origem
Eusébio +10: Dezembro 2009

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

no meu sapatinho

Depois dos últimos 4 ou 5 jogos do Benfica, conclui-se facilmente que só uma coisa nos pode impedir de ser campeões: a nossa ambição.

Disse-o depois do jogo com o Olhanense que a equipa não precisava de melhores jogadores (mas perder o DiMaria certamente ajuda), nem de reformulações tácticas. Precisava de fazer psicanálise e repensar a sua missão e a mentalidade necessária para a atingir.

Leonor Pinhão disse-o muito melhor que eu, "já jogamos o dobro, agora temos de sofrer o triplo". Jesus leu certamente a opinião da Leonor e fez uma preparação ao jogo absolutamente excepcional do ponto de vista mental. Conseguiu, não só, retirar toda a pressão que se abatia sobre a equipa, como conseguiu incuti-la de uma mentalidade adulta e demolidora. Fomos corajosos e inteligentes, e a nossa superioridade técnica e táctica nem Lucilio conseguiu ofuscar. É espantoso como não precisamos de discutir arbitragens quanto entramos em campo com a confiança que nem esses nos conseguem parar.

A única coisa que me parece que foi francamente negativa foi a montra de jogadores em que se transformou a Luz, com capas cheias de brasileiros, que LFV fez o favor de levar para as bancadas da catedral não fosse passar despercebido a alguém que o Benfica está no mercado.

Não vou comentar as pseudo-contratações para além do facto de salientar que me choca imenso a ostracização dos jovens da nossa cantera. Parece-me que depois do disparate Keirrisson avançamos para o disparate Kardec, enquanto Nelson Oliveria ganha bolor nos juniores. Quanto a Airton, o curriculum é muito bonito, mas alguém acredita que vai ser uma mais valia imediata? não acredito... é um miúdo de 19 anos saído do Rio que nesta fase não pode trazer nada de bom à estabilidade dentro do nosso balneário. Apesar de Javi estar sozinho para o lugar 6, creio que tanto o Amoriom como o Martins conseguem fazer aquele lugar com algum rigor, não sendo um miúdo de 19 anos que lhes vai tirar o lugar na primeira fila para entrar na equipa. Para além do mais, a escola de samba vai crescendo, crescendo, e quando se der por ela manda em tudo e todos.

A única posição que me parece estar verdadeiramente fragilizada é a 10. Aimar é único mas precisa de ser muito bem gerido e é fundamental ter uma alternativa válida. DiMaria nunca o será, nem Ramirez... talvez Martins, quando não está lesionado. Quem eu queria no meu sapatinho era o Ruben Micael. Portugues, 23 anos, carácter e humildade, muitos minutos nas pernas. Acho que podia ser uma mais valia imediata, e um excelente negócio, uma vez que se perfila como o dono da 10 das Quinas dentro de 2 a 4 anos. Era o meu pedido... nada contra os Brasileiros, nada contra a compra de internacionais sub20 a atacado, mas eu queria alguém para pegar de estaca, e o Ruben é o meu preferido... Dizem que vale 5 milhões... um Balboa e um Shaffer e ainda sobra para o Edgar Silva.

domingo, 20 de dezembro de 2009

Brio, raca, querer... enfim, BENFICA!

Nao vou falar do jogo de andebol dos andrades, das fifias da sua defesa, nem da ineficacia dos seus personagens de banda desenhada, nem mesmo da parcialidade da tv dos oliveirinhas. Nao. A vitoria do Benfica e' inconstestavel. Passemos aos factos.

O Joao tinha previsto, antes do jogo na grecia, a entrada do Urreta e do Carlos Martins na equipa. O JJ deve ter lido o blog e pensou "porque nao?". E pensou muito bem. Com Aimar de fora, o trabalho de construcao de jogo foi entregue ao Carlos, tendo na esquerda o Urreta, na direita o Ramires (mesmo se com algumas questoes sobre a sua condicao fisica), o javi nas costas, e os habituais na frente e na defesa. Este meio campo semi-renovado nao deixou os restantes companheiros ficarem mal. Urreta em grande (por onde andava o miudo?), o Carlos a cumprir, e o Ramires e o Javi a nao saberem jogarem mal.

Depois de 10 minutos em que a equipa pareceu meio cautelosa, sacudimos os andrades e, a partir dai, so' deu Benfica. a pressao foi tanta que o golo acabou por surgir naturalmente, numa segunda bola do Saviola. fiquei com a sensacao que entre os 15 e os 45 minutos da primeira parte o Benfica podia ter marcado 3 golos. (nota: ao intervalo 60% de posse de bola para o benfica. mas os outros e' que jogam bem...)

o regresso dos balnearios, embora se esperasse, trouxe mais do mesmo. o Benfica nunca deixou de controlar o jogo, mesmo se os corruptos tentaram recorrer as entradas violentas para ver se conseguiam ganhar espaco para jogar. no fim do jogo, a unica equipa que mostrou raca acabou por ganhar, e foi uma vitoria justissima. mesmo com um penalty CLARO por marcar, mesmo com uma expulsao perdoada ao jogador que fez esse mesmo penalty, o Benfica mostrou porque e' a melhor equipa.


as estrelas:

Saviola: Pelo golo. Pela arte. Por fazer a cabeca em agua 'a defesa corrupta.

Javi: Mais um excelente jogo. Este rapaz nao sabe jogar mal.

Ramires: Muito bom jogo, mas deveria ter saido mais cedo. Esteve lesionado durante a semana e pode ter agravado a lesao bastante. esperemos que nao.

Urreta: que jogo brilhante. acabou esgotado, mas fez um jogo fenomenal enquanto teve pulmao. partiu o fucile tanta vez... eheheh...


Os suplente:
Weldon - entrou bem no jogo. ajudou a partir a confianca da defesa corrupta.

Menezes - muito lento. ocupou o espaco, mas notou-se a ausencia de transicoes de bola entre a defesa e o ataque.

Luis Filipe - pois, diz que jogou. nao comprometeu muito. teve um remate de meio da rua que passou a milimetros da trave...


No fim, no que conta, o Benfica fez um jogo brilhante. Era o minimo que se pedia, depois de um empate arrancado a ferros no algarve. Vamos para o Natal contentes e ate' sou capaz de comprar uma prenda extra ao meu sobrinho!

VIVA O BENFICA!!!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

inconclusivo... mas muito bom...

Uma vitória é uma vitória, mesmo num jogo de reservas contra doentes.

Os rapazes estão de parabéns pela seriedade com que abordaram o jogo e o Benfica ultrapassa a fase de apuramento com distinção. A cereja em cima do bolo foi mesmo o sorteio desta manhã onde nos saiu na rifa um dos adversários teoricamente mais fracos e a possibilidade de reencontrar-mos o Marselha na ronda seguinte. Melhor era difícil.

Em relação ao jogo jogado, gostei muitíssimo do Roderick e do Miguel Victor, sendo cada vez mais incompreensível a insistência no Sidney e o agora propalado interesse em mais um brasileiro de 29 anos (está alguém de saída?). Que bem ficou a braçadeira de capitão no Miguel Victor. Já agora, Fábio Coentrão durante a primeira parte destacou-se claramente dos seus colegas e voltou a mostrar que está um senhor jogador.

O Schaffer acho que não desiludiu... sem ser um fora de série parece-me ser de longe a aposta mais acertada para o jogo de Domingo. Acho que pode fazer com o Peixoto uma dupla muito interessante do lado esquerdo. O Carlos Martins também me pareceu estar pronto a ir a jogo... só não percebi porque Jesus o deixou em campo tanto tempo quando ele estava claramente de rastos e poderia ter sido poupado para Domingo. Se calhar ele fez o mesmo raciocinio que eu mas prepara-se para dar a titularidade ao Menezes o que me parece completamente absurdo. O Brasileiro parece um peixe fora de água no meio dos seus colegas... até faz o Luis Filipe parecer uma fonte de talento e clarividência.

Para terminar, uma guerra pessoal minha... A glorificação que é hoje feita na imprensa ao DiMaria é proporcional aos cérebros de galinha que pupulam naquelas redacções. DiMaria esteve muito em jogo na segunda parte (era difícil não estar com o espaço que os Gregos deram) e de tanto tocar na bola cometeu a proeza de marcar dois golos e de ter batido o seu próprio recorde de passes falhados e perdas de bola. Tenho pena de não ter feito uma estatística mais rigorosa mas enquanto eu me entretinha a contar o seu numero de passes certos e errados apercebi-me a certa altura que a minha estimativa de 8 passes falhados em cada 10 é muito generosa para o DiMaria. Estou a exagerar? experimentem... contem o numero de vezes que o DiMaria toca na bola e ela acaba nos pés do adversário... é desesperante.

Para terminar, proponho o seguinte exercício, imaginem o seguinte cenário. O nosso jogador mais veloz (um esquerdino) está à entrada da área a rasgar com a bola no seu pé esquerdo, um adversário colado ao seu ombro direito e caminho livre para a baliza. O que fazer:
Hipótese A) aguentar o despique em velocidade e rematar de primeira com o pé esquerdo apenas com o guarda redes pela frente.
Hipótese B) virar a bola para a direita pela frente do adversário e passar por trás do mesmo, perder um pouco de ângulo de remate e ficar com a bola no pé cego, optar em ultimo recurso pelo remate cruzado em letra que passa entre o defesa e o guarda redes e entra junto ao posta mais longe.

Solução: A - Goleador. B - Imbecil.

O segundo golo do DiMaria (que me fez saltar de alegria!!!) não é um momento de genialidade mas de imbecilidade e talento em total sintonia. DiMaria devia ser capaz de enfrentar o guarda redes e marcar um golo em cada duas oportunidades semelhantes. Optou pela solução mais complicada e marcou numa jogada que em 90% dos casos morreria logo nos pés do defesa. DiMaria ganhou o seu lugar nos destaques do Eurosport, no coração do Maradona e fez as pazes com a maioria dos Benfiquistas. Comigo não fez. Porque eu não gosto de futebol. Eu gosto do Benfica. E enquanto este monumento à idiotice continuar a envergar a camisola do Benfica unicamente para seu proveito pessoal eu não lhe vou dar descanso... aposto que na Eurosport ninguem viu que o lance do golo do AEK surgiu da enésima perda de bola do DiMaria.

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

nem o Lucilio me mete medo...

QUINTA:

Julio Cesar
Luis Filipe, Roderick, Sidney, Shaffer
Miguel Victor
Martins e DiMaria
Menezes
Weldon e Nuno Gomes


DOMINGO:

Quim
Maxi, Luisão, Luiz e Shaffer
Javi
Urreta (Martins) e Peixoto
Aimar
Cardozo e Saviola

PS - Jesus tem que deixar de ser parvo e dar minutos ao Schaffer... pelo menos 45 minutos hoje contra o AEK e a titularidade contra os Andrades. O mesmo se aplica a C. Martins... 45 minutos hoje, e contra os Andrades entra na segunda parte depois do Urreta ter dinamitado na primeira.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

eu sei, eles também, e Jesus saberá?

in Correio da Manhã:

"Em cada dez lances, faz oito faltas". É esta a leitura que Rodolfo Reis, antigo jogador e ex-adjunto de Fernando Santos, no FC Porto, faz de David Luiz, defesa do Benfica. Para o ex-capitão portista, o camisola 23 das águias é o elo mais fraco da equipa e tem de ser explorado por Jesualdo Ferreira, através da utilização de um avançado "incrível".

"Não digo isto com maldade, até porque o David é um jovem. Mas ele joga dessa forma e se o FC Porto apostar no Hulk, que é veloz, em cima de David Luiz, pode beneficiar desde início. Isto, se o árbitro assinalar as faltas, porque o David tem tido as benesses dos deuses", disse ao CM o técnico que fazia parte da estrutura portista que levou o clube à conquista do pentacampeonato, em 1998/99.

MHÉÉÉÉÉÉ MHÉÉÉÉÉÉ

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

mais um prego para o caixão

Não, não estou a falar da equipa de futebol, do Jesus, ou do jogo de Domingo, até porque tenho uma fé inabalável que vamos celebrar o Natal como lideres isolados do campeonato.

Estou a falar de algo muito mais importante que qualquer jogador ou jogo de futebol. Estou a falar do futuro do Benfica como o conhecemos.

Esta noite, numa assembleia que ficará para a história, e para a qual LFV tem se esforçado para dar o mínimo de visibilidade possível, será proposto aos SÓCIOS do CLUBE uma série de medidas que visam resolver a situação financeira da SAD.

Como leigo nesta matéria, limito-me a constatar uma série de factos, tal e qual como foram descritos pela direcção do CLUBE (e da SAD):

- A Benfica Futebol SAD está numa situação de falência técnica. Não será porventura a primeira nem a última, mas também não adianta florear esta situação. Ao longo dos dois últimos anos a SAD gastou muito mais dinheiro do que o que gerou (qualquer coisa como 60 milhões de euros negativos será o saldo das épocas 2008/10), acumulou prejuizos, e continua a alimentar um passivo galopante.

- LFV (e o seu cão amestrado DSO) defendem-se dizendo que foi um ano de investimentos na equipa de futebol, e que bastaria vender 3 jogadores para resolver a situação financeira do clube... La Palisse não diria melhor...

- LFV tem o seu orgão de comunicação oficial a debitar todas as semanas que o seu famoso tridente ofensivo vale 60 milhões. [OPINIÃO: Eu não acredito no menino jesus (o das palhinhas, não o das pastilhas) e também não acredito que algum clube do Mundo pague 30 milhões de euros por um jogador do nosso plantel. A prova provada é que se o ManCity, o Chelsea ou o Inter tivessem de facto oferecido 30 milhões por qualquer jogador, o LFV imediatamente o enrolaria num lindo papel de embrulho com um grande laçarote e atravessaria o Canal da Mancha a nado com o dito às costas se tal fosse necessário.]

- Se LFV conseguisse de facto encaixar 60 milhões com a venda de 3 jogadores, é preciso ver que os passes dos ditos já não pertencem na totalidade à SAD. Segundo divulgado pela direcção, o prodigioso Fundo de Investimento permitiu um encaixe de 40 milhões mas alienou parte significativa dos passes dos jogadores com maior potencial no mercado. Ou seja, desses 60 milhões provavelmente seguiriam uns 15 milhões para o BES. Presumo também, que se LFV conseguisse de facto vender DiMaria, David Luiz, Javi ou Cardozo, iria precisar de contratar alguém para os substituir? Ou alguém acredita que os seus sucessores já estão no plantel ou vão surgir da nossa cantera? De onde viria o dinheiro para o fazer? Dos 60 milhões (que já só são 45) que segundo LFV são suficientes para a época dar lucro. Se calhar, vender 3 jogadores não chega...

- A fuga para a frente de LFV criou uma situação em que mais do que ganhar pontos, o Benfica precisa de ganhar contos (ou euros). Não é por acaso que andamos a comprar jovens internacionais brasileiros enquanto os nosso miúdos Miguel Victor ou Nelson Oliveira nem vêm a cor da chincha. Tal como o FCP, estamos a jogar dois campeonatos, o dos pontos, e o das receitas, porque se não facturarmos anualmente 30 milhões em receitas extraordinárias, o barco vai ao fundo.

- Quando as tais receitas extraordinárias não surgem (os dois últimos anos), o dinheiro tem que vir de outro lado. Sabe-se que à interesses angolanos a financiar todas as operações financeiras de LFV, mas tanto quanto sei, o Eduardo dos Santos não é particularmente conhecido pela sua faceta filantrópica. O dinheiro tem que surgir...

- De onde? A resposta vai surgir hoje à noite: do CLUBE. o Sport Lisboa e Benfica, pertença de todos os seus associados, vai votar hoje a transferência de uma parte significativa do seu património para a SAD. Entre outros pormenores deliciosos que eu por não compreender na totalidade não comento, registo o facto de o nosso estádio ser avaliado em 40 milhões de euros (muito menos do que custou e quase metade do seu real valor), e as acções da SAD serem avaliadas a 5 euros (curiosamente o dobro do seu valor de mercado actual).

Para mim esta questão é simples... eu estou-me marimbando, se o passe do DiMaria pertence 10% ao empresário, 10% ao BES, 30% ao cão, e 50% ao Benfica. Os jogadores, mais do que futebolistas que marcam golos são património transaccionavel e o Benfica tem de entrar nas parcerias necessárias para ter jogadores de valor (prefiro ter 50% do Cardozo do que 100% do Weldon). São essas as regras do jogo actuais e não adianta chorar muito em relação a este assunto... O que eu não aceito é que o património mais valioso e SIMBÓLICO do CLUBE seja delapidado (ou roubado), por quem age em defesa de interesses de terceiros. Esta noite eu vou pela primeira vez nos meus 20 anos de sócio do Glorioso dizer claramente ao Sr. LFV "não, não autorizo que o Estádio do Benfica seja transferido para a SAD. Não aceito, jamais em tempo algum, que o Sr. Joaquim Oliveira detenha 4% da nossa casa." Vou fazê-lo com a consciência que vou perder, dado o tamanho do rebanho que se limita a balir. Mas quando daqui por uns anos descobrirmos o que resta verdadeiramente do património do Benfica eu vou poder dizer que fiz a minha parte. Entretanto, as ovelhas que continuem a balir porque o Vale e Azevedo é um carteirista ranhoso a comparar com a ousadia do pastor actual.

PS - Não gosto do Veiga, nem do Moniz, nem do Varandas, nem do Carvalho. GOSTO DO BENFICA!!! comentários idiotas da parte das ovelhas não ficam 1 minuto que seja no blog.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Suicidio Colectivo - Todos para o sofá!!!

Passaram os Benfiquistas uma semana a especular sobre as muitas faces do Sistema para a equipa os desmentir categoricamente com uma exibição colectiva em Olhão que mais parecia uma tentativa de suicídio colectivo.

Se o árbitro foi mau (mas não tanto como muitos querem fazer querer) o que dizer do seguinte:

- capacidade técnica: confrangedora... uma quantidade impressionante de passes errados e de perdas de bola sem explicação. parecia que estávamos a jogar na areia tal a forma como a bola circulava sem sentido, enquanto os de Olhão jogavam numa mesa de bilhar.

- disposição táctica: medíocre... o DiMaria a 10 é uma ideia perfeitamente alucinante. Um gajo que perde a bola sozinho 9 em cada 10 vezes ser colocado na zona nevrálgica do terreno é pedir chuva. as substituições foram totalmente disparatas, não pelos jogadores que entraram mas pelas posições que foram ocupar... a imagem do Weldon a extremo esquerdo é patética.

- competitividade: inaceitável... num jogo em que era essencial uma entrada em campo autoritária e a vontade de arrumar o jogo o mais rapidamente possível, demonstrámos uma falta de ambição e personalidade vergonhosa.

- disciplina: imbecilidade vertiginosa... falar do DiMaria para mim é chover no molhado. Já aqui o disse um milhão de vezes que a capacidade técnica não faz um jogador de futebol. DiMaria culminou com a expulsão de ontem uma série de exibições absolutamente confrangedoras. A imprensa, com a complacência de adeptos e Jesus, andam a fazer dele o que ele não é... agora aguentem-se. O cliente que se segue é David Luiz... não viu o 5º amarelo... foi pena digo eu... Cardozo também é um sério candidato a uma lobotomia durante o Natal.

Não me apetece alongar muito até porque tenho a certeza que o que se passou em Olhão não se irá repetir tão cedo. Não adianta lançar gasolina para a fogueira e procurar semelhanças entre Quique e Jesus porque o cu não tem rigorosamente nada a ver com as calças. É importante que nos consciencializemos que a equipa tem muito mais lacunas do que aquelas que queremos ver. O que me preocupa verdadeiramente, e a imagem mais triste do jogo de ontem, foi a forma como o Jesus olhava para o seu tabuleiro e movimentava as peças coloridas de um lado para o outro, como se a solução para o que estava a passar em campo estivesse algures escondida naquele titânico Karpov-Kasporov. É absolutamente dramático quando um treinador procura soluções tácticas (ainda por cima medíocres) para um problema que é exclusivamente mental. Esta equipa (Jesus incluído) não precisa de reforços... precisa de liderança (ainda e sempre ausente) e de um psicólogo que os ajude a lidar com estes bloqueios.

Por falar em liderança, dia 15 (e dia 23) estarei presente, para dizer claramente ao Sr. LFV que o Benfica ainda é dos sócios. Enquanto assim for, a nossa casa, a nossa Catedral, será sempre 100% património dos Benfiquistas.

sem palavras

antes do jogo o joao dizia-me que estava preocupado com o jogo desta noite. parece que adivinhava. fizemos uma exibicao miseravel, comecando na baliza e acabando no ataque. pelo meio, muita confusao para ver se o cardozo era expulso e muita fita para arranjar desculpas para entradas a matar. mas o benfica nem precisou de nada disso hoje. tudo porque o di maria e o david luiz andaram inspirados (mas ja' la' vamos).

entramos quase que a perder. o golo do olhanense foi um balde de agua gelada mas foi, acima de tudo, uma falha clamorosa da defesa. esta bem que o maxi aliviou para tras, mas ficar tudo a olhar para onde a bola ia e ninguem fechar o angulo... enfim... na minha opiniao reagimos muito lentamente a este golo. aos 25 minutos um jogador do olhanense e' expulso e bem expulso, por agressao ao coentrao. nada a dizer. a nao ser o facto de que o central do olhanense, que nem tinha nada a ver com o lance, veio disparado la' de tras para mandar 2 chapadas ao cardozo. estava a ver o jogo de braga: cardozo e' agredido e vai para a rua por levantar cabelo. o arbitro acaba por perdoar a expulsao tambem desse central, mas nao deixa de mostrar o cartao amarelo ao cardozo... enfim...

passaram 2 minutos mais ou menos e o saviola la' marca o golo do empate. ainda pensei que seria a reviravolta que este ano ainda nao tinhamos conseguido, mas o excelentissimo senhor angel lembrou-se de fazer uma agressao barbara, SEM RAZAO NENHUMA, a um jogador do olhanense. fui expulso e nao se pode dizer nada. apenas que o di maria mostrou hoje, mais uma vez, que esta' num processo de regressao e que deveria passar um mesito na bancada para lhe passarem as manias... a expulsao do di maria nao ficaria completa sem o segundo golo do olhanense, mais uma vez numa falha estupida da defesa em que ninguem se faz 'a bola.

a segunda parte esperava-se o massacre, mas a vontade de vencer ficou em lisboa definitivamente. o nuno la' marcou ja' para la' da hora, mas este empate fica atravessado.

a reter: mais uma vez, a falta de atitude e ambicao. assim nao vamos la'. estamos a atravessar um periodo mau e nem nos podemos refugiar na historia de arbitros ou bruxedo. andamos a jogar mal e nao ha' desculpa.

nota muito negativa: di maria. um zero como 10, um zero como ala direito, e uma expulsao para rematar. a conversa da ida para aqui e para ali afectou-o e bem. um duche gelado e um mes na bancada e pode ser que se faca...

nota negativa 1: david luiz. intempestivo, comeca a chatear a sua forma brutal de jogar 'a bola. tenho de dar a mao 'a palmatoria em relacao 'as preocupacoes do joao em relacao a este rapaz. pode ter um futuro brilhante, mas comeca a abusar. e confesso que nao gosto muito de o ver armado em maradona a arrancar de tras e a querer fintar meio mundo...

nota negativa 2: peixoto e coentrao. o lado esquerdo nao funcionou. por culpa mais do peixoto que do coentrao, embora este ultimo nao tenha trazido nada de novo.

os outros 7 + 3 todos com nota negativa tambem. nao gostei de ninguem hoje. nem do saviola, nem do cardozo, muito menos do filipe menezes e do javi.

nota negativa final para o jj. na falta de aimar nao se pode pedir ao di maria para fazer o lugar. nao e' de hoje que se tentou e nao e' de hoje que se errou. as substituicoes nao trouxeram nada ao jogo e foi por sorte que 5 avancados fizeram 1 golo.



de resto, o olhanense fez o que lhe competia, que era abrir o cuzinho para o patrao. mais uma vez o ukra conseguiu enervar-me, tal nao e' a vontade que ele tem de arranjar chatices nos jogos contra o benfica, a ver se o dono repara.

foi um ponto ganho? sim. mas acima de tudo foram 2 perdidos. em fim de semana antes da visita dos porcos 'a catedral e' claramente fraco. nao vamos ter di maria, coentrao, muito provavelmente ramires e quem sabe aimar. nao se augura nada de bom para o fim de semana que vem...


BENFICA SEMPRE!!!

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Esta epoca define-se nas proximas 3 semanas

Literalmente.

Os proximos tres jogos vao ser absolutamente fundamentais para decidir o que se vai passar no resto do campeonato.
E' obvio que a corrupcao vai dar as ultimas na esperanca de adiar o inevitavel, e cabe ao Benfica, a todos nos, garantir que as ultimas deles sao mesmo as ultimas.
Nem vou falar do arbitro que vai apitar o jogo com a Academica, e muito menos do arbitro que ira' apitar o jogo de Olhao. Mas e' importante lembrar que nestes dois jogos ha' riscos muito graves de lesoes... especialmente no jogo no Algarve, uma semana antes de os corruptos descerem 'a civilizacao. As entradas nao vao ser para meninos, e ja' sabemos que os arbitros vao estar todos a olhar para a zona favorita do treinador do Braga: o lado. E, naturalmente, qualquer movimento de rotacao de um jogador nosso que resulte num choque minimo com um adversario vai ser perseguido por sumarissimos com a descarada (tal e' o panico!) intencao de retirar os nossos bravos do jogo de 20 de Dezembro, 'a porrada, 'a sumarada, ou de outra maneirada qualquer que se arranje, para se for possivel jogarmos com os juniores.

E convem ter em mente que, apesar de a corrupcao ter um jogo aparentemente dificil esta semana, ja' foi tudo tratado, e vai o Corrupto Sousa tratar de mais um servicinho de por a lingua um bocadinho mais castanha atraves do processo de humidificacao/hidratacao do esfincter do dono.

Tres semanas em que a guerrilha vai subir de tom, em que polemicas disparatadas vao aparecer nos jornaleiros avencados, e em que, naturalmente, vamos ter que ouvir mais uns quantos assassinatos publicos da Obra de Jose' Regio, e o ressurgir cuidadosamente preparado da "ironia do costume".

So' ha' uma maneira de responder a isto: com nove golos do Cardozo, mais seis do Saviola, mais tres do Ramires, dois do Aimar e um do Javi Garcia. De preferencia com o total equitativamente distribuido pelas tres partidas.

Aos meus bravos de vermelho: que Jesus vos ilumine, e porrada nos caes, que nos estamos convosco!

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Este esta' arquivado, venha o seguinte

Esperando que a equipa B de o tratamento aos gregos que a equipa A nao lhe apeteceu dar na Grecia, para os corruptos virem ainda mais acagacados 'a Catedral, fico desertinho de ver o sorteio para ficar a saber quem e' a proxima vitima.

E agora, mais sete vitorias seguidas para o campeonato e fica selada a cena.

crise? qual crise?

Nunca tive dúvidas que o Benfica não estava em crise... Tivemos uma sucessão de jogos em que as coisas não nos correram bem mas a equipa manteve-se fiel aos seus princípios e hoje, fazendo porventura o jogo menos esforçado das últimas semanas, conseguiu um resultado importantíssimo.

Importantíssimo porque assegura o primeiro lugar do grupo e a possibilidade de evitar equipas vindas da Champions, e muito mais importante, porque permite jogar com as reservas a 3 dias da visita dos Andrades à Catedral.

Praticamente sem sujar os calções (com a excepção dos últimos 15 minutos), controlámos o jogo, tivemos 4 oportunidades flagrantes e marcámos dois golos. O Bate Borisov só criou perigo em lances de bola parada, mais uma vez por causa das inúmeras faltas idiotas que cometemos no nosso meio campo.

Individualmente, voltei a detestar o David Luiz... estou cansado que me digam que ele é o melhor defesa do Mundo quando ele recorre à falta para resolver metade das bolas que disputa. Hoje foi, mais uma vez, o principal municiador de ataque do Bate até ao árbitro lhe mostrar um merecido amarelo. Seria importante que Jesus lhe explicasse que um defesa deve fazer faltas quando precisa e não quando pode. Talvez umas cassetes do Gamarra ajudassem. O Menezes, embora tenho feito um bom trabalho no primeiro golo parece uma espécie de Keirrison no meio campo, claramente a jogar a uma rotação diferente dos outros. Não percebo porque não deu o lugar ao Amorim muito antes. Cardozo foi perdulário e um desastre a passar a bola, mas compensou a falta de jeito com muita luta.

Para não variar, gostei muito do Javi e do Ramirez. Coentrão também esteve bem. É muito menos vistoso que DiMaria mas também estraga muito menos jogo. Miguel Victor merece um destaque positivo. já não jogava há muito tempo e foi muito infeliz no autogolo. Mas fez um jogo muito seguro e tranquilo, cortou o que tinha para cortar, passou sempre bem a bola, e não deu nas vistas. Entre o estilo de David Luiz e o de Miguel Victor, prefiro mil vezes a discrição do segundo ao espalhafato do primeiro.

Resumindo, finalmente um resultado muito melhor que a exibição... algo que os rapazes já mereciam. Domingo todos à Catedral!!!

cenas irrelevantes para passar o tempo até às 18h

O mais favorável:
África do Sul, Nova Zelândia, Camarões.

O mais desfavorável:
Itália, México, Paraguai.

O meu preferido:
Inglaterra, Estados Unidos, Argélia.