origem
Eusébio +10: Março 2015

sábado, 21 de março de 2015

como o artista marco ferreira deu 3 pontos aos andrades

Jogo de merda do Benfica contra uma equipa que pouco fez.  A entrada do andrade Ukra e do Diego Lopez fizeram ver a merda que e' o Eliseu e a nulidade que e' o Ola John.  O penalty e' muito bem inventado e a expulsao do Luisao vem dos anais de um Guimaros ou Calheiros qualquer.  Era bom mostrar ao senhor Marco que minutos antes na grande area do Rio Ave ha' uma mao na bola que ele decidiu nao marcar. 

O Benfica perde 3 pontos porque nao foi eficaz e abrandou muito cedo (por volta dos 5 minutos).  O artista do apito tratou-se de fazer o resto.

sexta-feira, 20 de março de 2015

viagem ao cerebro do jogador andrade emprestado

O mais recente caso e' o do Tiago Rodrigues, do Nacional, mas pode-se aplicar a qualquer outro.  Deve ser qualquer coisa do genero:

Cenario 1:
Minuto X de um jogo antes do jogo com a mafia, para um qualquer adversario:
"Anda ca' meu cabrao.  Tenho que te mandar um coice para ver se sou expulso ou suspenso.  Nao posso jogar contra quem me paga o ordenado pa'!"

Cenario 2:
LPFP reve o caso de um jogador, decide que nao ha' razao para suspensao por diferencas nos regulamentos e como cartoes sao passados, ou nao, de divisao para divisao.  Cabeca do potencial suspenso jogador:
"Foda-se.  Tenho de comer baldes de merda a ver se fico doente.  Nao posso jogar contra quem me paga o ordenado pa'!"

......
Cenario N
Jogador nao tem tento na lingua e mostra o seu clubismo nas redes sociais, mesmo se implicar desrespeitar a equipa onde joga.  Cabeca do monco:
"Eu sou um filho de puta e nao tenho medo de o mostrar.  Nao posso e' jogar contra quem me paga o ordenado pa'!"


No fundo, entre baldes de merda, entradas a pitons, jantares com os SuperCabroes, ou beijinhos nos aneis do papa, tudo vale e tudo e' permitido.  Quando o Miguel Rosa e o Deyverson nao jogam contra o Benfica, ai que cai o Carmo e a Trindade...



quarta-feira, 18 de março de 2015

Demorou, bolas!

A serem verdade as noticias do DN, parece que ao fim do que serao 6 epocas na Luz, JJ ja' tem a conta bancaria recheada e esta' disposto a negociar o seu salario profundamente. 

Como em qualquer negociacao de contrato de trabalho, ha' que fazer concessoes dos dois lados.  Quando negociei o meu mais recente contrato optei por um salario mais elevado em deterimento de uma comparticipacao na empresa mais substancial.  Nao fazia sentido esperar que me dessem o salario que eu queria e a percentagem na empresa que eu queria.  Tive que fazer concessoes.  Transportando essas ideias para a negociacao do contrato de JJ, nao faz muito sentido pagar um salario brutal e dar-lhe um plantel cheio de estrelas, porque o dinheiro nao estica para tanto.  E' preciso lembrar que jogadores como Saviola, Aimar, Julio Cesar, Luisao, Jonas, Salvio, Gaitan, nao jogam (so') por amor 'a camisola e tambem trazem o seu onus para as financas do clube e que nao se resume 'a compra do seu passe (ainda para mais com o fim de fundos, jogadores de elevada qualidade como JJ quer serao bem caros). 

O Benfica nao tem capacidade financeira, neste momento, para pagar o salario a um de Bruyne, a um Ibra, a um De Gea, a um Hazard. Muito menos tera' capacidade de pagar esses salarios mais o salario astronomico de JJ.  A base de conversacao deveria comecar em 25% do salario de JJ, o que ja' dava para pensar em jogadores doutra craveira que nao os Brunos Cesars e os Keirrions desta vida que levassem os 3 milhoes de sobra.  Com a dispensa/venda de jogadores sem qualidade para o Benfica que pululam pelas nossas fileiras (a comecar pelo Eliseu e a acabar na nova coqueluche que continua a nao convencer de seu nome Ola John), trazendo 2 ou 3 miudos da B (Guedes, Teixeira), manter jogadores como Gaitan, Jonas e Salvio, e ir buscar 2 ou 3 craques (daqueles "munta fortes"), acredito que JJ teria armas mais que suficientes para brilhar na Europa.

Mas tambem e' preciso cobrar.  O tempo de chegar 'as decisoes ja' passou.  Agora e' tempo de decidir.

domingo, 1 de março de 2015

Ontem

Ontem recebi a águia de prata pelos 25 anos de sócio do Benfica. 

Ontem voltei ao Estádio da Luz, após mais de um ano de ausência. 

Ontem levei as minhas filhas ao jogo. 

Ontem emocionei-me, como sempre, a cantar o hino do Benfica. 

Ontem vi dos melhores jogos que me lembro no Estádio da Luz. 

Ontem recuei 25 anos, e senti a alegria e o orgulho que tinha quando era um miúdo e ia pela mão do meu pai para o 3º anel.