ao fim de tres semanas ja' estao na tasca a beber uma bejeca.

Como disse num comentario anterior ha' 3 ou 4 dias, o problema nao e' a nacionalidade mas a qualidade. Se eu tivesse vindo aqui para onde estou para trabalhar nas obras, tinham-me dito "obrigado, mas ja' ca' temos que chegue". Esta e' a frase-chave.

devem andar a ler o nosso blog...

"(...) Portugal precisa urgentemente de um caderno de critérios que defina as condições para a entrada de jogadores estrangeiros, para que se filtre a qualidade. No meu entender, a maioria dos que chegam à Liga portuguesa não têm qualidade. Os que têm, tudo bem, pois que cheguem. Mas é certo que há um número exagerado de jogadores estrangeiros a jogar em Portugal e era uma questão de tempo até que isso se começasse a reflectir na Selecção Nacional. (...)" - Antonio Simoes in A Bola


Afinal nao sou so' eu que penso que o criterio de contratacao de estrangeiros devia mudar...