origem
Eusébio +10: Outubro 2006

terça-feira, 31 de outubro de 2006

A Maya que não é abelha, lê tarot, e ataca de novo

(ou como se perde um médio e se ganha um médium...)

Jesualdo Ferreira em "A Bola", há bocado.

«Tomando a premonição do meu amigo Fernando Santos, que disse ao intervalo do jogo com o Estrela aos seus jogadores que não ia acabar o jogo sem ninguém expulso. Antes do jogo tive a premonição que o Anderson ia aleijar-se contra o Benfica».

Outro dia também tive o meu momento esotérico. Tive a premonicão que o papel higiénico se ia acabar daí a dois dias. No dia seguinte comprei um pacote novo, e fiquei com a alma em paz.
E ter a alma em paz é qualquer coisa de absolutamente precioso. Por isso é que estou preocupado com o resto do discurso de Jesualdo Ferreira:

«Nós sentimos alguma revolta porque me pareceu que a lesão que o Anderson sofreu no jogo com o Benfica à qual não correspondeu nenhuma falta, nenhum cartão amarelo, foi como se nada tivesse passado num lance perfeitamente vulgar e não foi. Existiu alguma dureza e surgiu na sequência de outros casos que vinham a acontecer e foram sucedendo até ao fim do jogo. Convidava todos a verem o jogo FC Porto-Benfica com calma e tranquilidade, tal como eu fiz, e perceberem que durante os 94 minutos de jogo os jogadores do Benfica tiveram livre acesso à falta mais agressiva sem qualquer punição, enquanto os do Porto foram penalizados no mínimo em duas vezes»

Será que um homem que já correu as sete partidas do mundo, que contactou com as mais diversas culturas, que bebeu dos mais variados ambientes, que tem o percurso que tem, será que um homem destes fica com a alma pacificada depois de abrir a boca para mandar o discurso de outrem, e para fazer de joguete?

Às vezes, determinadas afirmacões são demonstrativas de que quem as solta está em queda livre. Receio que, com esta, Jesualdo Ferreira tenha batido no chão e desatado a escavar. Isto não é profissionalismo, é servilismo. Sinceramente, faz-me pena que um homem com o percurso de Jesualdo Ferreira, de quem se pode não gostar mas que se aprendeu a respeitar, se preste a este tipo de situacões.

lancamento



A minha primeira impressao quando vi o resumo do jogo foi q no lance do terceiro golo o o jogador Fucile q faz o lancamento lateral entra disparado para dentro do campo. Achei aquilo estranho pois os arbitros nao costumam dar abebias deste genero. Todos adoram apitar esse tipo de faltas faceis. Curiosamente a impresa desportiva nao toca no assunto nem vi nenhuma referencia a este topico na blogosfera. Entretanto hoje vi novo resumo e ve-se claramente q o Fucile faz o lancamento em corrida qual lancamento do dardo. Com o bandeirinha mesmo ali ao lado, e' incrivel como nao ve q o jogador entra disparado para dentro do campo assim q lanca a bola, pois nunca teve os DOIS PES no chao no momento do lancamento.
Olhem para a foto, vejam o video e perguntem-se como e' possivel ninguem ter reparado... assim qualquer um consegue por uma bola no meio da area com um lancamento lateral.

tapar o sol com a peneira

o excelentissimo MST, essa ave rara da publicacao livreira, que escreve livros sobre cabo verde e todos os pseudo-intelectuais acham que e' o maior tratado alguma vez escrito sobre africa do pos 25 de abril, tem um odio de estimacao: o nosso Benfica. E e' pelo facto de ele ser daquela agremiacao de bestas que eu nunca lerei um livro dele. Mesmo que ele ganhe 3 premios nobel seguidos. Mesmo que queimem todos os livros no mundo e so' sobrem os dele. Mesmo que, como se diz na lingua de sua majestade, "Hell freezes over".

Para comecar, nao percebo porque e' que ele tem uma coluna n' A BOLA. Tambem nao percebo porque e' que, de um dia para o outro, ele passa a ser um entendido em assuntos futebolisticos e politicos, numa clara tentativa de arranjar um Marcelo Rebelo de Sousa mais populista, i.e. com um vocabulario mais vernaculo para os gajos do norte "perceverem" (ja' que deveria ser complicado para eles perceber o conceituado professor de diretio). E eu ate' nem gramo o Marcelo nao so' por ele ser do Sporting mas tambem por pertencer ao PSD. Mas eu gramo ainda menos o MST.

Ora a referida personagem decidiu publicar, na sua coluna de opiniao, a sua opiniao sobre a lesao do Anderson. So' faltou chamar de fdp ao Katsouranis. Por aqui se ve a sua classe. E com o repudio todo que ele demonstrou, com a aversao que ele mostrou a entradas semelhantes, parece que houve um vazio criado, entre 1904 e 2006 (periodo em que os nojentos celebraram 2 centenarios... ah iluminados!), em que CONSISTENTEMENTE os jogadores do Benfica foram agredidos barbaramente por jogadores de classe inolvidavel como o Paulinho Santos, o Andre, o Jorge Costa, o Fernando Couto, o Jaime Pacheco, etc etc etc.

o sr. MST decidiu por no mesmo prato estas cavalgaduras e o Anderson. Estas bestas quadradas e o Simao. Estes nojos futebolisticos e o Rui Costa, o Paulo Sousa, o Rui Aguas, o Nene, o Torres, o Coluna, o Bento, o Chalana. Porque so' foi preciso o Katsouranis fazer uma falta para ser crucificado. Porque anormais como os que partiram o maxilar ao JVP sao uns coitadinhos e foi sem querer.

Hoje ficamos a saber que o Mourinho, o Deco e o Cristiano Ronaldo telefonaram ao Anderson. Devem estar a telefonar tambem o Presidente da Republica, o Scolari, o Dunga, o dono do Manchester United, o Ronaldinho Gaucho e o Messi. Bom para ele. Farta-se de falar ao telefone. Mas nao sei se o mesmo Mourinho que telefona ao Anderson telefonou ao Messi quando o Del Horno o mandou para o estaleiro por 6 meses. No fundo, como se trata do Benfica, vamos mostrar como todos os benfiquistas sao terriveis. Vamos provar como todos os gregos sao assim. Vamos esquecer o Paulinho Santos, o Raul Meireles, o Jorge Costa, o Martelinho e vamos criticar e crucificar uma jogada que acontece VARIAS VEZES em 90 minutos.

Tenho pena do Anderson. Mas sao coisas da vida de jogador da bola. Aconteceu aos 18 anos, podia acontecer aos 25. Quando os donos do passe dele (os outros que tem 99% do passe) decidirem que ele vai jogar para Inglaterra, deveriam avisa-lo que ha' gajos por la' que lhe vao bater ainda mais. O Pedro Mendes nao e' um fora de serie e levou uma trancada que o deixou inconsciente. O Cech e' guarda redes e levou uma traulitada que lhe partiu a cabeca. Essas sim, sao premeditadas. Partir um dos membros que se usam para jogar 'a bola e', no minimo, uma eventualidade com alta probabilidade.

azar dos azares

Ha duas semanas escrevi uma carta para a ESPN a chamar-lhes a atencao para o facto de darem quase exclusivamente jogos da Champs com equipas inglesas, ignorando os milhares de emigrantes portugueses q andam por estas bandas. E nao e' q hoje a ESPN resolveu dar em directo o Bayern-Sporting? O BAYERN-SPORTING!!! Em dia de Barcelona-Chelsea estes anormais vao-me dar o Bayern-Sporting???

Para alem de ficar triste pois esta deve ser a ultima vez q algum jogo envolvendo equipas portuguesas da na TV, confesso q temo pela minha intergridade fisica se se sabe q a culpa de termos de gramar o Bayern-Sporting e' minha...

PS - ler a cronica do MST com um balde 'a mao por causa dos refluxos gastricos inevitaveis.
PS2 - nos foruns do AVOZDAAGUIA faz-se um apelo para q quem tenha imagens de agressoes de jogadores do porto as divulge para se fazer uma compilacao.

domingo, 29 de outubro de 2006

na bola

Ha muito tempo que nao me ria tanto. Confesso que depois da dura derrota de ontem, so mesmo este comunicado do FCPorco para me levantar a moral. Ainda dizem que rir nao faz bem:

"A coincidência de mais um atentado ao futebol espectáculo.
O futebol é um desporto que costuma destacar os melhores artistas, aqueles nos surpreendem repetidamente e enchem estádios, reforçando a magia do espectáculo. Anderson é um desses craques. O prodígio do F.C. Porto diverte-se com uma bola nos pés e encanta quem dirige o olhar para a sua arte. Anderson é um valor que o jogo deve proteger.
Este sábado, porém, Anderson foi vítima da violência de uma equipa que, a ter em conta a folha disciplinar, não é propriamente bem comportada. Os dados da Liga Portuguesa de Futebol Profissional não mentem: Mesmo com um jogo em atraso, a tal equipa «vítima» já somou 25 cartões amarelos e cinco vermelhos e tem o segundo pior registo do campeonato 2006/07. Sintomático.
O que se passou ontem no Estádio do Dragão foi mais um atentado ao futebol espectáculo, uma coincidência lamentável que roubou ao desafio um dos seus maiores pólos de interesse. Precisamente como na temporada passada, no mesmo local do terreno, no meio-campo, junto aos bancos de suplentes, o jogador que mais podia desequilibrar foi intencionalmente atingido com violência por um grego, confirmando a teoria de quem vê estes casos como manobras planeadas.
Há um ano foi Lisandro Lopez, derrubado ao minuto 21. Desta vez foi Anderson, ao minuto 31. E o cenário de coincidência sai reforçado com nova constatação: o árbitro era o mesmo e a opção de não sancionar o lance e o agressor, da mesma nacionalidade e adquirido na respectiva época, foi decalcada...
Alguma Comunicação Social deste domingo é clara e inequívoca: «pancada» (O Jogo, pág. 3), «partir a perna» (O Jogo, pág. 18), «varrido do jogo» (O Jogo, pág. 5) e «entrada violenta» (A Bola, pág. 5) são referências taxativas acerca da gravidade da ocorrência.
Estas sim são situações que devem ser definitivamente banidas do futebol. Se, todavia, continuarem a repetir-se, sem a resposta célere e adequada dos órgãos competentes, ninguém poderá acusar o F.C. Porto de deixar de apostar em artistas que ajudam a encher o campo dos adversários, para passar a apostar em atletas robustos capazes de resistir à violência e dançar ao som da mesma música."

Boas e más notícias

O Eusébio+10 é um blogue que tem provavelmente uma das mais altas densidades de pré-pê-agá-dês por contribuinte da blogosfera (visto que só temos 25% de pê-agá-dês), e por isso parece-me que é nosso dever pensar. Pensar faz bem à saúde, desde que não se abuse. Por exemplo, Sócrates fartou-se de pensar, e deu no que deu: mataram-no, que é uma coisa que faz pessimamente à saúde. O filósofo, naturalmente. Resolvi, portanto, compilar uma série de aspectos que me parece constituirem boas e más notícias, para a malta pensar nisso e noutras coisas de que não me tenha lembrado.

3-2 - não se pode dizer que seja boa notícia, mas tendo em conta que aos 20 minutos achei que íamos comer cinco secas, até se engole. A reaccão da segunda parte foi uma boa notícia. Andarmos a sofrer três golos por jogo é giro, dá assim um aspecto quântico à coisa, ou levamos três ou não levamos nenhum, isso é coisa para desmotivar os adversários, só de pensar que têm que enfiar três lá dentro se quiserem ganhar ficam logo aflitos, e vai daí tungas, ganhamos nós. Só que, sendo indiscutivelmente giro, às vezes é chato, porque os nossos rapazes fiam-se na virgem, que é do conhecimento geral que já nem ao Scolari ouve, e não acautelam a produtividade atacante necessária de quatro ou mais, e acabamos a levar na trombeta. Sempre entretem, mas é chato.

Katsouranis - já é a terceira vez, ou coisa assim, que o rapaz vai lá às alturas e, aplicando um determinado vector forca no corpo esférico que voa na sua direccão, o desvia para o sítio certo. E joga bem com os pezitos, e tem ganas, e tudo, e tudo, e tudo. Sejas bem-vindo, e fica cá a jogar assim por muitos anos. E obrigado ao treinador, que foi ele que o escolheu. Duas boas notícias: o treinador consegue identificar um bom jogador, a malta foi buscá-lo, e ele é de facto bom. Afinal, são três, uma boa notícia grátis. Dá sempre jeito.

primeiro golo de ontem - péssima notícia. Pensei que golos destes só acontecessem no maneijare, e mesmo assim não são tão óbvios. Um golo a três toques, com a defesa colocada. O Argel tinha corrido toda a gente à castanhada depois de a equipa sofrer um golo destes. O central, porque está de frente, só TEM que ganhar a bola. Quem quer que esteja a apoiar (e temos dois trincos, suponho que chegue...) só TEM que a apanhar a seguir. Agora, perder uma bola daquelas, deixar os outros rematar sem pressão, e depois o guarda-redes não apanhar uma bola que vai a três à hora (esta era daquelas que o Moretto apanhava com um dedo, rodopiava na outra mão, dava três toques com a cabeca e quando a ia finalmente agarrar, escapava-lhe o polegar direito e fazia auto-golo... mas agarrava-a...) é muito má notícia.

papelinho - parece que algures na segunda parte, o treinador mandou um papelinho com o Mantorras para o Nuno Assis e o Petit lerem. Segundo A Bola, eles leram atentamente. Não sei se terão cocado o cocuruto, num gesto sempre demonstrativo de altíssima actividade cerebral, mas acredito em A Bola, porque A Bola é um jornal que tem crédito. Isto pode parecer uma coisa banalíssima, um papelucho, que treta, se fosse uma epopeia, tipo "Petit encarregou-se do nono canto da epopeia de ontem" dava muito mais jeito, mas sejamos modestos, que isto de epopeias costuma vir uma de quinhentos em quinhentos anos e é sempre uma dor de cabeca para os estudantes do secundário, que nunca conseguem perceber nas primeiras duzentas e setenta e quatro vezes o que raio é que o planeta Júpiter está lá a fazer ainda por cima ao lado de um bêbedo compulsivo, de uma ninfomaníaca e de um gajo que só pensa em porrada e guerra e anda a ver se se orienta com a jovem aquela. Portanto, poupemos as geracões vindouras a mais epopeias, e voltemos ao luxo do papelucho. É uma conjuncão de indiscutíveis boas notícias: o treinador viu qualquer coisa, acha que não está bem, e quer mudar (só aqui, vão três); resolve escrever num papelito, o que implica que sabe escrever, e acopla o papelito ao Mantorras, mandando os dois lá para dentro (cinco); Mantorras percebeu e entregou o papelito ao destinatário (sete), que partilhou com o outro destinatário (espírito de solidariedade e de equipa, priceless como nos anúncios do Mastercard; oito) e ambos leram atentamente. Esta é a parte melhor da conjuncão das boas notícias: primeiro, conclui-se que tanto o Petit como o Nuno Assis sabem ler - dá sempre jeito ter um meio-campo alfabetizado; segundo, se leram o que o treinador escreveu, é sinal que ainda fazem caso do que ele diz - fundamental!. Portanto, muitas boas notícias.

Nuno Gomes - obrigado. Vai marcando que a gente gosta. De preferência até deixar de ser notícia.

Kikin Fonseca - cheira-me, meu rapaz, que tu és má notícia. Não leves a mal, eu não leio muitos jornais americanos portanto não considero que os mexicanos sejam intrinsecamente más notícias. Até são porreiros, e com uns chapéus giros, e é sempre acolhedor quando estamos a fazer qualquer coisa nos EUA e o amiguito diz assim meio constrangido abla español?, e fica sorridente e trata-nos logo com muito mais calor humano se a gente diz que sim e que não somos dos servicos de imigracão. Portanto, genericamente, eu até gramo de mexicanos. Além disso, têm umas praias porreiras, ao que parece - ainda não me nelas banhei, mas lá hei-de ir. E uma terra com praias porreiras é, geralmente, uma terra com um povo porreiro (alguém alguma vez ouviu falar de praias porreiras na Alemanha? Ou na Coreia do Norte? voilà!). Mas tu, meu bom Kikin, além de teres um nome que é esquisito (dou-te o crédito de isso ser um diminutivo, ou qualquer coisa assim, não imagino um pai a chamar isso a um filho...), resmungas muito, resmungas muito EM PÚBLICO, tens uma equipa mexicana de televisão a visitar-te todas as semanas como se fosses o Ronaldinho, e jogas pouco, ainda por cima, ao que parece, não especialmente bem. Por isso, ouve o conselho que dei ao Ricardo Rocha aí há uns meses, e CALA-TE. Treina, trabalha, mas cala-te. Que é para ver se não ficas uma notícia ainda pior, como aquelas dos ataques suicidas em Bagdade, que são todas tão más e são tantas que a gente até deixa de fazer caso. E isso é má notícia...

Presidente LFV - foi boa notícia ter ido ao estádio. Goste ou não do presidente da colectividade adversária, o Presidente do Benfica TEM QUE IR AO ESTÁDIO, ACOMPANHAR A EQUIPA. Se quiser ir para a tribuna VIP, que vá, se quiser cumprimentar a direccão adversária que cumprimente, se não quiser não cumprimente. Mas está lá. Um líder está sempre lá. Se preferir, vá para a bancada onde está a malta do SLB. Será sempre bem-vindo. Outros, não lembremos quem porque isso é má notícia, o fizeram, e a coisa até correu bem, não só em termos demagogopopularuchos, mas também em termos de motivacão dos jogadores e de vitórias e tudo, e tudo, e tudo. Além disso, o presidente até parece que é sócio da colectividade que ontem jogava em casa, por isso podia, e devia, só para chatear, ir comprar os bilhetes que lhe deixassem, oferecer os que não precisasse a adeptos simpáticos e bem-educados, irem todos para a bancada apoiar o Benfica.

Presidente LFV - má notícia o permanente vomitado verbal com o bimbo-mor, sobretudo antes dos jogos. Não tenho mais pachorra para este toma lá-dá cá. Lá na minha terra, costuma dizer-se que os cães ladram e a caravana passa. Não querendo ofender os cães, sugiro vivamente que o presidente LFV vá passando, e deixe os reles a javardar sozinhos. O Benfica é um clube popular, que vem de povo, que significa não elitista nem regionalista, nem chauvinista, nem outra coisa qualquer terminada em ista como híbrido arguido-testemunha da Sirene de Lata Lucílio Baptista, mas não é um clube popularucho, nem uma colectividade de Alguidares de Baixo, sempre aos gritos com o presidente dos Alguidares de Cima. Presidente, dar importância a quem a não tem é o pior elogio que se pode fazer aos reles. Deixemo-los afogar no nojo que os circunda. É sabido que o desespero estimula o uso das cordas vocais, por isso eles que gritem, mas que gritem sozinhos.

José Veiga - independentemente dos méritos que este camone tem na blindagem do balneário e num eventual espírito de equipa, etc., etc., etc., é tempo de alguém o mandar calar. Uma coisa é falar à imprensa para defender os jogadores, motivar, whatever. Outra, é continuar a lavagem pública de roupa suja do seu divórcio do bimbo-mor. Não sei se os casamentos mono-genéricos já são permitidos em Portugal, ou se eles casaram no estrangeiro. Nem quero saber. Mas ainda quero saber ainda menos de divórcios gay. Eu gosto mesmo é de futebol e, sobretudo, do Benfica. E como atalha periodicamente a Guardiã do Mito, a malta do Benfica não está interessada em desavencas e assuntos conjugais entre dois sócios do clube dos quinhentinhos. E se não gosta da senhora que faz limpeza aos balneários dos bimbos, ou do gajo que muda os pneus do autocarro dos bimbos, guarde isso para quando ele lá for em termos pessoais. Nenhum director do Benfica tem problemas com funcionários de colectividades determinadas pela simples razão que os directores do Benfica não conhecem essas pessoas. Se o Jaquim da Silva, quando era trolha, andou a beber umas bejecas com o Manel da Côxa, que pinta as paredes do estádio da outra colectividade, isso é uma conversa pessoal. E as conversas pessoais não se têm quando se está a trabalhar. Portanto, trabalhar, e caladito. Má notícia.

como a coisa está a correr este ano - não é má notícia, mas também não é boa notícia. Com o jogo em atraso, podemos ficar a três pontos do primeiro lugar, isto orienta-se. A equipa marca que se farta, e isso é uma excelente notícia. A onda de lesões não larga, e apesar disso a coisa vai-se aguentando. Boa notícia. Mas vai-se aguentando numa montanha-russa, ganhamos quatro zero, perdemos três zero, e assim sucessivamente. Ou seja, estabilidade, nem vê-la. Uma equipa pode ter processos ofensivos lindos e fantásticos e fulminantes e tudo, e tudo, e tudo, mas nenhuma equipa aguenta marcar seis golos por jogo, e consequentemente nenhuma equipa sobrevive sem defender decentemente. Diz a sabedoria popular que os ataques ganham os jogos, mas as defesas ganham os campeonatos. Individualmente, a nossa defesa tem jogadores de altíssimo nível. Temos bons trincos. Temos mais alternativas que há dois anos, e que o ano passado, no que respeita a jogadores defensivos. Há dois anos, a equipa defendia razoavelmente e era acusada de catenaccio porque tínhamos um treinador italiano. O ano passado, a equipa teve uma organizacão táctica espectacular em algumas fases da época - nos jogos com o Liverpool, aquilo mais parecia xadrez, toda a gente sabia exactamente onde estar, quando estar e como estar. Brilhante. Se os jogadores são os mesmos, e com algumas novidades interessantes, como é possível que este ano tenhamos processos defensivos patrocinados pela Brisa - autoestradas atrás de autoestradas? E como é que alguns jogadores o ano passado eram quase máquinas (Anderson, excelentes jogos, não é o Beckenbauer mas esteve a alto nível apesar de uns quantos erros em momentos cruciais; Alcides fez quase sempre bem a lateral direita) e este ano esses mesmos jogadores metem mais água que as unidades de engarrafamento da Vitalis? Não quero estar aqui a bater no treinador, mas os problemas tácticos resolvem-se durante a semana nos treinos, e não nas conferências de imprensa depois dos jogos.

Mantorras - faz lá falta aquele espírito de "o quê, méu? Estamos a perder dois à zero? Num quero saber, méu! A gente vai ganhar por cinco à dois e éu vou marcar os oito golos, méu!". Mantorras é o Benfica. Pena que Koeman nunca tenha percebido isso. Com joelho ou sem joelho, Mantorras é sempre boa notícia.

Benfica esmaga. Mas isso não é notícia.

sexta-feira, 27 de outubro de 2006

Tempo de reflexao

Hoje e' dia de reflexao. Tal como se faz em vesperas de eleicoes, todos os benfiquistas deveriam tirar o dia de hoje para reflectir sobre o grande momento de amanha. Nao e' o jogo que vai decidir o campeonato, mas e' importante ganhar. E nesta onda de reflexao decidi contribuir com a minha analise aos "futebois" das duas equipas. Comecemos, claro esta', pela nossa rapaziada.

O Nandinho parece que apostou no dito losango de vez, embora tenha conhecido sortes diferentes em jogos do campeonato e da champions. Mas parece-me que e' um losango a puxar para um triangulo no meio campo, 'a la' Trapatoni, mas nao tenho seguido os jogos do glorioso por incompatibilidades profissionais (o benfica joga sempre que eu viajo... gaita...). No papel a nossa equipa e' bastante solida e forte. Temos o Quim na baliza, e uma defesa solida com o Luisao e o Ricardo Rocha no eixo, Leo e Nelson nas laterais. Ate' aqui nao deve mudar muita coisa. O Porto tem mais tecnicistas que o Estrela e parece-me que, por uma vez, a aposta em 2 trincos sera' acertada. Um para a marcacao, o outro para as sobras. Jogam entao o Katsouranis e o Petit, talvez com o Katsouranis mais recuado a marcar directamente o Anderson, deixando o Petit para as dobras e para o Lucho. La' na frente, na falta do Rui, o Nuno Assis descai para a direita, o Simao para a esquerda e o Nuno Gomes como segundo ponta de lanca em apoio ao Kikin. No papel, ja' la' estao 3 golitos.

Agora os Bimbos. Helton na baliza, com o Pepe e o Bruno Morais no eixo, Marek Cech 'a esquerda e Fucile 'a direita. Nao sei, mas parece-me uma defesa algo macia, com o mais seguro a ser o Pepe. O Fucile pode ser bom, mas se o Simao estiver inspirado nao me parece que tenha uma noite facil. O Marek pode ter uma noite mais descansada dado o nosso pendor mais esquerdista... O meio campo do Porto e' muito bom. Tem fantasia com o Lucho, o Anderson e o Quaresma, tem capacidade defensiva com o Raul Meireles. Mas parece-me que a linha avancada deles e' mais fraquinha que a nossa. Lisandro e Postiga nao me parecem ser um Jardel ou um McCarthy.

O jogo comeca e as duvidas serao desfeitas. O Lucilio deve mandar o Leo para rua ainda no tunel de acesso ao relvado, e amarelar o Luisao aos 5 minutos. O Quaresma ira' mais vezes 'a piscina que o JVP o fazia no Sporting e o amigo Baptista vai assinalar todos os mergulhos com nota 10, ate' que o Lucho mande a bola ao poste ou 'a trave. Do outro lado o Simao vai ficar com nodoas negras dos pes ate' 'a zona pelvica mas nunca sera' falta, o Nuno Assis vai ver amarelo por protestar a uma entrada por tras do Raul Meireles que lhe rompeu o tendao de Aquiles que os comentadores acharao limpinha. O Nuno vai marcar por 7 vezes mas os golos serao todos anulados, mesmo transpondo a linha na totalidade, por fora de jogo do Mantorras enquanto faz aquecimento. O Porto vai marcar um golo apos a bola passar a marca de penalty, que o Ricardo Rocha atira para a bancada mas o fiscal de linha ve como transpondo a linha de baliza primeiro, numa trajectoria altamente improvavel.

Resultado final: 2-1. Venha o Celtic.

quinta-feira, 26 de outubro de 2006

apetece-me chorar

"A concentração vai ser fundamental e como em todos clássicos será táctico e depois as individualidades. Nos grandes confrontos as individualidades acabam por resolver quando aparecem. Quando as individualidades não aparecem os jogos ficam com aqueles resultados."

terça-feira, 24 de outubro de 2006

a cereja em cima do bolo



Tudo comecou no estadio do Bessa. João Ferreira, um militar e um homem com principios, consegue no primeiro jogo do campeonato expulsar tres jogadores do Benfica, algo nunca antes visto num clube com mais de 100 anos de historia. Se as expulsoes de Petit e Nuno Gomes sao aceites, ja o Manu por uma entrada q nem toca no adversario viu vermelho directo. Tanta coragem e discernimento nao teve na hora em q deveria ter expulso o Ricardo Silva ou amarelado o Lucas ou o Mario Silva. Ja se sabe q no Bessa dao pau os visitados e levam amarelos os visitantes... ha coisas q nao mudam.

No segundo jogo tivemos a sorte de ter um tal de Pedro Henriques (o melhor árbitro português) de visita a Luz. Se a sua prestacao foi imaculada, ja os seus assistentes erraram q se fartaram e sempre contra o benfica. Ficaram registados dois foras de jogo assinalados ao Paulo Jorge e Nuno Assis quando os jogadores seguiam isolados para a baliza.

Proximo jogo e entra em cena Lucilio Baptista q conseguiu expulsar o pequeno Leo com 2 amarelos num minuto, aparentemente por este se lhe ter dirigido a bater palmas o q foi entendido como uma atitude intimidatoria. Curiosamente Lucilio Baptista parece ter encontrato os tomates entretanto pois na jornada seguinte nao ficou minimamente incomodado quando o Pepe insultou toda a sua familia. No entanto, Lucilio mostrou um criterio discplinar extremamente coerente: quando um jogador do benfica faz falta leva sempre amarelo, quando um do Pacos faz falta nao leva.

O fregues seguinte foi Paulo Pereira q contra o Aves nao teve grandes hipoteses de brilhar. Mesmo assim fechou os olhos a uma agressao de Anilton sobre Simao e conseguiu anular um golo (lindo) ao Micolli.

A sexta jornada contra o Leiria trouxe uma grande novidade. Nao, o arbitro nao foi Antonio Costa (seria a 4a vez consecutiva) e pela primeira vez desde a era camacho vencemos no Liz. Para tal deve ter contribuido um tal de Paulo Baptista q cometeu a proeza de nao ter expulso ninguem nem ter anulado nenhum golo ao Benfica. Tentou em vao um dos seus assistentes q assinalou mal 3 foras de jogo nos primeiros minutos sempre a prejudicar o Benfica.

Depois veio a famosa Xistrada: 15 cartoes amarelos, um penalti nao assinalado a favor do Benfica, um golo anulado ao Nuno Gomes, e o Micolli a ser expulso sem ter feito uma falta em 90 minutos. Como se costuma dizer, parece de encomenda. Parece nao, foi de facto de encomenda... mas tal como na Amazon, as encomendas vao sendo enviadas em varias parcelas...

A ultima parcela e' o arbitro designado para o Porto-Benfica - nem mais nem menos q Lucilio "A Testemunha" Baptista - a cereja em cima de um bolo q vem ganhando forma nas ultimas sete jornadas.

Q resta ao Benfica entao fazer... A minha preferida, por e simplesmente nao se deslocar ao Porto e perder por falta de comparencia. Em termos de resultado nao deve fazer grande diferenca pois as nossas hipoteses devem ser diminutas. Como tal podemos aproveitar esta oportunidade para descansar o pantel e comecar a preparar um jogo verdadeiramente importante como o da proxima quarta contra o Celtic. A segunda hipotese e' enviar as reservas com instrucoes claras de partir tudo o q mexe. Nao so permitia poupar o plantel como proporcionaria um espectaculo televisivo inigualavel. A terceira hipotese, e a q menos me agrada, e' ir ao Porto jogar o jogo pelo jogo sabendo de antemao q o campo vai estar inclinado. A unica coisa q me agrada neste cenario e' aproveitarmos esta oportunidade para fazermos um grandecissimo escarcel relativamente ao q se passa na arbitragem nacional. Os jogadores podiam entrar em campo a comer chupa-chupas, fruta e cafe com leite, ou podiam despejar centenas de pequenos apitos dourados pelo relvado durante o aquecimento, ou a minha preferida usarem t-shirts a dizer "LEVE UM AMARELO PERGUNTE-ME COMO"

Já é galo...

Depois de o Carlitos dos não sei quantos cartões ter roubado até os calcões da estátua do Eusébio, eis que lá vem outra vez o híbrido arguido-testemunha da Sirene de Lata.
Parece-me que seria prudente os jogadores irem já equipados do hotel, para garantir que não lhes roubam os fatos de treino ou os sapatos. E de táxi, porque cheira-me que no sábado nem as jantes do Vermelhão escapam.
Depois das estridentes Apitadelas, agora chegou a temporada da Sinfonia da Sirene. Não tarda muito está aqui armada uma verdadeira orquestra sinfónica, ou alternativamente uma grandesíssima gaita...

alguem me explica

Como e' q tendo "resultados operacionais positivos" o passivo do clube "aumentou mais de 20%" para um "valor de 152 milhoes de euros"? E ja agora, quem foram os jogadores pelos quais recebemos propostas e optamos por nao vender, e como e' q isso ajuda a explicar um "excelente exercicio"?

In Record:

O Relatório da Gestão e as Contas do Exercício de 2005/2006 receberam esta tarde a aprovação, por unanimidade, pelos cerca de 40 sócios que marcaram presença na Assembleia Geral do emblema encarnado.
Em relação ao exercício 2005/2006, a Benfica - Futebol, SAD terminou com um passivo de cerca 151.860.213 euros, cerca de 20 por cento superior ao do exercício de 2004/2005, que terminou com um passivo de 125.714.682.
Apesar do passivo apresentado, Rui Cunha, vice-presidente da SAD do Benfica, considerou, após a assembleia geral de accionistas realizada pouco antes da assembleia ordinária, as contas "extremamente positivas", porque pela primeira vez apresentam resultados operacionais positivos (cerca de 3,716 milhões de euros).
"Se tivéssemos aceite as propostas para determinados atletas teríamos um valor melhor, mas não o fazemos por uma questão estratégica, porque não queremos perder jogadores fundamentais", referiu.

segunda-feira, 23 de outubro de 2006

do apito à sirene

Apito é um pequeno instrumento que serve para apitar. Pode ser usado para parar o trânsito e deixar as criancas atravessar a rua, mas também para funcões menos nobres, como por exemplo roubar à fartazana descaradamente.
Ontem, na Catedral, não se tratou de um apito, e muito menos de um apito dourado. Tratou-se de uma verdadeira sirene de lata.
Fica aqui um pedido aos bufadores das sirenes de lata: queiram fazer o favor de lavar as bocarras antes de bufarem nas ditas. É que sabendo-se o que é que vocês, profissionais do ósculo àquilo que se sabe, fazem com a mucosa bocal, não convém andar a espalhar infeccões.
E já agora, fica aqui uma mensagem para o Carlitos dos quinze cartões: compra Rennies, porque o cão que te ladrou ordens vai ficar, tal como tu, com azia nas cavidades gástricas, quando levarem três secas, duas do Nuninho, como o ano passado, e uma do Mantorra, naquela da amizade.

quarta-feira, 18 de outubro de 2006

mau mau foi termos empatado em Copenhaga

Disse aqui aquando do sorteio da Champions q ao Benfica o mais q se podia exigir seria a qualificacao para a UEFA mas q poderiamos sonhar em passar a fase de grupos.

O jogo de ontem assim o provou. Ao contrario de muita gente, sobretudo aqueles constipados q vao sempre para a luz de lenco no bolso, nao creio q o benfica tenha feito uma exibicao desastrosa ou muito menos q a culpa tenha sido do Fernando Santos.

Fomos esmagados nos primeiros 10 minutos, equilibramos nos 15 seguintes, e os ultimos 20 minutos da primeira parte foram todos nossos. Tivemos um lance muito perigoso com o Micolli isolado a nao chegar 'a bola e uma excelente jogada de envolvimento com o Katsouranis a cabecear ao lado quando tinha tudo para fazer o golo. Na segunda parte o jogo esteve muito dividido sem nenhuma equipa conseguir assumir o controlo do jogo. O Celtic marcou de uma forma algo feliz, o lado direito da defesa estava discompensado, surge um passe para a area, um remate q sai torto mas q vai direitinho aos pes de outro avancado q so tem de empurrar. Tal como no jogo com o Manchester o Benfica sente muito o golo, o Celtic recua mas o Benfica nao consegue impor pressao, ainda fazemos um grande remate 'a barra, mas e' o Celtic q amplia num lance de contra ataque onde o Petit Leo e Assis fazem uma demostracao pefeita de como nao se deve defender. O jogo caiu para eles mas podia muito bem ter caido para nos. SE a bola do katsouranis tem entrado, SE o remate do Nuno Assis tem ido 20 cms mais baixa, SE SE SE, perdemos mas nao fomos inferiores e temos de acreditar q podemos ganhar aos escoceses na Luz.

Incrivelmente concordo com muito do q disse o Fernando Santos no final do jogo. O benfica jogou bem, tem vindo a melhorar, tem vindo a mostrar mais consistencia, mas nao se compreende aquele desnorte depois de sofrermos o golo. Nao concordo quando o FS sacode a agua do capote e diz "nao podemos perder o controlo emocional", pois nao, nao se pode, mas a responsablidade e' dele q tem de trabalhar tactica e mentalmente com os seus jogadores como se responde a estas situacoes. Lembram-se do Mourinho ocasionalmente expulsar um jogador do treino para a equipa mecanizar as solucoes para aquele tipo de situacoes? O FS tem de assumir responsablidades e nao culpablizar os jogadores. Ja nao e' a primeira vez q o faz e qualquer dia sai-lhe o tiro pela culatra.

Ontem vi o jogo pela internet atraves da transmissao da UEFA.com. Curiosamente tive direito a ver todo o aquecimento e a accao no tunel antes da entrada para o relvado. Com os 22 jogadores perfilados prontos a entrar em campo, aparentemente todos tranquilos, O FS aparentava um nervosismo descabido e passava por entre eles dizendo "forca" vamos la" "sem medo" "e' agora"... seria essa a tactica? e mais nao digo...

E antes de entrar na maldicencia, repito, nao e' por acaso que o benfica esta no pote 3 e e' normal q nos qualifiquemos apenas para a UEFA. nao nos podemos enganar e pensar q agora vamos todos os anos aos quartos da champs e q podemos competir internamente com equipas com um orcamento q e' mais do dobro do nosso. Por as culpas no Fernando Santos (q ate tem algumas) e' simplesmente nao querer ver a realidade actual do Benfica.

E agora a maldicencia:

1 - O Alcides nao pode jogar nunca a lateral direito, MAS o Nelson nao e' o jogador q encantou os adeptos no inicio da epoca passada e a sua titularidade pode trazer muitos dissabores (tenho um palpite q o Paulo Jorge pode ser um Miguel). E para os q acusam o Alcides de todos os males, convem nao esquecer q se trata do mesmo Alcides q o ano passado fez grandes jogos contra o Manchester e o Liverpool. E se por acaso o FS tem optado pelo Nelson e temos sofrido 2 golos de canto, estavam hoje os constipados todos a dizer q a culpa era do treinador por nao ter posto o Alcides.

2 - O petit e' um excelente profissional mas tem uma inteligencia futebolistica do tamanho de uma ervilha. Muito dificilmente o Benfica ira longe com um jogador q nao compreende os principios fundamentais do jogo a ocupar a posicao mais fulcral do campo. Nao sao nenhuns genios mas jogam de pantufas e dao o litro, o Nuno Assis e o Katsouranis tem lugar nesta equipa.

3 - O lance do 2o golo e' um exemplo perfeito de como nao se deve defender. Primeiro o Petit a entrar em carrinho ao jogador q conduz a bola quando so tinha de impedir a sua progressao (tipico). Segundo o Leo q esta em 'no-man-land' algures entre os dois jogadores do Celtic quando se devia ter encostado ao jogador q se procurava desmarcar. Terceiro o Assis q perde a nocao da posicao do adversario e acaba por nao ter rins para interceptar o passe.

4 - O Benfica nao tem um patrao. Tem quem grite e de ordens, tem internacionais, tem quem refile com o arbitro, tem quem decida a face da moeda e tem quem faca de modelo para estilistas. Mas quando as coisas correm mal, seja medio defesa ou avancado, nao tem ninguem q se assuma como patrao da equipa, q procure a bola, q nao tenha medo de a ter nos pes, q cadencie o jogo, e q jogue virado para a baliza.

5 - Os benfiquistas de uma forma geral querem ver a equipa jogar com 2 pontas de lanca (e secretamente sonham com a entrada do mantorras), com dois extremos (Simao e Paulo Jorge), com um numero 10 (o maestro claro), medios criativos como o Karagounis e Assis, a consistencia do Petit e Katsouranis, laterais ofensivos como o Leo e o Nelson, e a imponencia do Alcides e Rocha nas alas. A solucao e' simples, em vez de acenarem lencos brancos ao FS por nao lhes fazer a vontade, vao para a sede da FIFA exigir uma alteracao das leis do jogo q permita ao Benfica jogar com 16 jogadores em vez de 11.

5 - Aquele equipamento creme com calcoes pretos e' nojento e o Benfica tem de entrar para estes jogos com o equipamento tradicional. Os srs da Adidas ja deviam ter percebido q o equipamento mais bonito foi inventado ha mais de 100 anos e tem calcoes brancos com camisola encarnada.


E para terminar numa nota mais positiva, ontem a minha filha viu o seu primeiro jogo do benfica ao meu colo. nao foi muito grave porque felizmente tinhamos aquele equipamento horroroso e ela nao comprendeu q aqueles fulanos eram O BENFICA. mesmo assim expliquei-lhe q os senhores de verde cheiravam mal (sao licoes q ficam para a vida) e ela ate se msotrou preocupada quando lhe disse q o Simao tinha um doi-doi. o q ela gostou mesmo foi das imagens das bancadas quando se via alguem a bater palmas... para o ano levo-a 'a Catedral. A moca ja esta registada mas esta na hora de ser baptizada.

segunda-feira, 16 de outubro de 2006

e agora mourinho?

A lesao do Peter Cech foi dos momentos mais marcantes do fim de semana. Uma joelhada que lhe amolgou (literalmente) a cabeca aos 20 segs de jogo ao lancar-se inofensivamente ao chao para recolher uma bola. O video esta aqui

Se juntarmos a isto a lesao do Cudicini (aqui) e o facto do 3o guardiao do chelsea ser nada mais nada menos q o Hilario, vislumbra-se uma carreira muito complicada para o chelsea no futuro proximo. Fartei-me de procurar o video do frango q o Hilario deu o ano passado na Luz e nao encontrei. Mesmo assim a desculpa foi fantastica e tenho a certeza q o Mourinho a iria aceitar muito bem... qualquer coisa como "dominamos completamente o benfica e eu tive tao pouco trabalho que naquele lance fui apanhado distraido, o resultado e' completamente injusto"

Sem querer desculpar minimamente o selvagem q ia matando o Peter Cech - uma punicao justa seria nao voltar a jogar ate o Peter Cech recuperar a titularidade e uma multa equivalente aos salarios de respectivo periodo - gostaria no entanto q a FA usasse o mesmo criterio q a UEFA quando castigou o DelHorno com 2 jogos por ter arrumado o Messi por mais de um mes (ver aqui). Melhor ainda, porque nao o criterio usado pela FPF aquando da Taca de Portugal de 2004 onde o Maniche enfia os pitons nas costas do Fernando Aguiar (imprescindivel a declaracao do mourinho aqui), ou das famosas estaladas com q o Simao foi presenteado enquanto estava deitado no relvado do Dragao quando na vespera o Mourinho disse "espero q o Simao passe mais tempo de pe do que deitado".

Voltando 'a lesao do Cech, curiosamente lembrou-me uma entrada do Jorge Costa ao Michel Preud'Homme em pleno Estadio da Luz. A diferenca foi que o Jorge Costa usou a biqueira da bota (em vez do joelho) e q os comentadores de servico nada viram. Mais alguem se lembra?

Nuno 100

O video do Benfica esta aqui:
Fantasticos os golos e o caudal ofensivo.

Para quem viu o jogo, qual foi a disposicao do meio campo? o petit mais recuado que o katsouranis? ou jogaram lado a lado? o nuno assis jogou encostado 'a direita ou atras dos pontas de lanca? O micolli jogou 'a frente do nuno gomes?

Gostava muito de ter visto este jogo pois acredito que o 4x4x2 e' a disposicao mais equilibrada para o nosso plantel. tenho no entanto muitas duvidas em saber o q acontecera quando o Karagounis, o Paulo Jorge e o Rui Costa estiverem aptos. Quem vai sair para eles entrarem?

Conclusao: vitoria contundente q vale apenas e so 3 pontos. continuamos a nao ser os melhores do mundo so porque ganhamos ao leiria ou os piores porque perdemos com o Manchester. Viva o Benfica.

quinta-feira, 12 de outubro de 2006

contas


O anuncio das contas do FCPorto referente 'a epoca 05-06 evidenciaram o ja esperado descalabro financeiro com um prejuizo de mais de 30 milhoes de euros. O Papa veio rapidamente por agua na fervura ao dizer q tal se devia exclusivamente 'a politica de manutencao dos seus craques. Estava evidentemente a referir-se ao Leo Lima, Leandro, Sokota, Leandro do Bonfim, Sonkaya, Claudio Pitbull, Jorginho, Ezequias, Areias e Sonkaya. Os media, como de costume, louvaram o mago da gestao desportiva, e ninguem se lembrou de perguntar "sr presidente, e o campeao da europa Benny McCarthy e o prodigio brasileiro Diego?" Foram todos unanimes em considerar q este feito de ganhar a Taca UEFA e a Champions, e continuar a acumular prejuizos so pode estar de facto 'a altura de um predestinado como PC. A outra desculpa - contas por saldar com o Dynamo de Moscovo - para alem de ser uma pequena gota no mar de dividas, vem tambem realcar a intelegencia deste gestor q nao precisou de garantias de pagamento para negociar com um pseudo-milionario russo. O Rei vai nu, deixem-no andar.

Esta questao das dividas e' alarmante sobretudo quando comparada com os orcamentos dos clubes para a corrente epoca. O FCPorto tem um orcamento a rondar os 60 milhoes de Euros. Desde ja ficamos a saber q mesmo vendendo o seu melhor ponta de lanca e o seu meio-campista mais talentoso/famoso, foi capaz de gerar receitas q permitiram cobrir apenas metade desse orcamento... e' obra!!! como o orcamento se manteve para a actual epoca, e' de esperar q o FCPorto necessite de 60 milhoes de euros em receitas extraordinarias so para equilibrar as contas da epoca passada e da actual. Ora partindo do principio q nao vao ganhar a Liga dos Campeos, quanto vale entao o plantel azul e branco? Helton (ja leva 2 frangos este ano), Luxo (ainda nem apareceu), Pepe (vejam o video do arsenal, Quaresma (nem 'a seleccao vai), Anderson (tem ainda muito para mostrar), Postiga (ahahahaha)... quem sobra? Assuncao, Bosingwa, Meireles, Ibson, Lisandro... ponham-nos todos no mesmo saco e talvez 10 milhoes de euros. Os q acham q estou enganado sao os mesmos q acham q o marselha vai dar 10 milhoes pelo Ricardo Costa... lembra-me o Beto q todos os anos ia para o Real Madrid.

Mais para os nossos lados, o relatorio de contas da epoca passada aponta para um prejuizo de 1,5 milhões de euros (o ano anterior tinha sido de 2,3 milhoes). Se a este valor somarmos a verba referente a metade do passe do Manuel Fernandes estao as dividas saldadas. Notavel dado o facto de nao termos tido receitas extraordinarias relevantes para alem de uma excelente campanha europeia. Quanto aos nossos activos, deixo para um futuro post um comparativo do nosso plantel actual com o de ha 5 anos atras... so para deixar um cheirinho: 7 internacionais portugueses, 3 internacionais brasileiros, 2 internacionais gregos, 1 internacional mexicano, varios internacionais esperancas. Preocupante apenas o facto de andarmos tao mal representados nas seleccoes jovens... espero q seja algo q o novo centro de estagio e q o trabalho do António Carraça resolva a medio prazo.

ESPINHA DORSAL


Ha muito tempo q nao via quatro jogadores do benfica alinhar como titulares da seleccao nacional num jogo a contar. Ricardo Rocha teve finalmente a sua oportunidade resultante das lesoes do Jorge Andrade e do Meira. Petit entrou para o meio campo numa tentativa de dar maior solidez. Simao e' o substituto natural do Figo. E o Nuno Gomes parece ser o unico ponta de lanca portugues da actualidade.

O resultado nao foi o q todos esperavamos e a culpa foi tanto dos jogadores do Benfica como dos do Manchester, Chelsea e Barcelona. Paciencia, melhores dias virao.

tempo


No baseball ha uma teoria em q um pitcher nao deve lancar a bola mais do que 60-70 vezes num jogo e q deve obrigatoriamente descansar 3 dias entre cada jogo, caso contrario arrisca-se a no ano seguinte ser flagelado por lesoes. Isso implica q apesar de apenas jogar um pitcher de cada vez, a rotatividade leva a que cada equipa tenha no seu plantel cerca de 20 pitchers.

Isto para realcar que o Joao Moutinho (20 anos e uns 50 kilitos) vai fazer este fim de semana o seu 50o jogo consecutivo como titular dos especiais. alguem quer apostar q o Joao Moutinho vai ter uma curta (mas muito lucrativa) carreira?

segunda-feira, 9 de outubro de 2006

cheira mal

in www.sportugal.pt

O Benfica deve uma verba de 300 mil euros ao agente FIFA Zdenko Ilicic pela transferência de Kikin Fonseca para a Luz. Quem o afirma é Zlatko Petricevic, mediador do negócio e um dos responsáveis pela vinda do avançado mexicano para o clube. O croata já tentou falar inúmeras vezes com José Veiga e Luís Filipe Vieira, mas sem êxito. Do presidente nem sequer obteve resposta, do homem forte do futebol encarnado afirma ter recebido um telefonema com ameaças graves.

Para melhor esclarecer o caso, Zlatko Petricevic conta ao Sportugal como tudo se passou. “Conheço muito bem o Kikin dos tempos em que jogava no Yucatán. Fui eu que o recomendei a grandes clubes na Europa”, começa por dizer o treinador croata a viver na Alemanha. E foi na Alemanha que aconteceram os primeiros contactos entre Petricevic, o agente FIFA Ilicic e José Veiga. “Apresentei o Kikin ao Ilicic e eles assinaram um contrato para o Ilicic o representar no negócio com o Benfica”, refere.

Zlatko Petricevic mediou as negociações e conta que reuniu, “a 3 ou 4 de Julho", em Estugarda, com José Veiga, em nome do Benfica. "Existe inclusive uma carta onde o Sr. José Veiga expressa interesse no Kikin através da minha recomendação.” A partir daí o desfecho é conhecido. A 27 de Julho o ponta-de-lança ingressou no Benfica, proveniente do Cruz Azul, do México. Quando o negócio já estava fechado, Petricevic afirma que nenhum dos clubes se disponibilizou a pagar aquilo que ele e Ilicic tinham direito pela concretização do negócio.

"Kikin era jogador livre"
A verba em causa é de 300 mil euros, 10% do valor que o Benfica pagou pelo jogador ao Cruz Azul. “O Benfica pagou 4 milhões de dólares (pouco mais de 3 milhões de euros) pelo Kikin que não devia ter pago, pois ele era um jogador livre. Isso só pode ter sido algum negócio mal explicado”, acusa Petricevic. Agora o mediador de Ilicic no negócio sente-se prejudicado e diz que o seu nome está em causa junto da FIFA, pois José Veiga recusa-se a pagar o montante pedido pelo agente do jogador neste negócio. “Isto é uma irresponsabilidade tremenda deste dirigente do Benfica. Quem me pediu o trabalho foi José Veiga, e fui a Portugal tentar falar com ele e com o Kikin mas não consegui”, explica.

E aqui as acusações ao director-geral da SAD encarnada sobem de tom. “Ele não me atende o telefone, mas quando consegui falar com o Sr. Veiga disse-me que eu podia tentar aquilo que quisesse para receber o dinheiro porque não ia conseguir”, afirma em tom revoltado Petricevic. “Controlo a imprensa portuguesa e o Benfica, aqui mando eu! Os jornalistas só escrevem o que eu digo, por isso não vais receber o dinheiro”, foi o que José Veiga terá respondido, segundo o mediador croata. Zlatko Petricevic trabalhou como secretário técnico na selecção do Irão, durante o Mundial da Alemanha, equipa que estava no grupo de Portugal.

Para ilustrar melhor a situação, Petricevic conta que conheceu um jornalista português durante a competição e que mais tarde lhe contou o caso numa conversa informal, ao que o jornalista lhe terá respondido: “No meu jornal não podemos escrever nada sobre isso”.

Confrontado pelo Sportugal com estas graves acusações, o director-geral da SAD remeteu-se a uma curta declaração: "Não quero falar sobre esse assunto!"

FIFA terá de resolver
Tal como o Correio da Manhã adiantou na passada semana, o caso já seguiu para a FIFA. "Já lá está há dez dias e na próxima semana espero ter novidades”, confirma Petricevic, ao Sportugal. O croata diz ter enviado à FIFA uma carta com provas do contrato assinado entre Ilicic e Kikin e relatos das diligências que efectuou no processo, e afirma-se convicto de que a verba será paga, “pelo jogador e pelo Benfica”. “Não se trata só de receber o dinheiro, é uma questão de recompensar quem trabalha com profissionalismo. Creio que tudo isto é culpa de José Veiga, ele deve ter dito ao Kikin que pagava tudo”, continua Petricevic.

Zlatko Petricevic diz ainda que o internacional mexicano só foi para o Benfica pela "amizade pessoal" que existia entre José Veiga e Zdenko Ilicic. “O presidente do Dínamo de Zagreb é meu amigo e pediu-me se podia levar o jogador para a Croácia. Clubes como o Marselha e o Hamburgo também estavam interessados nele”, acrescenta. O Cruz Azul, clube onde Kikin actuava antes de representar o Benfica, também foi contactado por Petricevic: “Falei pessoalmente com o presidente, o Sr. Alvarez, que me pediu o favor de manejar isto com cuidado.”

Em resumo, Ilicic e Petricevic alegam que terão a receber 300 mil euros do Benfica, verba negociada em nome do clube da Luz pelo seu director-geral que, agora, José Veiga se recusa a pagar. O caso foi entregue na FIFA... Resta esperar pelas consequências, no caso da razão não assistir ao emblema encarnado.

Terá o Benfica adquirido um jogador por 3 milhões de euros - o mesmo valor pago pelo Sporting por Liedson há três épocas... - que poderia ter vindo a custo zero?

quarta-feira, 4 de outubro de 2006

bem ou mal pagos?

o maisfutebol tem hoje um artigo interessante onde descreve os vencimentos dos arbitros portugueses. Entao e' assim:

Árbitros: jogo da Bwin Liga, 850 euros; jogo da Liga de Honra, 620.
Auxiliares: jogo da Bwin Liga, 425 euros cada; jogo da Liga de Honra, 310 euros cada.
Os observadores dos árbitros recebem 150 euros por cada jogo em que são chamados a intervir. Além destas verbas, que são a principal remuneração, os árbitros auferem ainda 320 euros mensais (pagos onze vezes por ano) a título de subsídio de treino.

Muito ou pouco?

Parece-me bastante para 2 horas de trabalho. No entanto, algum de nos estaria disposto a passar pelo que eles passam para ganhar qq coisa como 20,000 Euros por ano? A violencia (fisica e sobretudo psicologica), a pressao permanente, o enchovalho publico, etc... eu nao o faria... Tdos sabemos q um avancado pode falhar um golo de baliza aberta sem vir dai grande mal ao mundo, mas se um arbitro nao ve um penalti vai ser trucidado pela opiniao publica durante uma semana. reparem q mesmo num jogo sem casos, um arbitro nao deixa de ser pressionado, insultado, ameacado e cuspido.

A vida de arbiro nao deve ser facil. E de facto nem eu estaria disposto a arbitrar um jogo por 850 Euros nem eles estao. Nao admira q a classe seja de facto tao susceptivel 'a corrupcao: as jantaradas, as mulheres, as viagens, as joias e os quinhentinhos.

Nos Estados Unidos as coisas passam-se de forma algo diferente. Os arbitros sao principescamente pagos:
Baseball: entre $100,000 a $280,000 dollars mais $50,000 para despesas. Um unico jogo dos play-offs vale $20,000 mais despesas.
NBA: entre $90,000 a $225,000.
Hoquei: entre $115,000 a $220,000.
Futebol Americano: $25,000 a $70,000 por apenas 16 jogos.

Se por um lado sao muitissimo bem pagos, por outro, qualquer suspeita de corrupcao da direito a imediata irradiacao. Todos os arbitros tem codigos de conduta muito apertados e nao ha margem para suspeicao pois isso representa o fim da industria. Nao so os dirigentes e atletas pagam multas gigantescas se criticam um arbitro, como qualquer suspeita representa o fim da carreira de um arbitro. Nestes seis anos em q vivo nos EUA, nao me lembro de um unico caso de corrupcao ligado ao desporto profissional (ha o doping mas isso e' outra historia) e a unica situacao menos clara q envolvia arbitros estava relacionada com fuga aos impostos.

Conclusao, ter arbitros bem pagos faz com que sejam mais dificeis de comprar? Se os nossos arbitros ganhassem um ordenado de futebolista (200,000 Euros por ano) sera q se vendiam por uma pulseirinha de ouro ou por uma mulata?

terça-feira, 3 de outubro de 2006

raios partam o homem

in A Bola: "Rui Costa agrava lesão e deve parar entre três a quatro semanas"

E' da idade, bem sei... mas quantos jogos ja' fez o rapaz? Joga um, descansa 3, joga mais um, lesiona-se por mais 4... Enfim... Pode ser que o Karagounis se sinta motivado e comece a jogar bem a numero 10. Ou mesmo o Nuno Assis. A ver vamos.

curiosidades

Na semana passada o híbrido arguido-testemunha do Apito Dourado Lucílio Baptista expulsou o Léo por este ter batido palmas ao cartão amarelo que lhe foi apresentado. Ontem, o Pepe fez a mesma coisa, mas não foi expulso. Curiosidade número um.

O ano passado, quando o Koeman rodava os jogadores, chamavam-lhe inconsistente, desestabilizador, bla, bla, bla. Este ano, quando o Paulo Bento faz a mesmíssima coisa, chamam-lhe uma soberba gestão de plantel. Curiosidade número dois.

Curioso, não?

segunda-feira, 2 de outubro de 2006

mas esta gente nao tem vergonha?


«Nós demos aos árbitros aquilo que eles nunca tiveram, mas não podemos fazer com que não errem. Até pensei que, no seu programa, falasse em contratar oftalmologistas para os árbitros, para eles verem bem os lances»

nao ha fome que nao de em fartura



Bom, o Quim voltou a meter agua.. e nao foi pouca. Nao creio q seja motivo para o por fora da equipa imediatamente, e aplaudo o comentario do FS quando disse q a confianca no guardiao nao estava minimamente beliscada. Mas eu sei, o FS sabe, e o Quim tambem, que o Moreira vai voltar 'a equipa daqui por umas semanas... sem ondas.

Lembro-me que o Maniche na sua primeira epoca no plantel (99/00 depois de andar uns tempos no alverca) foi frequentemente utilizado (seria pelo Heinkens?) sem grande reconhecimento do terceiro anel. Independentemente marcou uns 7 ou 8 golos (inclusive um hat-trick) fruto da sua entrega, velocidade e tendencia para jogar simples. Lembro-me q nessa epoca o Maniche era um dos meus jogadores preferidos e discuti furiosamente com o meu pai (que nao lhe via grandes atributos tecnicos) o facto de ele desarmar, passar e rematar sem grande alarido mas com grande eficacia. O Maniche marcava golos porque se atrevia a correr sempre mais um bocadinho, porque procurava espacos livres mesmo qd a bola nao estava por perto, porque lutava por bolas q pareciam perdidas. Os golos apareciam como que por sorte. O Paulo Jorge lembra-me esse Maniche. Um jogador q nao parece ser um predestinado, mas q faz o dificil parecer simples (passe para o NGomes em Vienna), q nunca vira a cara 'a luta, e porque nao se limita a participar no jogo qd a bola vai para o seu corredor, acaba por marcar golos como o de ontem. O q mais gostei foi a sua celebracao do golo - dentes cerrados - e' de guerreiro e de campeao.

Nuno Gomes e Micolli; Micolli e Mantorras; Nuno Gomes e Mantorras; Micolli e Kikin; Nuno Gomes e Kikin; Kikin e Mantorras. Camarada Fernando Santons, ate pode tirar 'a sorte mas temos q jogar com dois avancados.

Resta a tarefa de escolher 4 medios. O Simao parece ter lugar cativo. O Rui Costa tambem. O Paulo Jorge parece ser o unico com alguma inclinacao para jogar chegado 'a direita. Sobra um: Petit, Katsouranis, Karagounis, Nuno Assis, Karyaka, Beto e Diego... sao muitos para um so lugar. O Petit parecia ter lugar cativo mas perdeu a corrida para o Katsouranis. Ontem o karagounis resolveu baralhar as contas mostrando servico como medio defensivo e mostrando ao Petit q marcar um livre tem muito mais do que se lhe diga do que por e simplesmente acertar na bola com toda a forca e esperar q alguma forca divina a leve a entrar na gaveta.

Pode-se tirar uma conclusao: temos muita materia prima, restando ao treinador gerir o grupo com sabedoria. Na minha modesta opiniao faria o seguinte: 1) Katsouranis trinco titular com o Petit como substituto natural. Podem jogar juntos quando for preciso segurar e ganhar a luta no meio campo (saindo para isso o #10), ou nao jogar nenhum quando for preciso mais criatividade e menos seguranca (caso de ontem). 2) Rui Costa joga sempre como medio mais avancado, sendo o seu substituto natural o Nuno Assis. 3) O Paulo Jorge parece nao ter rival para a direita. Pode ser substituido pelo Manu qd for preciso abrir mais o flanco, ou mais frequentemente pelo Nuno Assis ou Karagounis. 4) Situacao semelhante em relacao ao Simao. Karyaka parece ser carta fora do baralho, Simao devera ter um substituto no Nuno Assis ou karagounis.

Irmaos cientistas, nao se arranja um clone do Nelson e do Alcides?

Pensamento do dia: "Nao somos assim tao bons quando ganhamos nem assim tao maus quando perdemos"