origem
Eusébio +10: Novembro 2010

domingo, 28 de novembro de 2010

atitude

Um jogo muito parecido com o da última jornada na Luz, desta vez com uma dose extra de brio e um rasgo de Cardozo.

Mantenho o que disse a semana passada, defensivamente esta equipa é uma tragédia: foram 5 golos contra o porto; duas no ferro e uma mão cheia de oportunidades perdidas pelo Paços; foram mais 3 golos do Happoel; e hoje mais um golo, uma no poste e duas bolas falhadas na cara de Roberto. Esta equipa est+a completamente desequilibrada, ainda vai sofrer muitos golos e perder muitos pontos até ao fim do campeonato.

Destaco pela positiva obviamente o Cardozo, e saúdo o regresso de Amorim que ainda é o que temos de mais parecido com Ramirez. Luisão é um senhor ainda que não tenha estado nada brilhante. E no meio do caos, Roberto começa a destacar-se como um pilar de segurança... quem diria.

Pela negativa, creio que Nico Gaitan mantém o seu nível absolutamente confrangedor desde o inicio da época.

Espero que com todo o plantel disponível, Jesus mantenha Amorim e Martins como interiores, num 4x4x2 losango mais tradicional. E quando começar a Taça da Liga, acho que está na hora de testar um 4x3x3 com um meio campo mais musculado e Jara na frente.

sábado, 27 de novembro de 2010

estupefacto

Quem será o gajo mascarado de Jorge Sousa que está a arbitrar o jogo dos Andrades?

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

a mudança que temos de exigir

quando luis filipe vieira chegou ao benfica o clube estava a tentar sair de uma situação muito complicada por acumulação de erros (propositados ou nao) de gestões anteriores, principalmente as dificuldades de adaptação do clube a uma nova realidade financeira, especialmente no que ao futebol diz respeito. as gestões de jorge de brito e joao vale e azevedo deram no que deram, com prejuízos demasiados para a instituição benfica. a chegada de manuel viradinho trouxe alguma estabilidade e, com esforço e trabalho, o clube conseguiu tornar uma situação extremamente difícil em algo que poderia ser sustentável. a passagem de testemunho de viradinho para luis filipe vieira, que tinha estado nos bastidores a fazer algum do trabalho sujo em termos financeiros, ocorreu num clima de euforia e de que, finalmente, o clube se iria tornar num tubarão europeu. as derrotas eleitorais de luis tadeu e bagao felix pareciam indicar de que os benfiquistas tinham escolhido LFV para o que desse e viesse.


pouco depois da sua eleição, LFV começou o seu reinado de promessas de mundos e fundos. "campeões europeus de futebol", "domínio avassalador em todas as modalidades", "representações internacionais em todos os eventos de nomeada". em 8 anos como presidente do clube LFV conseguiu falhar a todas as promessas. mesmo os mais acérrimos defensores, que reclamam o reconhecimento do trabalho feito no futsal e no basquetebol, nao podem deixar de reconhecer que e' apenas do esforço da vanessa, do nelson ou de jogadores de futsal pagos com sandes de chouricao que o clube e' reconhecido internacionalmente e que nao ha qualquer influencia da direcção nestes feitos memoráveis.

quanto ao futebol, a historia e por demais conhecida. o campeonato de 2004/2005 foi ganho pela presença de duas figuras de personalidade fortíssima no clube (giovanni trapatoni e jose veiga) e que o de 2009/2010 foi ganho apenas pela vontade de um treinador com passagem mais ou menos gloriosas por clubes em ascensão (braga e guimaraes) ou do meio da tabela (estrela e berlinenses) em como conseguiria vencer se lhe fossem dadas condições para isso. antes de jorge jesus ou de trapatoni tivemos fernando santos (corrido nao se percebe bem como ou porque, mas que e' reconhecido como aquele que pos o benfica a jogar 'a bola como 'a muito nao se via), koeman (vice campeão holandês com uma equipa mediana), quique flores (vencedor da liga europa com um atlético em nada inferior ao benéfica da época passada), camacho (que se abotoou bem 'a custa do benfica), jesualdo (que nao sendo nada de especial, la' nos conseguiu roubar 3 títulos).

para cada treinador, paletes de jogadores, desde brasileiros a argentinos passando por espanhois sobre valorizados e gregos em alta por causa do euro, com visivel deterimento de aposta em jogadores formados no clube em favorecimento de jovens vindos de canteras mais "milionarias". em 8 anos, 2 campeonatos, 2 tacas da liga, mas que nao nos faltem argentinos de qualidade duvidosa ou espanhois pagos a peso de ouro.

a entrada de rui costa para a direcção, para acalmar os benquistas mais cépticos da gestão em curso, foi apenas mandar areia para os olhos. sem o rui, o aimar, o saviola, o rimares nunca teriam assinado pelo clube. mas apos o trabalho do rui estar feito e o campeonato ganho, deixem lfv tomar as rédeas do clube novamente e nao perguntar a ninguém quem e' preciso para que posição. porque um presidente que vendeu pneus sabe mais de futebol que um ex-jogador ou que um treinador que anda nisto ha' 30 anos.

esta' na hora de LFV sair do benéfica. o sacudir a agua do capote, o apontar o dedo a quem nao tem culpa no cartório, o por responsabilidades na contratação de jogadores que nao foram bem sucedidos mas vangloriar-se naqueles que foram vendidos a real madrid ou chelsea, a mais que provável vangloriacao pela presença de valores seguros na selecção nacional (carlos martins, fabio coentro…), sao pontos a mais para exigir a que se demita. ja' chega de mandar areia para os olhos. nos nao estamos aqui para bater palminhas e dizer vivas por termos um presidente que conseguiu construir mais 3 prédios de habitação em angola ou conseguiu comprar 10 sacos de bananas no brasil.

o tempo e' de reflexão mas em janeiro, em vez de sair o fabio ou de se equacionar a dispensa do JJ, talvez se devesse exigir a saída de LFV. ano novo, vida nova. neste caso, ano novo, direcção renovada.

rui, para quando uma chegada 'a frente? para quando por o benfiquismo 'a frente de tudo e dar um murro na mesa a exigir mudanças?


o benfica estará' sempre no meu coração. LFV ha' muito que nao faz parte do meu benfica.

é falta de vergonha

O merdoso do LFV lá falou... e mais valia ter ficado calado... não teve a coragem de enfrentar jornalistas e parece que deu uma longa entrevista ao jornal do clube... como de costume sacudiu a água do capote e sobrou para o elo mais fraco... o treinador...

A resposta de Jesus não deve tardar... e não deve ser meiga... ainda há muita roupa suja para lavar, mas o caldo está já irremediavelmente estragado... esta brincadeira vai custar mais 2 ou 3 anos de estabilidade ao clube...


Rui, como é? vais tomar partido? vais ficar no meio? ou mandas os dois à merda e esperas pelas eleições?

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

shhhhhhhhhhhhhhhh

O silêncio por parte da Direcção é um sinal de vergonha ou falta dela?

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

vergonha

vendia o coentrao, ficava com o aimar, e os outros todos vinham a nado de israel... filhos da puta... todos...

Rui, agora que se esgotaram as desculpas, não está na hora de nos dares uma explicação?

mourito

Sou dos que admiro (e muito) José Mourinho. No jogo de ontem, tomou a atitude inteligente de expulsar dois dos seus jogadores para limpar cartões. Alonso e Ramos viram os seus cartões vermelhos sem precisarem de ofender ou agredir ninguém, mas é evidente que fizeram uma fraca figura... acrescento que fizeram algo que a camisola que envergam não merecia... Já Mourito voltou a mostrar o que tem de melhor e pior... desculpar a sua atitude vergonhosa e mal encenada (ainda que inteligente) com mau juízo do árbitro é uma ofensa para qualquer pessoa que goste um bocadinho de futebol. É por essas e por outras que Mourito poderá ser admirado por muitos, mas jamais será respeitado.

Eu não acredito em karma, mas depois do que disse Mourito, se eu fosse aquele árbitro ia rezar a todos os santinhos para que me voltassem a pôr no seu caminho.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

vai uma aposta?

"Em princípio, nenhum novo jogador chegará em Janeiro".

A semântica desta frase é qualquer coisa. Começa logo pelo "em principio"... ao nível dos comunicados oficiais, começar com um "em principio" dá lhes logo tanta credibilidade como a capa do record. Depois, temos o "nenhum novo jogador chegará", que me leva a ponderar se poderá "algum jogador novo chegar"? É uma diferença tão insignificante e no entanto tão grande não é?

Para mim é tão certo que em Dezembro vem ai novo autocarro de "novos jogadores novos", como termos vendido dois jogadores no Verão abaixo da cláusula de rescisão... aposto o que quiserem... e pago 5:1... em principio...

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

infantil

Compreendo o entusiasmo infantil da imprensa relativamente à goleada de ontem.

No entanto, na minha opinião, o Benfica fez o pior jogo que eu vi nos últimos anos no Estádio da Luz. Confesso que não me lembro de ver um jogo em que o nosso adversário tenha conseguido criar tantas oportunidades de golo como no jogo de ontem.

É verdade que marcámos 4 golos, que Aimar joga monstruosidades, e o Sálvio até mostrou um ar da sua graça... mas com aquela qualidade/atitude defensiva não tenham dúvidas que vamos ter muitos dissabores e que ainda vamos perder muitos pontos esta época.

Ontem tivemos todos os deuses da bola do nosso lado... os 3 pontos são importantes, os 4 golos são moralizadores, mas não tenham ilusões: com a predisposição que o meio campo mostra para correr atrás da bola e com a qualidade técnica dos nossos defesas, é bom que o Cardozo comece a marcar 4 golos por jogo, caso contrário não vamos ganhar muitas vezes.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

brilhante

Directamente do Chamagloriosa:

O ridículo não ganha jogos

"Muitos se interrogam do porquê de Jesus não assumir minimamente os seus erros esta época, que têm sido bastantes, de facto. Podemos ser simplistas e pensar que a personalidade arrogante do treinador justifica tudo. Perde na Liga dos Campeões, no palco onde mais se queria mostrar, e não fala de erros de preparação ou de falta de competitividade do plantel à disposição para os desafios europeus. É goleado no Dragão e não assume o erro de ter posto o Benfica preocupado essencialmente com um jogador.

Afinal, Jesus será assim tão arrogante e burro, a ponto de não ver problemas no seu próprio trabalho? Meus amigos, esqueçam completamente essa ideia. Jesus não é parvo, e para atingir os fins escolhe por vezes meios pouco compreensíveis.

Jesus é apenas mais um nome na longa lista de grandes amizades de Vieira que rapidamente caem por terra. Dos jantares luxuosos com Pinto da Costa, aos empreendimentos com António Salvador, passando pela associação a Vítor Santos, à relação umbilical com José Veiga, passando pelas férias que passava com José Antonio Camacho e à estima que tinha por Fernando Santos, também os telefonemas às três da manhã com Jorge Jesus acabaram. Os motivos são os mesmos de sempre. Vieira é pouco confiável, é prepotente, não respeita o espaço de acção e decisão de outros, e os seus famosos golpes de asa normalmente atingem quem está mais próximo de si.

Depois da pré-época desastrosa que tivemos, com uma acção no mercado que de tão trágica nem consigo dizer que foi incompetência, Jesus e Vieira entraram numa guerra fria. Dos jogadores que saíram e que não foram substituídos, aos empréstimos autorizados com condições que acabaram por não ser cumpridas, à falta de pagamento de prémios aos jogadores do seu balneário, passando por renovações prometidas a elementos chave do plantel que ainda hoje estão por efectivar, acrescentando ainda falsas notícias postas a correr pela direcção no balneário em relação a remunerações de recém-chegados e que tanto celeuma provocaram a dada altura. Tudo isto ao mesmo tempo que Vieira papagueava em público que este é o plantel mais caro de sempre, que deve alcançar grandes objectivos, gastando quase 10 milhões de Euros em jogadores que nem nunca haviam jogado nos séniores enquanto dizia à boca cheia que não havia dinheiro para jogadores do Santos.

Jesus percebeu perfeitamente o que se passou. A incompetência ou vontade de Vieira em garantir que o Benfica não caminha para o sucesso durável retiraram a Jesus muitas possibilidades de se afirmar em definitivo na cena internacional. E este, que não gosta destas brincadeiras, observa com atenção e preocupa-se em salvar a pele.

Os silêncios de Jesus mais não são do que a resposta a um presidente desbocado, autoritário e incompetente. E com o seu mau feitio, ainda piora a situação, escolhendo conscientemente o trilho da arrogância, tanto no discurso como em campo, montando uma equipa que não tem o nível que tinha no ano passado de uma forma ainda mais ambiciosa que no ano passado. Basta lembrar a forma aberta e suicidária como jogámos em Lyon, por exemplo. Ao fim e ao cabo, Jesus sabe que tem mais dois anos de contrato, pagos a peso de ouro, e que se Vieira o quiser despedir, não será propriamente o fim do mundo. Pelo contrário, será o Benfica a perder um técnico que já deu mostras do seu valor e garantidamente capaz de ter êxito mesmo em estruturas frágeis como a do Benfica, não ficando muito beliscada a imagem do técnico por causa desta época, visto que o crédito obtido em épocas anteriores assegurar-lhe-á certamente um bom desafio no período pós-Benfica.

Por isso não se espantem se continuar o discurso continuar igual. Culpas de maus resultados não serão assumidas por Jesus, uma vez que quem primeiro as devia assumir, está calado que nem um rato, escondido entre bacocas frases de bajulação a um regime sanguinário como o que existe em Angola. As culpas não serão assumidas por Jesus, pois pediu experiência, pediu Quaresma, pediu Guardado, pediu Wesley e Elias, e no final apenas apareceram Alípio e Rodrigo. Porque foi informado da deslocação indesejada a Angola já com tudo marcado e acertado com o governo angolano, sem hipótese de propor outra data ou de dar o seu aval. Porque um balneário pacífico que havia, foi posto a ferro e fogo pelo mercado carnavalesco que Vieira patrocinou, enquanto andava a caminho de empreendimentos seus no Brasil e em Angola, algumas dessas vezes pago com dinheiro do Benfica. E porque, em abono da verdade, já percebeu que a prioridade agora deve ser o de salvar a sua pele. Porque a máquina propagandista de Vieira está bem oleada... vejam-se as minuciosas e convenientes fugas de informação que têm surgido nos jornais, vejam-se as crónicas das habituais canetas de aluguer do senhor presidente.

Numa época em que foi pedido aos adeptos que deixassem de apoiar o Benfica fora de casa, numa época em que o futebol do Benfica sofreu um blackout quase total, do treinador continuaremos a ter uma postura alinhada com o seu contexto: o silêncio."

dasssssseeeeeeeeeeeeeeeeee

"No Relatório e Contas ontem enviado pela Benfica SAD à CMVM, é possível ler-se que os investimentos efectuados nos atletas Franco Jara, Nicólas Gaitán e Jan Oblak atingiram “um montante global” de 17,76 milhões de euros. Contas feitas, e como o Benfica já havia comunicado à CMVM que o passe de Franco Jara foi adquirido por 5,5 milhões de euros, e o de Nicólas Gaitán por 8,4 milhões, o esloveno contratado ao Olimpija Ljubljana terá custado exactamente 3,86 milhões de euros, cerca de metade dos oito milhões que os encarnados investiram para assegurar a contratação do espanhol Roberto."

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

MST - FDP

A Bola morreu. Entretanto, se o RAP precisar de um espaço, a malta aperta-se e arranja-se aqui um cantinho para ele.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

ndrangheta

o post que eu queria ter escrito.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

ignorar as origens

«Em Angola sentimo-nos em casa» - Luís Filipe Vieira, in A Bola

caro LFV, tem de se sentir em casa em lisboa. sim, o benfica e' enorme, mas merda para estas viagens de merda que nao vao trazer nada de novo. estas viagens sao para fazer no fim da epoca, nao e' com esta a decorrer. sempre fui contra as viagens durante a paragem de inverno (nao se justifica ir ao dubai fazer um jogo amigavel), mas com a epoca a decorrer e' uma perfeita asneira. como e' que a preparacao do proximo jogo e' feita pelos jogadores e equipa tecnica? no aeroporto da portela, no aeroporto de luanda, ou em pleno voo?

ja' chega de palermices. ciclos de vitoria fazem-se com trabalho, com muito trabalho. nao e' com passeio, fanfarronice e a mandar promessas vas no inicio da epoca em como o benfica vai renovar o titulo, ganhar a champions, a supertaca europeia, a liga europa, o campeonato espanhol, a FA cup e a supertaca de italia tudo na mesma epoca. ja' chega de mandar areia para os olhos. somos crentes e seguidores do clube, mas nao somos parvos.


BENFICA SEMPRE!!!

jogada de genio

o que se passou ontem foi mau de mais. foi indescritivel. foi o deitar borda fora (se nao o vinhamos a fazer ha' ja' uns tempos...) tudo o que lutou para ganhar a epoca passada. ontem, em 90 minutos, capitulamos e entregamos o ouro (aka, o campeonato) ao bandido.

por muito que tente encontrar explicacoes para tal hecatombe, nao e' possivel. mas ha' conclusoes que se podem tirar deste jogo que podem ter sido jogadas de mestre do jj sem que tenhamos percebido. de uma assentada o jj mostrou-nos que:


1) o david luiz nao e' o craque que se pinta e se alguem der 10 milhoes por ele e' vende-lo.
2) o coentrao, que e' um jogador acima da media, precisa de acompanhamento. ou seja, venha de la' um extremo em condicoes ou um lateral de outro mundo.
3) o gaitan, assim como o salvio, podem ir pensando onde gostavam de jogar em janeiro. e no pacote junta-se o jara, que sai mais barato assim.


eu nao quero escalpelizar o que se passou ontem porque esta' tudo muito fresco ainda e ainda esta' dificil de digerir. mas passamos de equipa campea a "rebuilding season" em tempo recorde. enfim...

aleluia

um breve olhar pela Blogosfera para saudar que finalmente há alguns benfiquistas capazes de discernir quem é o verdadeiro culpado por este miserável inicio de época.

Por exemplo, aqui e aqui.

domingo, 7 de novembro de 2010

banho...

... táctico, técnico, físico e psicológico.

Creio que só ganhamos em boladas de golfe nos costados, e nem isso soubemos usar em nosso proveito.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

prejuizo positivo II

No principado de Vale e Azevedo, o passivo do Benfica subiu de 60 para 100 milhões de euros. No reinado de Luís Filipe Vieira, o passivo subiu de 100 para 370 milhões...

Em 7 anos de reinado, Luís Filipe Vieira, contratou 7 treinadores e mais de 130 jogadores, tendo investido na aquisição de passes mais de 200 milhões de euros (ver aqui).

Mantendo-se a evolução dos orçamentos dos últimos anos, o Benfica está actualmente obrigado a realizar todos os anos 35 milhões de euros em receitas extraordinárias (venda de passes de jogadores) e a assegurar a presença na fase de grupos da Champions (mais 10 milhões).

Ao contrário do que disse LFV ("podemos vender 3 jogadores por 60 milhões de euros"), uma parte significativa dos passes dos jogadores já não pertence ao Benfica. Da mesma forma que as vendas de DiMaria e Ramirez não foram suficientes para equilibrar as contas deste ano (apesar das receitas excepcionais em quotização e bilheteira), as hipotéticas vendas de David Luiz e Coentrão no final do ano (mesmo pelas clausulas de rescisão e assumindo que não será necessário contratar alternativas) não são suficiente para que esta época venha a terminar com um resultado positivo. Isto é, na minha opinião, simplesmente catastrófico.

Quem é que vamos vender para o ano quando já não houver Coentrão e David Luiz? o Jara? o Sidney? brincamos... O Benfica teve de realizar este ano um empréstimo de 40 milhões de euros, onde foram hipotecados os direitos de publicidade (Sagres) nas camisolas até 2020. Para o ano, quando não tivermos mais nenhum jogador de jeito, sabem o que vamos vender? os direitos televisivos... até 2020... ao amigo Oliveira... como nem Vale e Azevedo ousou fazer!

Não escondo o meu apreço por muitas das iniciativas de LFV, desde a campanha de sócios, os incentivos às modalidades, ou a criação do Benfica TV. Mas em termos de gestão desportiva e financeira, é o mais completo descalabro. Ano após ano repetem-se os erros de gestão de plantel, as infelizes declarações publicas, as relações perigosas com agentes do futebol, e a interferência dos seus negócios pessoais na gestão do clube... a isto soma-se um investimento em infraestrutura e jogadores nunca antes visto e que não teve ainda o retorno desejado. 2 campeonatos em 7 anos é pouco, para o investimento realizado.

Por fim, deixo um desafio para quem tiver tempo e pachorra. Dos mais de 130 jogadores contratados por LFV, alguém consegue nomear 13 jogadores que tenham tido simultaneamente rendimento desportivo e financeiro?

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

um prejuizo positivo

19 milhões de euros de prejuízo e um passivo de 370 milhões de euros. É este o balanço "positivo" da fabulosa época de 2009/10, quando nos sagrámos campeões, batemos todos os recordes de bilheteiras e vendemos DiMaria e Ramirez.

Quem vier a seguir que apague a Luz e feche a porta.

Estou farto de escrever sobre este assunto... acredito seriamente que LFV está a fazer o que nem Vale e Azevedo conseguiu...

siga pra Bingo... ou melhor pra Angola...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

o FDP do FDS



palavras para que? estou a ver o javi na rua aos 15 minutos. aceitam-se apostas.