origem
Eusébio +10: Junho 2008

segunda-feira, 30 de junho de 2008

agora que acabou...

...vamos la' a recapitular como correu o euro.

tirando a prestacao vergonhosa da equipa do mendes (ainda nao percebi como e' que os jornalistas portugueses pensam que o cristiano e o deco deviam estar na melhor equipa do euro, mas enfim...), ouve equipas que jogaram bem, outras que jogaram mal, e outras que pura e simplesmente deveriam ter ficado em casa.


* Os herois: a Espanha.
Jogaram como se nao houvesse outras equipas contra eles, tal era a forma simples como o faziam. Nem mesmo uma eliminatoria com a Italia lhes quebrou o espirito. Foram capazes de jogar um futebol bonito, de ataque, independentemente de quem era o adversario. Acabou a maldicao de eternos underachievers, parece...



* A meia surpresa: a Russia.
O jogo dos quartos de final deixou-me de agua na boca. o jogo das meias mostrou que nao passou de um mero "blip" na prestacao russa. E o problema maior? Se o Arshavin era um jogador capaz de decidir, era um rapaz com alma e com alguma classe, o jogo contra a espanha mostrou que e' um jogador vulgar e que de fora de serie pouco tem. quem e' anulado pelo senna de maneira que nem sequer tocou na bola, sem sequer se dar ao trabalho de ir procurar jogo a outros terrenos, deixa antever uma transferencia completamente over-hyped.


* Quem procurou a sorte: a Alemanha.
Nao gosto do futebol fisico deles e a final foi um jogo terrivel pelo pouco que eles queriam jogar ou deixar jogar. Mas procuraram a sorte quando esta parecia fugir. 'A rasca passaram da fase de grupos, deram uma licao de futebol 'a equipa do mendes, e depois com mais ou menos astucia la' chegaram 'a final. mas gostei que tivessem perdido.


* A grande desilusao: Italia
Campeoes do Mundo... E chegam ao Europeu e levam tareia atras de tareia, ainda que passem a fase de grupos. Nao havia volta a dar. O Donadoni nunca deveria ter sido o seleccionador (tanto mais que a federacao italiana voltou 'a receita natural: Lippi) e a equipa pareceu sempre querer fazer uso de algo que faltou: cinismo. Futebol previsivel, um avancado pouco eficaz e um meio campo desinspirado fizeram da Italia, para espanto meu, presa facil.


* A irritacao: a Turquia.
Por muito que digam que a Turquia fez jogos fantasticos, e isto e aquilo, nunca fui capaz de entrar em euforias. Um futebol feio, mais mergulhos para a piscina que o JVP, mais queixinhas que o Ronaldo. Nao havia pachorra. Mas a finalista alemanha a ter dificuldade para os eliminar foi o cumulo.


* A tristeza: a Republica Checa.
Vitimas de uma seleccao envelhecida, a Republica Checa nao foi longe. Mas bem tentaram espalhar aquele futebol bonito do Mundial, com passes bem pensados e jogadores criativos para os executar, pecaram por um jogo do manda para a frente sempre que o Koller jogou. Para repensar e redefinir esta seleccao, que pode fazer coisas interessantes no Mundial.


* O esperado: a Franca
O pos-Zidane tem sido terrivel. Faltaram ideias, faltou organizacao e faltou, sobretudo, um seleccionador. Ficou espelhada a influenca que o Zidane tinha naquela seleccao. Os jovens ficaram aquem do esperado e os mais velhotes estao de saida. Mais 20 anos ate' a franca reaparecer?


* Para repensar: Portugal
Num clima saltill-iano, o Cristiano foi vendido todos os dias, o Scolari nao controlou o grupo, o Deco andava em viagens para Espanha e o resto do plantel queria ir para o Milan, o Man U ou o Real. Nao deu em nada, claro. Ficou-se com a ideia de que, bem pensada e estruturada, a seleccao portuguesa pode fazer um mundial muito interessante. Temos qualidade, temos criatividade, e temos camionetas de brasileiros 'a espera de serem portugueses para serem convocados, ja' que para a canarinha nem para apanha bolas servem. Mas se se comecar a pensar no problema da baliza, no rearranjar da defesa, no redifinir do meio campo e em arranjar alguem que marque golos, temos hipoteses de ir longe... o scolari trouxe algo que faltava: raca e querer ganhar. o proximo que venha e os ponha a jogar como equipa.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

a teoria do tiro ao alvo

no meu caminh de casa tive aquilo a que se chama uma epifania (traduzido literalmente do ingles). finalmente percebi quem vao ser os proximos jogadores do benfica, e tudo baseado naquilo que se foi passando no passado. no fundo, foi um autentico estudo de forward engineering que fiz em 20 minutos a andar. passo a explicar.

este ano ja' contratamos, segundo os habitues, uns 15 jogadores. mas no fundo no fundo ainda so' renovamos com 1. tambem chegamos a ter 4 treinadores, mas acabamos por assinar com um que nem na lista esteve durante muito tempo. senao vejamos:


1) o eriksson ja' tinha tudo certo, veio o quique.

2) o leo renovou, o rodriguez nao.

3) o pongolle esta' quase certo mas afinal parece que nao.

4) o valdivia e' que e' craque mas se calhar e' menos craque do que se pensava.

5) o balboa ia assinar mas ate' ver nada.


o que me deixa prever o seguinte:

a) o miccoli vai voltar para o benfica. vem por 3 epocas. o pongolle nao assina e vai para um clube qualquer da 2a divisao inglesa armar-se em estrela (o que e' uma dupla boa noticia porque implica que o carlos martins nao vem)
b) o valdivia nao vai assinar nem o carlos martins. quase que posso prever o aimar assinar por 4 epocas.
c) o novo extremo direito do benfica e'... nao sei bem, mas nao e' o balboa. vai ser um rapaz qualquer que ainda nao foi falado.

fica a faltar o que? um lateral direito? posso ja' dizer que nao sera' aquele que a bola avancar. sera' o segundo. alias, a bola deveria comecar a apontar para a segunda hipotese a ver se acertam na primeira. poupava-lhes imensa tinta na tiragem dos jornais...


ja' agora, que estou embalado: ainda bem que a italia levou na tromba. que jogo horrivel. se jogar futebol, em italiano, significa nao fazer um unico ataque nao percebo qual o fascinio pela liga italiana. preferia muito mais jogar em espanha. e tambem uma palavra para a russia: excelente. que pena e' que o jogo entre a espanha e a russia seja nas meias e nao na final. ja' agora: seria pedir muito irem buscar o arshavin e o pavlyuchenko? que craques!


BENFICA ESMAGA!!!

sexta-feira, 20 de junho de 2008

ai agora queres regressar?

o moretto e' um caso tipico de um rapaz com dupla personalidade. ha' coisa de 1 mes/mes e meio disse que nao tinha intencao nenhuma de voltar para o benfica, que o que queria era continuar a carreira no aek, onde se sentia bem.

entretanto o benfica comecou a planear a nova epoca, tem um treinador novo, um director desportivo que percebe de bola e o moretto achou por bem que agora era bom voltar para o benfica.

entao em que ficamos rapaz? eu, pela parte que me toca, nao te quero ca'. o pouco que jogaste mostraste que eras tao bom como o asco que jogou pela equipa do mendes. um dominio da area duvidoso, um desastre em cruzamentos e saidas todas fora de tempo... esticas-te bem, mas nao chega. por isso, deixa-te estar sossegado e nao vas ja' comprar o bilhete de aviao para lisboa.

patético



quinta-feira, 19 de junho de 2008

generation over-hyped

para acabar de vez com o tema seleccao e nos comecarmos a preocupar com o que nos consome mais (por exemplo, as nao contratacoes de jogadores para posicoes chave no nosso clube), eu gostaria de deixar aqui uma serie de pequenas notas em que pensei depois do jogo acabar.

em primeiro lugar, o scolari tem de ser agradecido pelo que fez com esta seleccao. foi sem duvida um dos melhores ciclos que vivemos e espero que seja para continuar.

mas, houve sempre coisas que nao me convenceram. para comecar, a rigidez do esquema tactico de portugal, sempre acompanhado pelas substituicoes sem risco algum. pensando no jogo com a alemanha, viu-se bem quem fez o trabalho de casa bem feito. um pouco de estudo tinha mostrado que os centrais alemaes eram lentos e que talvez jogando com um ponta de lanca fixo e outro mais movel podia ser fatal para eles (nuno gomes e hugo almeida talvez?). isso implicaria jogar num 4-4-2 com um bom medio criativo que soubesse recuperar bolas (deco) e um medio de contencao (petit -- que falta fez o maniche... enfim... ja' la' vou 'as escolhas). dois alas rapidos (simao ou nani na esquerda, ronaldo na direita) e as coisas talvez se compusessem. atacar e defender em bloco era fundamental.

depois, viu-se bem a imaturidade desta seleccao no falhanco do joao moutinho. um jogador nao pode hesitar um segundo quando esta' na pequena area. aquela bola ate' com o rabo entrava. com tanta hesitacao e a pensar tanto acabou pr sair por cima. podia ter sido o golo que mudava a historia do jogo. os tais 2 pontas de lanca poderiam ter dado muito jeito...

e por fim as escolhas. nao percebo como e' que esta lista de 23 foi compilada. ou melhor, percebo. sao os 23 do mendes. senao vejamos: 3 GR que nao valem a ponta de um corno, a inexistencia de um lateral esquerdo de raiz, uma cambada de jovens que nunca jogaram em torneio nenhum ou que estavam ja' com 60 jogos nas pernas, e uma linha avancada que mete do'. os unicos que se safaram? talvez o deco e o petit.

onde estavam o maniche, o nuno valente, o caneira, o makukula? nao que sejam craques, mas seriam opcoes mais validas. porque nao o pedro mendes? porque nao o filipe teixeira ou o manuel fernandes? cada vez mais me convenco que ha' gente na federacao que gosta muito de lamber rabinhos...

assim se passou um europeu. ao menos os alemaes e os suicos mostraram uma coisa aos portugueses que inflacionam constantemente os jogadores: que estes 23 nao passam de um bando de bons rapazes que sabem dar uns toques na bola. o milan andar atras deles todos e' delirio generalizado. o barcelona ir pagar 30 milhoes pelo moutinho e' de doidos. e ainda estou para saber como e' que o chelsea foi comido em mais uns milhoes... e' preciso que as pessoas se convencam que craques, na nossa seleccao, ha' 1 ou 2. o ronaldo e o deco, talvez. o resto, sabem jogar melhor que os putos do bairro deles mas pouco mais...

como disse o joao, "sao grandes, mas nao sao grande coisa".
são grandes mas não são grande coisa....

Portugal podia e devia ter ganho este jogo... falta nesta equipa um médio como o Carlos Manuel, e já agora, que o suposto melhor do mundo tocasse na bola.

Venha agora o futebol a sério que estou farto desta paneleirice das bandeirinhas nas janelas.

terça-feira, 17 de junho de 2008

Se for verdade, e' grossa asneira

Nao sei se esta treta do Carlos Martins e' verdade.
Mas se for, ir contratar um jogador representado pelo empresario que desvia jogadores birrentos na pre-epoca, e com quem temos um contencioso, e' um disparate infame, sem-vergonha, nojento.
E' por causa de asneiras deste calibre que o LFV esta' sempre em hot-water.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

o esperado

e pronto, esta' assente. a uefa, depois de tanta trafulhice, nada podia fazer o os porcos vao mesmo 'a champions. o jurista da federacao teve lapsos de memoria (mesmo depois dos porcos terem sido condenados com os 6 pontos) e parece que afinal tudo nao passou de um engano e que nao houve corrupcao nenhuma. e assim passa a carroca.

e agora? sinceramente, depois de tal "display" por parte do camone que se diz presidente da fpf, ja' nao posso acreditar no futebol em portugal (ou no hoquei. vejam o excelente post do d'arcy no blog dele). mas num pais em que os corruptos afinal nao o sao porque tudo se faz para que pareca que nao sejam, onde ficara' a verdade desportiva? concerteza na gaveta. eu tenho orgulho de ser benfiquista. tenho orgulho de todos os nossos jogadores, mesmo aqueles que nao jogam peva. ate' sairem, serao sempre os maiores. mas quando um clube tem jogadores medianos que sao idolatrados pela imprensa, tem um presidente corrupto que compra todos para todos lhe lamberem o rabinho, que tem um grupo de adeptos que e' o mais violento em portugal mas que tem a total conivencia da policia, quando esse clube e' carregado em ombros qual "d. sebastiao" tornado dos desertos mauberes, entao nao me posso deixar de sentir um pouco como frustrado.

querem fazer de nos dom quixotes, velhos e tolinhos a lutar contra moinhos de vento. em todos os lugares as mentiras vao tomando conta (a ultima, a terem muita atencao e a denunciarem sempre que possam, e' a da data de fundacao do clube dos porcos!!! querem ser, 'a forca da mentira, o clube mais antigo de portugal!!!). querem humilhar-nos, mas nao o vao conseguir. porque nos somos mais fortes.

sr. madail, peco-lhe que se demita. e nao lhe peco favores. acho que ja' chega de tanta merda. e os ditos comentadores, paineleiros e afins que se assumam de vez. que a sporttv se passe a chamar fcptv, que o jogo se passe a chamar fcpnews e por ai fora. ja' chega de jogar 'as escondidas e de se acharem mais que os outros. se sao assim tao melhores, nao tenham medo em dizer que sao do fcporco.

siga para bingo. que isto do futebol e do hoquei ja' deu para perceber que so' 'a batota e' que se ganha. ainda mais orgulho tenho de ser do benfica, quando sei que as nossas vitorias foram contra tudo e contra todos.




BENFICA SEMPRE!!!

quinta-feira, 12 de junho de 2008

Uma duvida

Se o Rui Costa foi designado como director desportivo, o que e' que o Veiga anda a fazer atras dele para contratar jogadores?

E nao e' um bocado esquisito esta estoria de o director desportivo e o presidente irem "ao estrangeiro" ('as tantas, andam 'a nossa procura, Diogo, o melhor e' mandarmos o numero de telefone ao maestro) 'as compras? Mas isto agora e' algum supermercado? Extremos-direitos na fila por detras do leite meio-gordo, medios-defensivos mesmo ao lado das cuecas de senhora???

Comeco a ficar apreensivo. O Maestro disse que no comeco da pre-epoca, o plantel deveria estar definido. Faltam duas semanas e meia, e isto nao esta' com boa cara.
Eu diria mesmo que esta' com cara parecida 'a da nova lider de um partido cor-de-laranja portugues...

Parabéns Felipão

Um pouco contra a linha editorial deste blog, e contra mim mesmo que tantas vezes critiquei Scolari, as noticias do dia deixam-me resignado relativamente ao fim do periodo mais glorioso da história da nossa selecção.

Eu, confesso, tenho muita admiração pelo Felipão. Já o critiquei inumeras vezes, a começar na fixação pelo pateta do Ricardo e a acabar na agressão ao jogador da Sérvia. Mas os resultados estão à vista. Portugal tem tido uma série absolutamente fantástica de resultados, faltando apenas um grande titulo para coroar este percurso. Scolari foi capaz de demostrar uma enorme regularidade, não falhando a qualificação para uma única prova, fazendo simultaneamente a renovação do grupo, da geração de ouro para a geração Ronaldo. Temos ainda que reconhecer, que apesar de Scolari ter ao seu dispor alguns diamantes em bruto, tambem tem enormes limitações (do guarda redes ao ponta de lança) no plantel.

Podemos não gostar da sua abordagem familiar, mas de facto temos um grupo fantástico. Podemos não gostar da proximidade ao Jorge Mendes, mas um facto é que o Jorge Mendes representa todos os bons jogadores portugueses. Podemos não gostar dos luso brasileiros, mas reconhecemos que têm sido mais valias fantásticas.

Scolari tem gerido este plantel na perfeição, espremendo cada gota de sumo do que tem para dar. Petit, Deco e Nuno Gomes que foram absolutamente mediocres toda a época estão a fazer um Europeu notável. Particularmente o Deco que tem ofuscado completamente o Ronaldo. Scolari tem que ter desempenhado um papel importante na sua recuperação.

Acima de tudo, Scolari parece ser o primeiro seleccionador que assim que chegou não abriu logo a perna. Não baixou as calças ao Pinto da Costa e não baixou as calças à opinião publica. Não joga Baia e não joga Quaresma. Ponto final. E não jogam porque Scolari sabe que não se ganham campeonatos com trivelas. Ganha-se com jogadores que competem 90 minutos.

Confesso que estou triste, porque não vejo alguem que possa estar à altura de Scolari, e que consiga dirigir esta selecção com pulso de ferro, sem subserviencias, sem favores, e mantendo unido o espirito de selecção. Scolari foi capaz de abraçar e unir Portugal como nenhum outro Portugues o conseguiu. Mais do que qualquer titulo de campeão, devemos pelo seu "patriotismo" um grande obrigado ao Felipão.

Felipão não foi capaz de fazer ao Chelsea o que fez ao Benfica em 2004. A diferença deve ser uns 6 ou 7 milhões de euros.... não o censuro. Ainda bem que tem a vida dele definida e que se possa agora concetrar no Europeu. Quem nos dera que todos os nossos jogadores tivessem na mesma situação.

Comece agora o tiro ao novo seleccionador: eu aposto em Luis Figo... infelizmente Rui Costa não está disponivel para o lugar, tem uma nação bem maior para servir.

quarta-feira, 11 de junho de 2008

o melhor do mundo

ainda acerca do melhor do mundo, vinha a pensar em o que significa ser o melhor do mundo (em termos de jogador da chicha) no meu caminho de casa. e pensei em alguns daqueles craques que, como miudos todos queremos ser e como adultos aprendemos a apreciar. pensei numa serie de nomes e depois comecei a pensar o que falta ao cristiano ronaldo para la' chegar. comecemos entao (sempre sabendo que isto e' so' uma pequena amostra e e' biased para os jogadores por quem sempre tive algum apreco).



anos 50-70: os reis e di stefano.

estes sao os anos de Pele', Eusebio e Di Stefano. 3 dos melhores jogadores de todos os tempos, amigos fora de campo, temiveis adversarios dentro de campo. A carreira de cada um deles nao e' preciso examinar ao detalhe. fala por si, para cada um deles. a capacidade de elevar os seus clubes e os seus paises a niveis nao antes vistos era assustadora. a imagem do eusebio a ir buscar a bola ao fundo da rede da baliza coreana no meio de uma reviravolta historica e' de chorar (ajuda o eusebio ser... o eusebio. e ser do benfica.)



cruyff: total football man

o jogador que fez da holanda uma power house do futebol mundial. ainda hoje e' visto como um dos melhores jogadores do mundo. toque de bola simples, fintas magnificas (a finta 'a cruyff continua a ser uma que eu tento fazer sempre que tenho uma bola nos pes... deve ser por isso que nunca consegui vingar como jogador da bola...) e uma visao de jogo fantastica elevam este rapazola magrito para um escalao superior.



anos 80: El Pibe e Platini

estes dois nao eram bons. estes dois nao eram mortais. um era atarracado, um pouco rechonchudo e com um centro de gravidade junto 'a relva. tirar-lhe a bola era quase impossivel. velocidade impressionante, toque de bola que dava vontade de rir de tao simples que parecia, e uma vontade de vencer que o fazia lutar, lutar, lutar. o outro, o mago frances, era somplesmente genial. a definicao do numero 10? talvez. nao fosse esse o dorsal que usava na seleccao gaulesa.



anos 90-presente: O checo e os brasileiros

3 numeros 10. Nedved, Ronaldinho, Kaka. Todos com uma coisa em comum: visao de jogo. Impossivel pensar no futebol recente da Juventus, do Barca ou do Milan sem pensar nestes nomes. Um ja' acabou de escrever a sua historia no livro do futebol mundial (obrigado Pavel!). Os outros estao em fases distintas das carreiras. Mas a marca que deixarao sera' sem duvida grande.



Olhando em retrospectiva, nao inclui muitos dos outros rapazes que sempre admirei (a maioria do benfica): Rui Costa, Paneira, Valdo, Magnusson, Ryan Giggs, Nene, Chalana, Poborsky, entre muitos outros. Todos eles grandes jogadores mas se calhar no panteao dos "Gandas craques". Mas o que tem todos os "eleitos" de diferente que os fazem tao bons? Sao jogadores de equipa que ganharam practicamente tudo o que havia para ganhar (excepcao feita ao Eusebio e ao Nedved). E' que ser o melhor do mundo e' isso: e' ganhar tudo, no mundo todo, em qualquer condicao, em qualquer equipa. E' elevar o potencial da equipa para niveis impensaveis. E' estar a perder por 3-0, entrar na segunda parte, e pensar "vamos conseguir dar a volta a isto".

O Cristiano Ronaldo e' um jogador fora de serie. Tem futebol para ser o melhor do mundo. Mas ate' agora ainda nao o conseguiu. Ainda lhe falta um bocadinho. Falta-lhe perder os actos individualistas excessivos, falta-lhe elevar o jogo da sua equipa (portugal, mu, real ou seja la' para onde ele for) e fazer de um grupo de atletas medianos ou medianamente bons realmente excepcionais. e falta-lhe ser humilde. porque um jogador melhor do mundo e' humilde e sabe que um penalty na final da champions e' fundamental e nao se deixa levar por excesso de confianca. porque o melhor do mundo nao tenta um penalty 'a panenka quando uma qualificacao para as meias finais de um euro estao em causa. quando o ronaldo aprender algumas destas coisas, ai sim, podera' ter uma hipotese a ser relembrado como um dos grandes jogadores de futebol de todos os tempos.

a euforia e a secura

como continuamos sem noticias do benfica, la' nos vamos entretendo a ver jogos da equipa dos jogadores do jorge mendes em que andam uns rapazes do clube das camisolas vermelhas em muito ma' companhia.

o jogo de hoje, contra a republica checa, foi interessante. devo confessar que gosto da maneira como os checos jogam, especialmente quando o koller nao esta' em campo. mas passando os olhos pelos jornais eu devo ter visto um jogo diferente dos tipos da bola, do record, do maisfutebol, do jogo, da espn, da fox sports, da bbc e mesmo da fifa. confesso que nao percebo porque e' que o ronaldo foi o melhor em campo e nao percebo a idolatracao do pepe.

desde a final da champions que a unica coisa que se houve falar e' do cristiano ronaldo. esta' bem, o puto e' bom, mas neste europeu ainda nao decidiu um jogo. contra a turquia fez 2 ou 3 passes acertados. hoje agarrou-se 'a bola e quase que a levava para casa. nao compreendo como se da' o titulo de melhor em campo a ele e se ignora o trabalho do deco. como se eleva o ronaldo a estrela sem reconhecer o trabalho de heroi do petit. como se exultam os truques e fintinhas do miudo sem falar na presenca do ricardo carvalho. e' que a seleccao dos amigos do jorge mendes nao e' so' o ronaldo e o ronaldo pouco faria sem os outros eleitos. a euforia e' tanta que a bola teve a parvoice de publicar uma noticia em que era referido como o ronaldo ganhou o premio de mais bonito do euro!!! e' so esperar pelo metzelder em partir-lhe os dentes e arrancar-lhe uma rotula e ficam-se as peneiras todas pelo departamento medico. sinceramente, ja' estou farto de ouvir falar no ronaldo.

depois, elogia-se o trabalho do pepe. que nao teve culpa no golo da republica checa. que tem seguranca fisica. eu nao concordo. o pepe, o ricardo carvalho e o ronaldo (3!!!!) estava a marcar o baros, deixando o segundo poste com 2 jogadores entregues ao petit. algo nao estava bem na figura. alias, antes do golo dos checos eu ja' adivinhava que aquilo ia acontecer, tal nao eram as asneiras que se repetiam, umas atras das outras. depois na segunda parte, o lado direito, entregue a um bosingwa nao se sabe porque (tanta asneirada....) e um centro do terreno entregue a um pepe esforcado mas muitas vezes complicado, podiam ter dado asneira da grossa.

mas temos ainda a secura. e a secura passa pela donzela do nosso clube. sinceramente, nao percebo o que se passa com o nuno gomes e muito menos porque e' que ele continua a ser titular indiscutivel. o hugo almeida e o helder postiga devem ser mesmo muito mauzinhos... se no jogo com a turquia fez tabelas e deu jogo, sacrificando a conta pessoal, hoje nada lhe correu bem. nao ganhou uma bola, os passes eram sempre a queimar, as tabelas eram sempre sem forca, os remates eram sempre froxos. muito fraquinho mesmo.

enfim... meio caminho andado e um empate entre turquia e suica poe os amigos do jorge mendes nos quartos de final, provavelmente contra uma polonia. ja' que o scolari ja' so' esta' ali para aquecer o banco mesmo (parece que vai treinar o chelsea), nao vejo um futuro muito risonho para esta seleccao para o resto do europeu...

segunda-feira, 9 de junho de 2008

o fim do catenaccio

o futebol italiano sempre se definiu pela enorme solidez tactica, pela simplicidade de processos, por defesas seguras, e por ataques venenosos que resultavam em golos simples e decisivos. assim foi a todos os niveis (internos e a nivel de seleccao) durante muitos anos. mas hoje, no jogo 6 do europeu, vi uma italia transfigurada para pior. uma defesa a tremer como varas verdes, um meio campo a recorrer sempre ao pirlo para ver se este desencantava um passe ou um livre de outro mundo, e uma linha avancada que metia do'. do lado oposto estava uma equipa determinada a mostrar que o futebol e' feito de processos simples, de solidez defensiva e de ataques mortiferos. ou seja, a holanda, com um esquema tactico muito interessante e movel (um quasi-4-5-1 a defender e um 4-2-2-2 a atacar), jogou... " 'a italia ". o terceiro golo e' exemplo disso mesmo: um livre cobrado pelo pirlo, o van der saar defende e, segundos depois, o van bronckhorst cabeceava para dentro da baliza italiana.

mas as diferencas nao se ficaram por aqui. tambem nos bancos e no jogo das substituicoes as diferencas foram gritantes. de um lado tinhamos um donadoni resignado com o que estava a ver. e, quando calma do banco era precisa, entram todos os avancados. o donadoni, a meu ver, perdeu muito a perceber que o camoranesi estava a ter um jogo miseravel, que o di natale passou quase 1 hora em campo sem tocar na bola, que o pirlo e o gattuso precisavam de alguem 'a frente deles. o van basten limitou-se a fazer troca por troca, sempre mostrando uma grande calma.

a italia perdeu por culpa propria. ficamos sem saber quantos golos sofreriam se fosse o lippi o seleccionador italiano.


um jogador interessante: o puto afellay. rapido, bom controlo de bola... a seguir.

quarta-feira, 4 de junho de 2008

moral, bons costumes e o dinheiro da champions

a uefa pronunciou-se hoje sobre a condenacao ao porto. como seria de esperar, o porto nao pode participar na champions. o clube vai recorrer e, se tudo correr bem, as queixinhas vao cair no vacuo e o clube vai ser mesmo penalizado. assim espero que seja.

correndo alguns blogs benfiquistas fiquei com a sensacao que o povo benfiquista esta' contente e ja' se vangloriam com a ida 'a champions. "batiteiros nao tem lugar na champions", "vamos la' por direito", entre outros comentarios. pois eu queria deixa a minha opiniao, que vale tanto como a de qualquer outro adepto, socio ou simpatizante do clube das camisolas vermelhas.

o benfica teve uma epoca deploravel. nao jogamos um chavelho. houve jogos no decorrer da epoca em que a sensacao de que estavamos a ver os juvenis ou um clube amador era mais que evidente. ou seja, acabar no 4o lugar foi, olhando em retrospectiva, muito bom. argumentar que a nossa posicao na tabela e' um reflexo de quantas meninas o lucilio recebeu e', nesta epoca em concreto, pouco. no entanto, no caso de o porto ser mesmo excluido da champions, o benfica vai aproveitar a deixa e entra na 3a pre. bem vistas as coisas, e' apenas uma questao de dinheiro. embora moralmente, e exclusivamente moralmente, o benfica deveria recusar a participacao na champions por nao ter tido um comportamento desportivo significativo para participar na dita competicao. um "obrigado, mas levem outro" era uma chapada de luva branca muito bem dada. era um mostrar que apenas nao aceitamos resultados desportivos enganadores e que nao o fazemos por inveja ou birra.

o que nos deveria verdadeiramente preocupar e' a falta de coragem da liga, da federacao e dos respectivos conselhos de justica. ja' muito se dissecou sobre o que e' "tentativa de corrupcao" e "corrupcao", mas nao se pode aceitar que um clube que "tenta" corromper nao seja penalizado severamente. o boavista foi para a 2a divisao, o porto tambem deveria ir, assim como o gondomar deveria descer um escalao. e a retirada de pontos tem de ser feita 'a epoca que se vai inicializar e nunca 'a epoca corrente. mas ai se ve que a mafia em italia foi eliminada e que em portugal sobrevive 'a luz de todos e ninguem tem tomates para assumir que e' um problema grave e que se farao todas as diligencias juridicas e policiais para acabar com ela.

nisso, o calciocaos deu uma licao. pena foi que nao a tenhamos aprendido. a justica civil nao vai fazer nada de especial e os mafiosos vao continuar a pavonear-se como reis e senhores, com directores executivos da liga e da federacao (nos seus diversos ramos) a abrirem o rabinho para satisfazer as vontades aos ditos bandidos.

enfim...

terça-feira, 3 de junho de 2008

manutencao

parece que o rodriguez assina ate' ao final da semana por umas epocas de aguia ao peito. depois de muita tinta, algumas palavras mal interpretadas e especulacao, parece que ate' vai ser bem barato, tendo em conta o que era pedido tanto pelos investidores que tinham o passe dele como o que o proprio rodriguez pedia de ordenado. menos uma dor de cabeca para o QF e segura-se assim uma grande mais valia que ja' conhece bem os cantos 'a casa. so' falta que seja um bocadinho mais regular e esta' mais que seguro no 11.

isto leva a que o di maria seja relegado para o banco ou que jogue como 2o avancado, o adu va' para o banco para suplente de um numero 10 ou tambem como 2o avancado (embora me pareca que va' ser emprestado...). entrando um bom extremo direito e um suplente 'a altura ficamos com um meio campo compostinho. fica-se por saber o que vai acontecer ao coentrao ou se este fica para sair o adu.


BENFICA ESMAGA!!!