origem
Eusébio +10: Junho 2006

sexta-feira, 30 de junho de 2006

O nojo

Exmo. Sr. Blatter,

queira V. Exa. saber que estes jogos escuros e sujos por trás daquilo que devia ser um campeonato do mundo de futebol metem nojo. E V. Exa. personifica esse nojo com uma excelente correlacão.
Se quer que os alemães ganhem, faca um favorzito: cancele os jogos todos até ao final, e enfie-lhes a taca por onde der mais jeito. Assim, todos felizes e contentes como nos bons velhos tempos de 1932, poderão cantar as vitórias todas que quiserem.
Garanto-lhe, Exmo. Sr. Blatter, que se fosse eu a estar hoje sentado no banco da Argentina, ao minuto 85 tinha mandado os meus jogadores retirar-se de campo. É que os jogadores devem respirar ar puro, mas o ar ao pé daquele árbitro que os seus amigos mandaram lá para dentro cheira a podre.
Queira, Exmo. Sr. Blatter, ir ter com o dito árbitro. E não se esqueca do papel higiénico.
Passe bem.

quinta-feira, 29 de junho de 2006

Tenham medo... tenham mesmo bué de tipo medo...

José Veiga diz hoje à página de "A Bola" que: «A partir de segunda-feira tudo será mais claro».
Estou aterrorizado. Em pânico. Aflitinho. Completamente acagacado. Tremo por todo o lado e os neurologistas aqui da barraca juram a pés juntos e olhos esbugalhados que não é atáxia: pois não - é medo. Puro medo. Já não sobra molécula de adrenalina nas minhas supra-renais. Estou, absoluta e completamente, transido de miúfa. E ainda hoje é quinta-feira... vai ser um fim-de-semana daqueles... esquecam "O Pesadelo em Elm Street"... esquecam "A Besta"... esquecam isso tudo... e esquecam sobretudo o que vai ser clarificado na segunda-feira... vamos ver-nos gregos... tenham medo... mas mesmo tipo bué de tipo medo...

terça-feira, 27 de junho de 2006

Benfica versão 2006/07

Moreira
Nélson, Luisão, Anderson, Léo
Pantominadopoulos
Petit, Rui Costa, Karagounis
Tretadosdiabosdopoulos, Nãovaleumabotadatropadopoulos
Tiremessegajodocampodopoulos

No banco, às ordens do treinador que tem um cachucho no dedo mindinho, sentam-se
Moretto, Dondéqueveioestegajodopoulos, Jogaaindamenosqueobetodopoulos, Aiquegrandedesgracaquenoshaviadeacontecerdopoulos, Mascomoéqueopresidentedeixoucontratarmaisestaabéculadopoulos, Falhaospassestodosenãoganhaumaboladopoulos e a arma secreta, Mantorras.

Sejamos optimistas. Isto em 2007/08 só pode melhorar.
Mas o Presidente LFV vai ver-se grego para correr com os gregos todos que contratarem, depois de despedir o treinador do cachucho ao fim de um mês.
Vai ser um campeonato muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito comprido... já estou a guardar reservas estratégicas de aspirina, Rennie, Eno com sabor a laranja (aqui tem outro nome, mas é a mesma coisa) e até assinei o The Economist, para me poder entreter quando os jogos comecarem a correr mal. E, naturalmente, tendo em conta o estado das coisas, os jogos comecarem a correr mal é só uma questão de tempo...

segunda-feira, 26 de junho de 2006

outra vez esta conversa...

A imprensa insiste em colocar Fernando Santos como treinador do Benfica, e gregos esquisitos como putativos reforcos. O que será preciso para o Presidente LFV meter estes gajos na linha?!

um detalhe

Repararam na limpeza com que a estupidez (as três...) do Costinha, esse dito paradigma da inteligência e do posicionamento, foi branqueada pela imprensa no jogo de ontem? Branco mais branco não há...

Onde é que...


... os gajos da FIFA terão ido ver desta aventesma? Desde aquelas arbitragens mono-sinalizadas do António Costa nas Antas, de preferência contra o Benfica, que não via um árbitro tão mau. Ao contrário do Costa, que dava tudo por um lado, esta aventesma conseguiu estar contra tudo: contra Portugal, contra a Holanda (mas um bocadinho menos do que contra Portugal), contra o jogo, contra o público, contra o futebol... os gajos da FENPROF devem ter convidado o tipo para os representar na próxima ronda de negociacões com a ministra da educacão... bolas!

quinta-feira, 22 de junho de 2006

Ontem de manhã ... :)

Oh, não... o Togo outra vez

Depois do espectáculo lamacento com os prémios de jogo, depois de andarem a arrastar-se, quais répteis, no campo contra os dois primeiros adversários, os ordinários acordaram, de repente, porque vão jogar contra a seleccão à qual todos gostariam de pertencer: Franca.
E de repente, parece que já não é preciso prémios de jogo, porque o brio vencedor dos rapazes veio à tona. O objectivo maior da equipa do Togo é, agora, impedir que Franca passe aos oitavos de final. Quando uma equipa tem este comportamento à "Salgueiros", esganando-se contra um e desleixando-se contra outros, era suspensão directa. Quando, ainda por cima, vem destas bestas mercenárias, só pode ser tratado e uma e uma só maneira: que era os franceses amanhã darem-lhes o tratamento adequado, com cinco golos na primeira parte e mais cinco na segunda. Assim naquela da amizade.
Estes gajos conseguem ser ainda pior que os da Costa Rica. Ao menos os outros, na sua falta de qualidade, foram honestos. Estes tipos... bolas...

Só preciso de convencer o Scolari a convocar-me...

Parece que o Ronaldo (o a sério, o brasileiro) já perdeu mais de cinco quilos desde que chegou à concentracão daquela seleccão com nome de pássaro.
Eu, que estou concentrado no SLB 365 dias por ano, não perco um gramita que seja.
Tá aqui qualquer coisa que não bate certo...

quarta-feira, 21 de junho de 2006

Fernando Meira patrocinado por

BRISA - rasgamos auto-estradas
Metro de Lisboa - peritos em abrir buracos

O que foi aquilo que acabei de ver?

Portugal 2 - Mexico 1. Ate' parece, pelo resultado, que foi um jogo simples. Longe disso. E nem foi o arbitro que tornou o jogo mau, embora o senhor tenha decidido apitar sempre que um mexicano se atirava para o chao e mostrar um cartao ao tuga que estivesse mais perto. Mas adiante.

No jogo todo so' vi 1 jogador a querer jogar 'a bola: o Simao. De resto, nao houve equipa. O Caneira mostrou que nao e' opcao viavel para substituir o Nuno Valente, o Meira (ai ai ai) deixa cada buraco na defesa que ate' causa arrepios, o Petit nao se viu, o Figo jogou a passo, o Postiga esteve 60 minutos a mais no jogo (outro ponta de lanca perito em nao se fazer 'a bola, em nao ganhar lances, em nao se desmarcar, em nao fazer nada), o Ricardo la' abriu a capoeira (estava a ver que limpavamos o grupo sem sofrer golos...).

Por falar no golo do Mexico: O que aconteceu ao gajo que devia estar ao segundo poste??? Nao e' ensinado a estes gajos que, na marcacao de cantos, ha' um macaco no 1o poste e um no 2o? A bola entrou direitinha no segundo poste, 'a altura de uma barriga! Enfim... Claro que o Ricardo e o Meira (mais uma vez) estiveram muito mal (o Meira estava a marcar o Ricardo Carvalho para que??), mas sao coisas basicas da bola.

De resto estivemos muito mal. E nem a bomba do Maniche faz o jogo melhorar.

Enfim. Para nos o que e' bom e' que o Simao esteve bem e ja' vai para os 25 milhoes! :)

segunda-feira, 19 de junho de 2006

Nasceu mais uma estrela (cadente?)

Todos os anos temos este filme. Este ano estava a tardar. Aí há uma década, foi o filme apocalíptico porque a equipa de juvenis deixou de ter 60 putos e passou a ter o normal para um plantel - vinte e tal. Foi ver os pais dos que foram mandados embora a resmungar alto e bom som para a TVI ou coisa afim que não podia ser. Como se o Benfica tivesse obrigacão de ter lá putos a jogar para os entreter. Como se não fosse parte do jogo uns irem saindo à medida que se vai notando que pouco têm para dar a nível de jogador de futebol profissional. Claro que os papás, frustrados de nunca terem servido nem sequer para apanha-bolas, em vez de agradecerem a informacão e darem duas galhetas aos putos pelas más notas a matemática, vão reclamar para a tê-vê, ai coitadinho, está tão triste, era tudo o que ele queria. Aqui fica uma confissão: eu também queria ter sido jogador do SLB. E agora queria ser treinador. Mas não posso. Estou muito triste. E agora outra confissão, esta muito mais chocante: adorava ser cantor de ópera. Mas não posso. Tal como não tinha pés para jogar futebol (lá está, só me safava a guarda-redes), não tenho guelas para cantar, e "sol" para mim continua a ser uma estrela e nunca uma clave.
Mas não tegiversemos. Todos os anos, como escrevi acima, temos o nascimento de pelo menos uma estrela cadente. Porque todos os meses de Junho, mais semana menos semana, há um puto que fazia parte do plantel dos júniores do SLB, ou da equipa B, ao qual é dito "Jovem, foi um prazer, mas agora tens que tratar da tua vida, nós não vamos renovar o teu contrato.". Isto acontece em todos os clubes do mundo, em todas as equipas de júniores do mundo, etc, etc, etc.. Mas nem todos esses jovens se tornam em estrelas cadentes. Só os que são dispensados pelo Benfica. Ora hoje, cá temos o macaco do ano a picar o ponto. Desta vez, o símio dá pelo nome de João Vilela. Queixa-se o rapaz hoje à imprensa, sempre ciosa de coisas para dizer mal do Benfica, que foi maltratado no Benfica por não ter tido oportunidades e que sai magoado. E eu a pensar que ele tinha ido para o Gil Vicente, precisamente para ter mais oportunidades, e que conseguiu a proeza de não ter sido titular uma única vez e de ter entrado, em quatro ou cinco jogos, a dez minutos do fim. Se isto foi aquilo que ele conseguiu numa equipa que esteve até ao último minuto em vias de descer à segunda divisão, pergunta-se o que é que ele queria que lhe tivessem dado no Benfica. Tipo, titularidade absoluta, como o Scolari dá ao Pauleta?!
Mas o que é que será preciso para esta cambada de animais perceber que não basta aparecer uma vez no jornal escrito que ele é uma promessa, como aparece para TODOS os jogadores com menos de 18 anos, tipo naquela do paternalismo aos putos, ah e tal, e que eles têm que dar o couro para MERECER as oportunidades?! E que, às vezes, só dar o couro não chega, e é preciso ter um bocadinho de talento?!
Jovem, pá: vai lá para o Gil Vicente, boa sorte para ti. Ao menos escolheste um clube mais ou menos à tua medida, se tu conseguires crescer até à medida dele - o que a avaliar pela entrevista, não parece provável. Se estás muito magoado, olha: compra Hirudoid. Aplicas um bocadinho onde dói, e deixa estar que mais dia menos dia isso passa. E como já sabemos que vais ser titular contra o Benfica, para o ano, só para poderes por a tua raiva a jogar (sim, imagina: há gajos que são como os cães, vão de raiva...), até para o ano. Mas lembra-te de uma coisa: todos os anos há um parvalhão como tu que se vem auto-vitimizar para os jornais. E fala-se neles durante dois ou três dias, porque nesta altura fala-se de tudo, mas depois passa (lá está, é do Hirudoid). E hoje, dia dezanove do nobre mês de junho do ano da graca de dois mil e seis, ninguém se lebra do que disseram os Edgares Caseiros, os Hélios-não-sei-quem, os Cândidos Costas e outros rapazitos que percorreram, como tu, os primeiros metros dessa estrada que costuma não ir dar em nada, como diz na cancão.
Adeus e vai-te, pá!

Ser ou não ser, já o Guilherme Agita-a-pêra perguntou...

Hoje tive uma epifania: o Brasil é o Benfica dos Mundiais. Vejamos.
Brasil ganha 2-0 à Austrália. Têm mais posse de bola, mais remates, controlam o jogo e, sobretudo, marcam mais golos que os australianos. Conclusão da imprensa pelo mundo fora: Brasil quanto-baste, vence mas não convence, exibicão cinzenta, ah-e-tal-mas-a-Austrália-ainda-fez-dois-remates-e-quase-que-ia-marcando. A Alemanha ganha 1-0, no último minuto, a jogar contra dez, a uma seleccão polaca que é provavelmente a pior desde que o futebol foi inventado, e a imprensa conclui: a nova Alemanha de sempre, persistência alemã, o prémio de não desistir, a conviccão dos vencedores.
O Benfica ganha 1-0 ao Estrela da Amadora (não interessa, isto agora é um exemplo), com mais remates, mais posse de bola e mais golos, obviamente, que o adversário. Imprensa: paupérrima exibicão, Benfica ganha à tangente, quase-empate na Luz, Benfica à beira do abismo, fantasmas na Luz, queimem o treinador que não percebe nada disto. Os bimbos ganha 1-0 ao Salgueiros: sólidos e eficazes, vitória à campeão, vence e convence, grande vitória do treinador que gosta de jogar com dois defesas e três quartos com vista para o mar. Os lagartos ganham 1-0 à Naval: forte e consistente; ataque mortífero; atitude vencedora, grande novo-treinador que põe ordem nas tropas.
É um facto: para os ranhosos, sensacão mais orgásmica do que desancar na exibicão vermelha ou canarinha é inimaginável. O que é preciso é bater nos bons. Porque eles sabem que nunca serão bons, portanto a única esperanca que lhes resta é ver se os gigantes num acaso escorregam para, com eles transientemente ao nível do chão, os anões-mentais se poderem sentir à altura. Desenvolvendo.
O Real Madrid sempre foi um clube adorado em todo o lado. Até que um presidente com visão da coisa resolveu dizer que aquilo ia passar a ser uma equipa galáctica, e comprou todos os anos uma estrela (independentemente dos tiros no pé que algumas "estrelas" foram - isso é outra história): a partir desse dia, o Real passou a ser um alvo a abater. Galácticos? Era o que faltava, virem para aqui estes montes de talento feitos gajos a armar-se aos carapaus de corrida só porque uma unha pedal deles joga mais futebol que a minha equipa toda junta! Todas as equipas do Mundo queriam bater no Real, todos os comentadores exultavam quando o Real perdia, todos lhe batiam quando ganhava só por 3-0. Ganhar ao Real Madrid passou a ser o sonho de vida de muito boa gente. Ou seja, os medíocres não suportam ver gente com talento à frente, e necessitam de os aniquilar a todo o custo. Preferem encurtar a escala para ficar mais perto do topo do que trabalharem para a subir. Por isso odeiam quem tem talento, capacidade técnica e imaginacão (Benfica, Brasil, Itália, Argentina, Franca) e sempre conseguem valorizar os brutamontes (os panzers alemães, os competitivos americanos, os velozes sul-coreanos, etc, etc, etc.). Mais ou menos a mesma coisa que dizer: como nunca serei Picasso, mais vale dizer que prefiro aqui o trolha que pinta as paredes.
É por isso que cada vez que o Benfica, ou uma equipa com espírito de originalidade e com talento para a ter, marca um golo aos embrutecidos, aquilo é muito mais que um golo. É um grito de liberdade dos que são mais que os demais, é um murro no estômago daqueles que acham que a única hipótese que têm de conseguir qualquer coisa é destruindo a coisa para que os outros nunca a consigam. É um acto de vitória: os bons, the good guys, vibram com as suas vitórias. Os reles, nunca nada hão-de ter que não sejam as ocasionais derrotas dos adversários. É por isso que ser do Benfica é mais que ser de um clube. É ser. E viva o Mantorras.

As ultimas do Benfica

Com tanta historia no Mundial, o Benfica tem passado para um segundo primeiro plano. Mas decidi rever o que se tem passado na imprensa em relacao ao SLB (sim, porque mesmo que Portugal tivesse dado 7 ou 8 a zero ao Irao tem de haver pelo menos 1 ou 2 historias de primeira pagina sobre o Benfica). Enato vejamos o que se tem passado:

1) O D'Alessandro nao foi contratado. Ainda bem. Nao cheguei a perceber qual o entusiasmo e porque tanta historia por causa deste tipo. Pelo que percebi, e' um numero 10. Ora, para numero 10 fomos buscar o Rui, temos ainda o Nuno Assis e o Karagounis. Assunto encerrado. D'Alessandro, amigo, vai para o Zaragoza e nao chateies mais.

2) Vai o Geovanni, vem 1 lateral e um avancado. Bom, afinal nao e' bem assim. Parece que nao vem ninguem. E se e' para vir um avancado, a quem e' que impingimos o Marcel? Por falar em Marcel, fala-se em brasileiros, Brasil -> Corinthians -> Tevez -> Mundial -> Golaco! Ora ai esta' a resposta: Manda-se o Marcel e o Beto para o Corinthians e traz-se o Tevez.

3) Parece que ha' uns 10 clubes interessados no Nuno Gomes. Epa', este gajo e' o melhor avancado do Mundo. Esta' no banco e mesmo assim tem o Tottenham, o West Ham e o Marselha 'a perna. Nem o Ronaldo tem tantos gajos interessados nele. Mas tem de dizer a quem esta' interessado que Nuno Gomes ha' so' 1, este e mais nenhum, e daqui nao sai. Ok, sai. Por 30 milhoes.

4) Parece que e' verdade que o Fernando Santos e' o nosso treinador. E parece que, na falta de guito, vai haver promocoes de alguns putos aos plantel principal (fala-se no Tiago Gomes para ser suplente do Leo). Eu acho bem que se comece a apostar na prata da casa. Por razoes desportivas (os putos quereram jogar e vao dar tudo nos treinos - alem de terem sido formados no Benfica, o que implica que terao alguma mistica com eles) e financeiras (um puto que hoje vale 10000 dolares daqui por uma epoca, depois de uma passagem pela champions, podera' valer 3 ou 4 milhoes, quando se despacha o puto e fica-se ainda com o retorno financeiro de uma possivel futura transferencia por termos sido o clube formador).

5) O Simao nao vai para o Chelsea. Nem para o Chelsea, nem para o Liverpool, nem para lado nenhum. Nem mesmo o Valencia, tao desesperado que andava, o vai levar. Eu nao quero cortar as pernas ao Simao, quero que ele seja feliz e que tenha uma carreira cheia de sucesso, e que, se aparecer uma proposta boa, quero que ele va' mostrar as suas qualidades para outros campeonatos. Mas a proposta boa aumenta a cada jogo que ele faca no Mundial. Estava em 20 milhoes no fim da epoca, subiu para 24 por ter jogado 2 jogos no Mundial e vai chegar aos 30 se marcar um golo ao Mexico...

6) O Ricardo Rocha deve andar em pulgas. Se o Nuno Gomes tem tantos clubes interessados, ele, o Rocha, deve estar sempre a olhar para o telefone 'a espera que o Real Madrid lhe telefone...

7) Que historia e' essa do Manchester United querer o Petit? Esta' bem, levem o homem. Outros 15 milhoes.

8) O Luisao. Tenho pena que sejam o Juan e o Lucio os titulares do Brasil. Queria que o Luisao jogasse uns minutinhos (talvez contra o Japao). Vamos la' a valorizar o homem e vende-lo ao Real por 15 milhoes.

9) Por fim, o nosso amigo Mantorras. Esse nao vai a lado nenhum e por nenhum valor. Mas vai marcar 3 golos ao Irao e tornar-se o jogador mais fantastico que alguma vez saiu de Africa. O Drogba vai ficar com inveja do Mantorras. O Essien vai esforcar-se por pronunciar o nome dele bem. E Angola, na primeira presenca mundialista, vai passar 'a segunda volta e jogar com a Argentina. Vai ser o delirio! Forca palancas!!!

O triunfo dos porcos

Os rapazes do Togo estão a fazer birra. Ameacam com greve se a federacão lá do sítio não lhes pagar a módica quantia de 155 000 euros por jogador, só pela presenca no mundial, mais um prémio INDIVIDUAL de 300 000 euros por vitória e 150 000 euros por empate. Eu não faco ideia de como está a situacão financeira do Togo. Dada a localizacão no mapa, algo me diz que não estará bem. E cada uma destas bestas, destes animais, destes montes de nojo, quer uma quantia que provavelmente nem as seleccões dos países ricos pagariam aos jogadores mesmo que eles ganhassem?! E ameacam fazer greve?! Eu bem sei que a FENPROF e a Transtejo já fizeram greves por motivos bem mais patéticos e absurdos, mas isto aqui só tinha um jeito. A FIFA chegava aos rapazitos e dizia o seguinte, assim mesmo nesta linguagem para não dar lugar a desentendidos, porque suspeito que os rapazes em causa não sejam as mais brilhantes luminárias: "Seus javardos, cada um de vocês está a partir deste momento suspenso de toda a actividade desportiva em termos vitalícios. Ficam proibidos de se aproximarem a menos de vinte metros de um relvado. Se algum de vocês inadvertidamente colocar essas patas nojentas em cima de um relvado, a FIFA vai processar-vos até vocês terem que vender os dois rins para poderem pagar a multa. Vocês metem nojo. Recomendamos às autoridades do Togo, sejam elas eleitas democraticamente ou um ditadorzeco da treta qualquer, que leve de volta estas bestas e os arraste, puxados por lindos cavalos, pelas ruas principais da capital toguense, enquanto a populacão lhes atira com calhaus e o que mais à mão vier, no intuito de estas bestas javardas serem punidas pela falta de respeito pelos seus compatriotas que, dignamente, lutam pela sobrevivência. Que isto seja uma homenagem ao bom povo do Togo, e um aviso ao próximo conjunto de javardos que por acaso se qualifique para o campeonato do Mundo, para que nem sequer lhes passe pela cabeca brincar com coisas sérias. E recomenda-se ainda que este conjunto de animais seja sujeito a trabalhos forcados em prol do povo do Togo por pelo menos 155 000 horas por cabeca, acrescidas de 300 000 horas igualmente por cabeca por cada Toguense que tenha morrido devido a condicões de vida abaixo do limiar da pobreza nos últimos 2 anos, durante os quais estes javardos se apuraram para o Mundial. Com os mais respeitosos cumprimentos ao nobre povo do Togo, com o qual a FIFA se solidariza entregando os lucros igualmente nojentos obtidos com este Mundial, temos dito."
Eu sei que o texto não está mole. Mas há alturas em que temos que chamar os bois pelos nomes.

sábado, 17 de junho de 2006

Um problema

Meira, meu caro Meira,

abriste pelo menos três crateras daquelas de fazer inveja aos mais reputados mineiros.
Não acordes que não é preciso.
A boa notícia é que a Brisa te vai patrocinar - parece que tem qualquer coisa a ver com a construcão de auto-estradas, não sei...

Portugal 2 - Irao 0: O jogo possivel

Sobressaem deste jogo 3 ou 4 coisas. A primeira e' que equipas como o Irao deviam ser proibidas de jogar 'a bola. Ontem fiquei desapontado com o futebol agressivo (em termos de contacto fisico) do Mexico. Mas hoje foi demais. LEvamos mais cacetada que eu sei la'. Foi bom o Petit nao ter jogado de inicio ou tinhamos acabado o jogo com 10.

Mas em relacao 'a nossa equipa: Alguem me explique o que o Pauleta anda alia fazer? O homem nao participa no jogo, nao se faz 'a bola (passaram-lhe 2 em frente 'as trombas que era so' encostar e ele nem isso foi capaz de fazer). Depois ele queixa-se que as pessoas nao lhe dao credito e' que parece que so' marca golos a equipas como o Luxemburgo. Pauleta, amigo, ate' agora ainda nao provaste o contrario. E ao contrario de ti, se o Eusebio tivesse jogado algumas vez contra o Luxemburgo tinha marcado, so' ele, 7 golos. Para teres a certeza que isso aconteceria, ve so' o jogo de Portugal contra a Coreia de 66 e diz-me se alguma vez terias capacidade fisica e mental para tirar a equipa de um 3-0 ao marcar 4 (!!!) golos. Esta' tudo dito.

Depois o Costinha. Eu percebo a funcao dele no campo, e ate' pode ser que em forma ele seja dos melhores na sua posicao (o que me custa a acreditar), mas ele hoje pouco fez. E quando digo pouco fez e' no sentido de que se a funcao dele e' de servir como primeira barreira defensiva, houve muito ataque iraniano pelo meio... onde ele deveria estar... mas eu sou so' um adepto e pouco percebo de bola...

Por fim o Cristiano. Amigo, tu tens tudo para ser o melhor jogador do Mundo, mesmo tudo, mas o futebol e' um jogo simples. Joga-se em rapidez e com simplicidade, com combinacoes e triangulacoes com os outros medios e avancados. E ja' agora, quando se finta um defesa , nao e' preciso voltar atras e finta-lo outra vez. E outra vez. E outra vez. Ate' ele aprender a tirar-te a bola. Assim que passas o primeiro defesa cruza a bola, chuta, faz o que quiseres. Mas joga simples e ai sim, seras o melhor do Mundo.

Estou em crer que para o Mexico o 11 vai ser o mesmo. E' pena. Mas pode ser que tenhamos mais facilidade em jogar 'a bola com uma equipa que joga mais 'a bola e que querera' ganhar o jogo.

Um mistério

Como é possível que um gajo que não ganha uma única jogada durante o jogo inteiro, que consegue não se dar sequer ao trabalho de disputar as bolas por alto que a defesa papa sem ter que correr, que não faz uma tabela, que não faz um remate à baliza (e joga a ponta-de-lanca), que não faz rigorosamente nada, tenha lugar cativo na equipa titular?!

Irão - um esclarecimento

O campeonato de castanha era com os vossos vizinhos do Iraque e, para grande tristeza de todo o mundo civilizado, acabou antes de se aniquilarem uns aos outros. Mas para que fique claro, hoje vocês foram para dentro desse rectângulo marcado na relva para jogar futebol. E o futebol, é com a bola. Aquela cena redonda que anda ali a saltar. Percebem? Não é nas pernas, cabecas, peitos, barrigas ou zonas genitais de nenhum dos outros gajos que por lá andam.
Dou por mim a desejar que o Ronado tenha um daqueles ataques de Ronaldeta e parta a boca a um javardo qualquer...

sexta-feira, 16 de junho de 2006

Argentina: Que espanto!

O jogo acabou ha' 1 minuto. A Argentina trucidou a Servia. E mais importante que os 6-0 e' ver o que nos espera. A Argentina e' uma equipa simplesmente fabulosa. Esquecam o Brasil, a Inglaterra ou a Alemanha. Se eu puder ver a Argentina jogar com a Republica Checa serei um homem feliz.

A eficacia dos avancados, a seguranca do meio campo, o Messi... Que espanto de jogador, so' com 18 anos... entra, faz 1 assistencia, 1 golo e faz a equipa jogar em torno dele. Fantastico.

O jogo com a Costa do Marfim ja' tinha dado indicacoes que esta Argentina e' muito perigosa. Hoje confirmou-se. Obrigado Argentina, obrigado Pekerman, obrigado Messi, obrigado Tevez... e por ai fora.

quinta-feira, 15 de junho de 2006

ainda dos endeusamentos

Confesso que também me irritam as divinizacões desses pseudo-craques por parte da imprensa. Em primeiro lugar por uma questão de princípio: nós, os deuses, temos de ultrapassar diversas provas que não estão ao alcance dos comuns mortais para podermos tomar posse. Portanto, seria boa ideia parar de sugerir que o Cristiano Ronaldo é um deus. O gajo nem sequer foi admitido ao concurso, quanto mais aprovar. Segundamente, é chato estarem a fazer deuses assim ad-hoc, porque isso desvaloriza-nos a todos os que trabalhamos arduamente para tornar mais abrangentes as nossas divinas aptitudes. E finalmente, por uma questão de bom-senso. Vejamos: que se canonize o Figo, eu ainda dou o desconto. O tipo tem uma carreira de altíssimo nível por trás (e há que reconhecer que aquela troca do Barcelona para o Real foi um golpe publicitário de mestre... e o mestre está agora a contratar jogadores para o Fernando Santos, e o Real Madrid está como está... desconfio que algo não correu bem no processo...), é líder do grupo, impõe respeito à maior parte dos colegas e dos adversários. Agora, o Costinha?! Antes de mais, alguém devia mandar o gajo fazer a barba e tomar banho, a ver se deixa de aparecer com aquele ar de híbrido entre o trolha de segunda categoria e o arrumador de carros. A seguir, devia ser claro para os jornaleiros e comentadeiros da "especialidade" que um gajo não pode ser tido como titular indiscutível só porque está constantemente a lamber as botas ao Scolari e ao Pinto da Costa. E podiam aproveitar para lhe lembrar que se, desde que o Scolari é seleccionador, e nas palavras do Costinha, "os clubes já não mandam na seleccão", se havia clube que mandava na seleccão (será que já não manda? esta pseudo-guerra entre o bimbo-mor e o Scolari é areia para os olhos... quantos milhões subiu o passe do Deco depois de ser internacional tugoso?) era o tal clube que ele está sempre a dizer que está muitíssimo à frente em termos organizativos. E há que reconhecer que é verdade, os tipos organizam-se bem com os conselhos de arbitragem todos, e com aquela cena de emprestarem alguns 50 jogadores a outras equipas da primeira liga e que, coincidentemente, têm sempre uma indisposicão, lombalgia ou ataque de diarreia no dia em que iam jogar contra os bimbos. (Este ano, o Leiria já lá tem quatro ou cinco mais o treinador. Ou seja, o campeonato ainda não comecou e a bimbalhada já vai com seis pontos... Mas a imprensa nunca repara nestes detalhes... por que será? Eu sei... deus sabe tudo... mas neste caso nem é preciso ser deus, toda a gente sabe porquê, mas o sr. PGR está tão atolado no nojo que não se dá ao trabalho de ir ver.)
Bom, mas voltando à vaca fria. O Costinha (a vaca que me desculpe, não era para ofender, toda a gente sabe que eu tenho mais respeito pelo animal vaca que os próprios indianos, que a consideram inclusivamente minha colega nas lides divinas) que vá fazer a barba e tomar banho e, enquanto passa com a lâmina por aquelas trombas mal amanhadas vá pensando numa forma de explicar aos comentadeiros e jornaleiros que o tal "sentido posicional" que lhe estão sempre a ver só se viu no rapaz enquanto foi o Mourinho a dar-lhe as posicões, porque há dois anos foi o que se viu... foi de tal maneira que o rapaz até se deu ao trabalho de ir posicionar-se em Moskva, a ver se a coisa melhorava... agora, há que reconhecer que numa coisa o Costinha é bom: o gajo consegue dar três vezes mais porradaria que o Petit, sem sequer se dar ao trabalho de se limitar às jogadas com bola, mas consegue fazer passar a imagem que é um gentleman (gentil homem, em amaricano). Ou seja, se do Petit se diz que é um bulldog (boi-cão, em amaricano), desde dir-se-á o quê? Um daqueles caniches que estão sempre a tentar morder a tudo e mais alguma coisa? Parece-me bem, tipo um caniche esquizofrénico.
De resto, o meio-campo está um osso duro de roer. Sobretudo para o Scolari. Os titulares cativos não põem as ferraduras em campo desde o tempo em que o Compaio ainda era Presidente. O gajo conseguiu com essa titularidade-cativa dos nhonhós criar tal desconforto na concorrência que o Tiago, que fez um campeonatozorro o ano inteiro, esteve o jogo contra Angola completamente sobre brasas. E o Scolari que se ponha a pau porque, como diz o povo, eu não durmo, e estou aqui de dentes afiados para dar uma valente trincadela na leiteira que ele costuma ter se ele tiver o transplante (ai, Zezé... ai, Toni... belas conversas da treta, ménes!) de tirar o Petit ou o Simão e de não meter o Nuno Gomes a titular em vez daquela camada de inutilidade feita humano que veio da terra onde tantas belas vaquitas pastam em verdejantes prados - é justamente isso que ele faz, anda ali a pastar, a pastar, a pastar, e a falhar, a falhar, a falhar... o inútil não conseguiu acertar UMA tabelinha durante o jogo todo contra Angola... e se não tem sido um jeitinho meu (um milagrezito para ajuda) nem o golo tinha entrado, mesmo depois daquele passezorro do Figo... sim, porque no do Simão eu achei que não era preciso milagre, porque qualquer coxo a enfiava, e foi o que se viu... ai... a ver se faco o Scolari ter uma visão em que a gaja do Caravaggio lhe diz para mandar o Pauleta embora e pôr lá uma vaca em vez dele...
E fiquemos por aqui... mas antes de fechar a loja, só mais uma coisita. Scolari, meu rapaz, aliás, meu rapáis: por favor parem com as rezas antes dos jogos, e joguem um bocadinho mais. Ok? É que, sinceramente, já não vos posso ouvir e, por mais que vocês pecam "Meu deus, me ajuda", eu posso tudo mas não posso jogar. E além disso não gosto do abuso da propriedade. Vosso, o caravaggio...

quarta-feira, 14 de junho de 2006

Endeusamentos

Ha' coisas que me chateiam. E entre as muitas e' ver tornados deuses alguns gajos que dao uns chutos na rechonchuda, so' porque um jornalista lhe acha piada. O endeusamento dos mundiais costuma acontecer 'a volta do "escrete", mas contra esse ja; estou vacinado. Mesmo quando a Croacia os faz correr atras da bola de tal maneira que sao os "craques" do Brasil os que acabam por fazer mais faltas no fim do 90 minutos, sao os maiores do Mundo, talhados para o sucesso, entre outros adjectivos. Pois eu gostei de ver a Croacia a jogar e fiquei com pena dos remates do Prso, do Kranjcar e do Srna nao terem ido 'a baliza do Dida abanar as redes.

Mas o endeusamento que eu nao tolero e' o do Costinha. Ou o do Maniche. Ou o do Quaresma. O primeiro esta' 6 meses sem jogar e todos os jornalistas acham que ele devia ser titular indiscutivel. Mas ele fez alguma coisa para o merecer? Quando entrou contra Angola fez alguma coisa de jeito? Querem ver que vamos ter que gramar com este gajo a vir mandar palpites para os jornais so' porque os jornalistas gostam dele? O Maniche e' outro que tal, mas ao menos aprenderam (os jornalistas) que o gajo so' manda bujarda por aquela boca fora (so' por ter jogado 20 ou 30 minutos pelo Chelsea acha-se logo o maior...).

Sera' que vamos ter de escrever uma carta aos jornalistas portugueses a explicar que o Tiago, o Petit, o Manuel Fernandes, o Boa Morte, o Simao, entre outros, estao com a pica toda alem de terem feito uma epoca fantastica pelos clubes em que jogam? Que o Costinha nem sequer treina? Que passou 6 meses a ver bola da mesma forma que eles, i.e. pela televisao? Irra... ja' chateia tamanho endeusamento...



PS: S'or Scolar. O nosso camarada Luis Boa Morte tem de ter lugar nessa equipa. Nao so' e' um jogador de equipa como fez uma epoca genial pelo Fulham. Devia ter-se transferido para o meu Benfica ha' uns anos atras que teria mais projeccao, mas ficou-se por um clube que luta por nao descer da Premier League. De-lhe la' uma chance.

PPS: Quem vota nos melhores do jogo nao deve ter visto os mesmos jogos que eu. Concordo com todos os Man of the Match ate' hoje menos 1. O Figo. Mas pronto, se calhar nao percebo nada de bola e na sua correria parada ele fez um jogao! Eu nao vi, mas a minha televisao deve ter o feed de um outro Portugal-Angola...

terça-feira, 13 de junho de 2006

A piadorra do ano... qual ano, do milénio! BRUTAL!

«Não penso em voltar à selecção. Eu vou voltar. No Barcelona e no Benfica estava jogando fora da minha posição. No Brasil, quero jogar no meio, em qualquer posição entre os quatro da frente» - Geovanni, hoje, citado em A Bola.

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH
IHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIHIH
IHIHIHIHIHIHIHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEHEH
EHEHEHEHEHEUUUUUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUH
UHUHUHUHUUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHUHU!!!!!!!!!!!

Desde os golos dos coxos da Costa Rica que não me ria tanto.
Primeiro, porque não joga na posicão dele. Agora qualquer das quatro da frente é a posicão dele. E vai voltar à seleccão e tudo!!! Querem ver que tivemos o Maradona da década de 00 no Benfica e demos o gajo de borla?! Ihihihihihihihihihihihihihihihih!!!!!!!!!!!!!!!

Itália - Gana

A primeira parte! Aquela primeira parte! Chocolate negro das profundezas dos trópicos, mediterrâneo paradisíaco, um camadão de ovos moles, um tinto daqueles de bradar aos céus, uma bencão dos agnósticos, um raio de sol com ligacão directa, poesia pura.
E aquele golorro do Pirlo, deixou-me sem palavras.
Só foi pena na segunda parte o fiscal de linha ter resolvido ser defesa do Gana e o árbitro ter deixado os rapazes da equipa do Essien comecar a arriar cotovelada e castanhadas afins em tudo o que mexia. Para compensar aquele empurrãozito dentro da área italiana ao ganês?
E no fim, qual Jamaica Moutain Blue a coroar os deleites organolépticos, o 2-0 descansante, servido em monumental bandeja de cristal pelo Kuffour, que só foi titular dos campeões nazos durante um porradão de tempo, para irritar ainda mais os mais fanáticos de entre os nazos fanáticos.
Um verdadeiro Matisse.
Grazie!

Gajos de estatística...

Comeco a desconfiar que estatísticos e médicos é tudo a mesma cambada de broncos. Destes já se sabia que não percebem nada de bioquímica, e mesmo assim é-lhes permitido andar por aí a prescrever drogas às pessoas, e daqueles já comecava a desconfiar que há sempre um teste de hipótese mais a jeito, conforme se queira confirmar ou infirmar a dita. Assim uma espécie de tráfico de influência nas análises estatísticas.
A confirmar a minha desconfianca, hoje a Nature News (sim, da Nature, portanto respeitinho) traz uma estória a citar uns camones estatísticos que dizem que a probabilidade de uma equipa de futebol marcar golos aumenta com o primeiro. Eu não sei como é que eles chegaram à brilhante conclusão. Mas tenho duas perguntas fundamentais:
- pergunta um: qual é a probabilidade de se marcar o segundo golo antes de marcar o primeiro?
- pergunta dois: como é que se explicam os incontáveis resultados de 1-0
Se os camaradas estatísticos conseguirem desenrolar a teia em que se enfiaram, a malta agradece o esclarecimento. E como diria alguém que eu conheco: "Por que é que não fizeram o ciclo?!".
Era mais isso...

segunda-feira, 12 de junho de 2006

Portugal 1 - Angola 0

E comecou a caminhada. Nao que a caminhada tenha comecado da melhor forma, mas comecou. E nao comecar da melhor forma implica mesmo dizer que foi um desastre. Eu pensei e re-pensei e nao queria dissecar a actuacao de cada um dos jogadores da seleccao nacional, mas gaita, um gajo tem de o fazer. Nao so' da seleccao, mas tambem das escolhas que foram feitas.

Sabendo 'a partida que ha' "meninos queridos" para o Sr. Scolari, foi com algum espanto que vi o Petit, o Tiago e o Simao a titulares. Se me pareceu uma ideia acertada no papel, o posicionamento deles estava todo trocado. Por o Simao a numero 10 foi uma asneira. O rapaz andou apagado toda a primeira parte e so' deu ares da sua graca quando foi encostado ao flanco (depois da saida do Cristiano Ronaldo). Se era para ter 3 alas a comecar de inicio e o esquema e' um 4-2-3-1, nao teria sido mais proveitoso ter o Cristiano no lugar do Simao, este na esquerda, e o velho na direita?

O que me leva ao segundo ponto. O que e' que o Figo trouxe 'a equipa que nao fosse cansaco e idade? Tirando o cruzamento para o golo (aos 4 minutos, quando ainda estava fresco), mais nao fez. Aos 15 estava rebentado, aos 90 ja' nem corria.

Depois tivemos ainda um caso bicudo no meio campo. Os nossos dois melhores medios, em melhor forma, comecaram o jogo, mas nao se entenderam muito bem. O Mateus teve mais espaco dado pelo Tiago e pelo Petit que sei la'. Faltou alguma coordenacao na ligacao com o ataque, mas tambem penso que tenha sido devido ao mau posicionamento do Simao. Porque e' que, se o Deco nao esta' capaz, nao se aposta num 4-4-2, ja' que se quer fazer do Figo e do Ronaldo os alas de eleicao, e se poe o Pauleta acompanhado do Gomes? Sera' que o Scolari ainda nao percebeu que o melhor marcador de franca tem sempre um avancado nas costas? Enfim...

Por fim, aquela defesa (incluindo o guarda redes). O Miguel pouco se viu, o Nuno Valente idem, os centrais tem pouco entendimento, e o Ricardo... ai ai ai...

Quando se pensava que nada podia correr pior, entra o Costinha, o Maniche e o Hugo Viana. Pergunto eu: porque? O Costinha assim que entrou comecou a distribuir fruta mas correr esta' quieto. O Maniche so' o vi tocar na bola uma vez, quando rematou forte de fora da area. O Hugo Viana acho que nunca tocou na bola.

Em conclusao: o momento alto do jogo foi ver o Mantorras entrar! :) Forca rapaz, que ainda vais marcar muitos golos neste mundial!

sábado, 10 de junho de 2006

Argentina - Costa do Marfim

Obrigado. Que jogorro bestial.
O pessoal da Costa do Marfim pode não ter tido sempre as ideias mais brilhantes sobre como atacar, pode ter abusado um bocadinho do individualismo, pode não ter feito isto, pode não ter feito aquilo, mas uma coisa é certa: quem aplica aquela atitude a um jogo inteiro, quem se manda para cima da Argentina assumindo o risco de ser comido em contra-ataque, quem não regateia um sprint que seja, uma aceleracão, uma explosão, quem acredita até ao fim que vai conseguir recuperar dois golos... não perde o jogo. Espectacular. Espectacular. Espectacular. Espectacular. Espectacular, intenso, total, pronto!
Meus caros marfinenses: não quero saber do resultado. Vocês, para mim, ganharam. E o melhor da coisa é que os argentinos para mim também ganharam. Ou seja, ganharam todos. Espectacular!
Obrigado!

Diferentes underdogs

Eu tenho que reconhecer que sempre tive um pequeno fraco pela maneira como a Suecia joga 'a bola. Jogam de maneira eficaz e sem complicar, mesmo se nao apresentam um futebol criativo e fantasista como o Brasil ou a Argentina. Mas o que me impressionou foi a equipa de Trinidade e Tobago. Comparando com o flop e o desgosto que foi ver a Costa Rica, Trinidade e Tobago entraram no jogo para fazer coisas giras. E nao interessa se o Hislop tem 37 anos, ou se o Dwight Yorke ja' nao e' o mesmo, porque Larsson, Ljungberg, Ibrahimovic, Kallstrom, Wilhelmsson e compania nao conseguiram ganhar. Gostei de ver os underdogs jogarem 'a bola e nao ficarem 'a espera de milagres, mesmo quando estavam so' com 10 homens.

Tambem e' certo que puseram o autocarro em frente 'a baliza e que a Suecia deve ter feito 1000 ataques mais, mas foi um bom jogo. Gostei.

lei 13 do jogo

Hoje o árbitro do Inglaterra-Paraguai inventou uma lei nova: cada vez que o Peter Crouch toca na bola, é falta. Irra...

sexta-feira, 9 de junho de 2006

Costa Rica - meia-dúzia de perguntas

Duas perguntas acima de todas as outras:

- como se conseguiram qualificar?
- o que vieram fazer ao mundial?

E as restantes?

- sabem que se pode jogar a correr?
- sabem que é possível passar a bola?
- e que não é preciso agarrar-se a ela até se terem 5 adversários à volta?

Mas mesmo assim não foi mau de todo. Contra uma equipa que prestasse, tinham comido 40 a zero. E acreditem que, nunca me passando pela cabeca apoiar alemeses, estava a desejar que vocês fossem humilhados. Porque equipas rascas como vocês só servem para chatear quem gosta de futebol. Pá, facam um favor: mandem o guarda-redes e o Wanchope (meu, espectáculo: duas oportunidades, dois golos; Pauleta, estás a perceber como é, estúpido?) para um país qualquer em que saibam jogar à bola, para os poderem aproveitar. E os outros, vão para casa e vejam futebol na televisão, porque para jogar não servem.
E pensar que houve meia-dúzia de equipas europeias que ficaram em casa para estas nódoas irem ao mundial.
A única coisa positiva foi ver que a defesa nazi, mesmo com os adversários a jogar a passo, conseguiu cavar duas crateras de fazer inveja ao impacto de um qualquer meteorito.

Os resultados da fase de grupos, mesmo antes dos jogos

Se isto bater certo, posso comecar a ganhar a vida como tarólogo. Isso é que vai ser facturar.
Mas depois de ver o camadão de estupidez que vive na defesa da Costa Rica, não sei não...

group A
Germany- Costa Rica 2-2
Poland- Equator 2-1
Germany-Poland 1-0
Equator-Costa Rica 0-2
Equator-Germany 0-3
Costa Rica-Poland 1-2

group B
Trinidad/Tobago-Sweden 0-3
England-Paraguai 2-0
Sweden-Paraguai 1-0
Trinidad-England 0-3
England-Sweden 2-2
Paraguai-Trinidad 1-0

group C
Argentina-Ivory Coast 3-1
Serbia-Netherlands 1-2
Argentina-Netherlands 2-1
Serbia-Ivory Coast 0-0
Argentina-Serbia 1-0
Netherlands-Ivory Coast 2-0

group D
Mexico-Iran 2-1
Angola-Portugal 0-2
Portugal-Iran 2-1
Mexico-Angola 3-0
Iran-Angola 2-0
Portugal-Mexico 1-1

group E
USA-Tcheck republic 2-3
Italy-Ghana 3-0
Italy-USA 1-0
Ghana-Tcheck 2-2
Italy-Tcheck 1-0
USA-Ghana 2-1

group F
Australia-Japan 2-1
Brazil-Croatia 2-1
Brazil-Australia 1-0
Croatia-Japan 1-1
Croatia-Australia 1-1
Brazil-Japan 2-1

group G
South Korea-Togo 2-2
France-Switzerland 2-0
South Korea-France 0-1
Togo-Switzerland 2-1
France-Togo 1-0
Switzerland-South Korea 1-2

group H
Saudi Arabia-Ukraine 0-4
Spain-Tunisia 3-0
Spain-Saudi Arabia 3-0
Tunisia-Ukraine 1-3
Spain-Ukraine 1-2
Tunisia-Saudi Arabia 2-1

Estudo analítico das putativas entradas

Diogo, resolvi pegar na tua lista e dar o melhor de mim. A ver:

- Robert Pires (acabou no Villareal) - felizmente. Não entendo que este pessoal do tempo do Eusébio insista em querer meter-se com o Benfica. Ele que se divirta lá no Artmédia espanhol.

- Carrusca - mas isto é nome de jogador?! Isto é a contraccão de cada+rosca, declinada em "u" para disfarcar; além disso rima com farrusca, que é feminino de farrusco, e farrusco é aquilo que está ou é farruscado, e fica-se farruscado por causa das brasas, brasas lembra-me fogo, fogo, fogaca, Bruno Fogaca, Naval - ora lá está, o gajo que vá para a Naval e que não nos afunde a nós. Bons ventos para ele.

- Rui Costa (ja' assinou) - vem com dez anos de atraso, mas tenho a sensacão que a pedalada de calcio vai chegar para parecer um velocista. É claro que cada passe que fizer, vai ser comentado da seguinte forma "Rui Costa, de 34 anos, passa para Petit...". Mas um gajo que ficou naquele estado em que ele ficou quando, num jogo a brincar (e era a brincar!), marcou um golo ao Benfica, merece tudo. Até podia, honra Maior, escrevinhar aqui connosco que a malta deixava.

- Lucarelli - mas passa pela cabeca de alguém que o Benfica queira contratar gajos que jogam num clube que deu dinheiro pelo passe do Vidigal? Mas está tudo maluco!? O Benfica a contratar jogadores ao Livorno, que é a Naval lá do sítio?! O que é que vão sugerir a seguir?! Que vão contratar o Fernando Santos para treinador?!

- D'Alessandro (foi para o Saragoza) - boa viagem para ele. Se prestasse, os alemães não estavam desertinhos de o despachar. Além disso, essa de o gajo se chamar D'qualquer coisa é meio fascizóide, e o Benfica é um clube do povo, não é sítio para cámones com nomes com "D'" e com dois éles "ll". Adiós.

- Katsouranis - tu, ó pá: lê a carta aberta que eu mandei ao Papadopoulos. Tu não tens nome de comida para criancas, mas não te julgues maior por isso: é que nem nome de nestum tens, pá! E ainda por cima diz que queres continuar a ser treinado pelo gajo aquele?! És parvo? Não respondas, está visto que sim. Jóvem, pá: nem sonhes. Acabou. Assina por uns gregos quaisquer, ou uns alemeses, ou uns xinamarqueses, mas para o Benfica, NÃO. E agradeco se levares o gajo por quem gostas de ser treinado. Deves ser uma cabecinha pensadora...

- Papadopoulos (renovou com o Panatinaikos) - obrigado, meu bom Papadopoulos. Até sempre.

- Salgipidis - Diogo, estavas a brincar, ou este gajo existe mesmo? E joga em que posicão? Este tipo tem nome de tempero culinário, assim tipo sal-gema, ou qualquer coisa assim. Mas não me cheira que temperasse os resultados (com o chamado sal do futebol, como os jornalistas com hipertensão arterial e hipocapacidade intelectual adoram grunhir). Salgipidis?! Mas onde é que os tipos vão ver destes nomes?! Olha a desgraca que era eles virem todos para o Benfica: Salgipidis deixa para Katsouranis, que não sabe o que é que há-de fazer à bola, fica ali a ver se chove, e tal, leva uma castanhada do adversário, o árbitro marca falta contra o Benfica e dá-lhe amarelo por ter dado uma joelhada na biqueira da bota do adversário. Karagounis vem reclamar com o árbitro, e leva cartão amarelo porque tem uma carantonha que mete medo ao susto. Papadopoulos senta-se num canto do relvado a chorar e a pensar que raio de parvoeira foi aquela de assinar por uma equipa que é treinada pelo Fernando Santos mas que mais parece a seleccão B da Grécia. Ao mesmo tempo que isto decorre, Fyssas dá uma entrevista a dizer que gramava mesmo bué, mas tipo absolutamente bué, de voltar para o Benfica. E Machairidis continua a assentar "tijóis" num qualquer estaleiro de obra em terras gregas. Vou mandar isto para o Fantasporto do ano que vem, na categoria "argumento original de filme de terror". E, evidentemente, não haverá competicão à altura.

- Junior - o do Pacos de Ferreira? Mas já estamos outra vez com a parvoeira de contratar qualquer coxo que nos marque um golo?! Estamos lixados... vão ser mais não sei quantos anos sem campeonato...

- Bruno Cirillo - quem é este gajo? O nome não me é estranho, mas não sei se é por causa do Maneijare. De qualquer modo, o melhor é que não venha. Não há nada como jogar pelo seguro.

- Hugo Viana - esta situacão absolutamente disparatada já levou marretada na entrada anterior. Não vamos bater mais na coisa. Mas lá que apetece arriar, apetece.

- Marchena - quando cá estiveste, tinhas comichão para ir para espanha. Agora qual é o teu problema? Deves estar sem jogar, não? E se calhar perdeste o lugar na seleccão... Acontece a todas as jovens promessas. Quando chegam aos 25, deixam de se jovens. E depois, mais tarde ou mais cedo, deixam de ser promessas, porque toda a gente percebe que não valem nada. Olha, fazes um bom par com o Hugo Viana.

- Rufete - rima com frete. E para fazer frete, parece que já chega o Robert e a besta do Ricardo Rocha, agora que o Geovanni foi embora (menos um "fretado").

- Kluivert - há 3 anos, eras bem-vindo. Agora, estás acabado e, por conseguinte, não vens fazer nada. Olha, vai jogar para a equipa do Koeman.

- Regueiro - quem é este gajo?!

- Mista - pois, sim, mas não. Pronto. Se o Valência quiser muito o Simão, podemos fazer umas cedências. Eles vão contratar para oferecer ao Benfica o Gerrard e o Thierry Henry, e em vez dos 50 milhões só têm que dar 45. E aí a malta deixa o Simão ir, e aí sim podem mandar o Mista, com os salários pagos e uma compensacão financeira por ser espanhol.

- Di Vaio - Vai mas é para casa. Este gajo tem alguns 350 anos. E já passou o pico da carreira, e tenho impressão que também já passou o vale da carreira. Neste momento, está naquela fase em que, depois de descer, descer, descer, bate no chão e comeca a escavar. Ora, se é para escavar, que vá para o Aljustrelense, que sempre ajuda lá nas minas. Agora fazer buracos no relvado sagrado da Luz, nem pensar. Já bastam os buracos que o Ricardo Rocha às vezes abre na defesa... o que vale é que ele joga pouco...

E pronto. Gajos a oferecerem-se há muitos, mas reforcos até agora houve um: o maestro. E é preciso lembrar o que dizia o Camacho sempre que lhe queriam impingir um coxo qualquer: para vir, tem que ser melhor que os que cá estão. E enquanto vou pensar como é que o Everson, o Paulo Almeida, o Marco Ferreira e o Karadas se enquadram nesta filosofia, fico-me por aqui.

Actualizacao das entradas

Entao eu ando entretido a escrever num papel amarelo, reciclado, os jogadores que foram ou irao ser contratados pelo Benfica. E tanto o Jogo como o Record hoje mandaram mais uns quantos, pelo que a lista fica mais compostinha. Qualquer lista com menos de 50 nomes nao e' lista que se ache. Ora entao ca' vai, pela ordem que, mais ou menos, eu os fui apanhando na imprensa escrita ou digital:

- Robert Pires (acabou no Villareal)
- Carrusca
- Rui Costa (ja' assinou)
- Lucarelli
- D'Alessandro (foi para o Saragoza)
- Katsouranis
- Papadopoulos (renovou com o Panatinaikos)
- Salgipidis
- Junior
- Bruno Cirillo
- Hugo Viana
- Marchena
- Rufete
- Kluivert
- Regueiro
- Mista
- Di Vaio


Ora, se e' para mandar palpites eu tambem o posso fazer. Mas o que gostava mesmo e' que nos deixassem em paz! E ja' agora: consta que o Jupp Heynkes quer levar o Katsouranis para o Borussia de Muenchengladbach (ou la' como se escreve o raio do nome do clube). A mim nao me chateia minimamente, ja' que nao quero o Katsouranis no Benfica. Mas aquilo com que embirro e' ter ex-treinadores do Glorioso a meterem o nariz em qualquer negocio que o Benfica queira fazer: foi o Camacho a tentar levar o Luisao para o Real, foi o Trapatoni a roubar o Tomasson para o Stuttgart (nao lhe valeu de muito pois nem ele nem o Tomasson duraram muito tempo no clube...), e' o Koeman a dizer que tambem quer o Luisao, e agora o Heynckes a querer o Katsouranis. Porque e' que nao vao chatear o Co ou o Soares Franco e nos deixam descansaditos? Eu comeco a ter a sensacao que aquilo que um benfiquista menos quer e' uma pra'-epoca, pois o clube passa os dias nos jornais (ja' repararam que, no dia em que comeca o Mundial, o SLB e' capa em 2 dos 3 jornais desportivos?)... irra...

Já estava a demorar muito...

Finalmente, o Recóri trouxe o assunto à baila. Nem sei por que estiveram tanto tempo à espera. Eu já estava a ficar preocupado. Então os jornais ao servico dos lagartos e dos bimbos ainda não sugeriram a ida do Hugo Viana para o Benfica, para baixar o preco do Simão? Mas hoje, finalmente, aí está!
O que me permite, finalmente, considerar sobre o assunto:
- o Benfica não precisa do Hugo Viana, porque o Hugo Viana não vale rigorosamente nada, apesar dos favores constantes que a imprensa lhe dedica, ao tratá-lo como se fosse um grande jogador (qual será o empresário do rapaz, qual será?...)
- se eventualmente o Valência quisesse dar o Hugo Viana ao Benfica, mas mesmo DAR, bem podia tratar de por em cima da mesa o dinheiro para pagar os salários ao gajo, mais o necessário para pagar eventual equipamento que ele vestisse nos treinos (porque ele ia jogar tanto como tem jogado ultimamente, ou seja, nunca), mais o bilhete de época para o gajo ver os jogos na bancada (onde ele ia estar em todos, portanto é justo pagar bilhete como o comum dos mortais, e até devia pagar multa porque nem consta que seja do Benfica e está a tirar o lugar a um verdadeiro sofredor), e pelo menos, pelo menos uns 250 milhões de euros pelo incómodo de ter lá um inútil a passear. Portanto, para o Valência seria mau negócio tentar incluir o Hugo Viana na eventualmente hipotético-putativa transferência do Simão, porque o Simão continua a custar 40 milhões. Aliás, agora passa a 50 que é para não andarem a armar-se em engracados.
- podem até explicar ao Valência que se quiserem o Simão, são 50 milhões, batidos e a PRONTO. A malta passa recibo. Mas não precisamos de jogadores, obrigado, guardem lá os Marchenas e afins, que os nossos para essas posicões são melhores. Portanto, ou cheta, ou nada.
- e já agora, para que é que o Benfica queria o Hugo Viana? O gajo, quando ainda jogava, aí há uns 3 anos, não era a médio centro? O Benfica tem lá alguns 5 nessa zona do campo, portanto devem chegar. E este ano não é preciso ninguém para ir chamar os suplentes porque está visto que o Fernando Santos vai fazer borrada com as substituicões portanto até é melhor que os gajos que estão a aquecer não oucam. Senão ainda chama um grego qualquer para meter no lugar do Nuno Gomes. E se ele (o "treinador") estiver muito aflito para substituir, pode arremessar o cachucho à cabeca do gajo que não vai entrar: assim esse que leva com o cachucho desmaia com uma comocão cerebral e os outros ficam com tanto medo de levar uma cachuchada que vão a correr sentar-se no banco. Portanto, nem para ir chamar os suplentes esse pseudo-jogador serve.
- e finalmente, QUEIRAM FAZER O FAVOR DE PARAR DE IMPINGIR COXOS AO BENFICA! Já chega, pá! Se isto continua assim, não deve tardar muito para comecarem a sair as primeiras especulacões a sugerir que o treinador para o ano vai ser o Fernando Santos. Bolas!

quinta-feira, 8 de junho de 2006

chega de palhacada

Parece que ontem o chefe do circo disse aos animais amestrados que se queriam palhacada ele se ia embora.
Acho bem. Afinal, a acrobacia que ele faz com a escolha dos titulares é entretenimento circense mais que suficiente.
Escusado era o chefe do circo ter metido ao barulho os palhacos, que são pessoas com a dignificante profissão de fazer rir as pessoas, sobretudo as criancinhas, mesmo que para isso tenham que usar um nariz arredondado, lindamente colorido de vermelho.
Por isso, em homenagem aos palhacos, resolvi reservar para última frase aquela que o Companhia disse ao Batatinha no mítico episódio da desintegracão. Assim, caro chefe do circo:
-Vai para o caravaggio, pá!

quarta-feira, 7 de junho de 2006

Nao ha' pachorra!

Ha' coisas que me chateiam. Ter o Beto a titular no Benfica e' uma, a titulo de exemplo. Ou ter o FS como treinador (ate' ganhar o campeonato, a taca e a Champions na mesma epoca sera' sempre de desconfiar). Mas o que me chateia mais recentemente sao os apelos dos brasileiros para os deixarem jogar.

O jogador brasileiro, de forma geral, gosta de jogar para impressionar. Fazer drible atras de drible, toquezinhos, pontape de bicicleta, etc. Mas o futebol, apesar de precisar dessa fantasia, e' um desporto em que 2 equipas jogam para ver quem ganha. Nao e' um desporto em que estao 22 macacos no campo, 11 dos quais a servir de espectadores aos outros 11, hipoteticamente mais tecnicistas e mais brinca-na-areia. Por isso, o Carlos Alberto Parreira, a Nike, o Cantona, o Ronaldinho, embora possam e devam apelar ao fair-play, nao tem o direito de chamar aos outros de duros, rudimentares ou toscos. Sao 11 contra 11, com mais ou menos tecnica. O primeiro jogo do Brasil e' contra a Croacia, cujo futebol, diga-se, nao e' dos mais duros ou mais feios. E a minha previsao e' que o Brasil ganhe, por 3 ou 4 sem resposta, mais por jogarem com 5 avancados do que por serem muito melhores. E contra o Japao ou a Australia a conversa sera' a mesma. Mas tenho quase a certeza de que se lhes aparece uma Argentina, uma Franca, uma Inglaterra, uma Republica Checa ou mesmo Portugal pela frente que a historia seja diferente. E mais uma vez, nao por sermos menos capazes, mas porque nao vamos em cantigas.

Nao estou a ver o Ferdinand a dar espaco ao Ronaldo ou ao Adriano, ou o Petit a deixar o Ronaldinho jogar. Nao estou mesmo a ver o Emerson divertir-se com a bola quando tem 'a frente dele o Messi ou o Tevez. O que me parece e' a historia de sempre: nos somos brasileiros, fomos campeoes do mundo 5 vezes portanto somos melhores que todos, abram alas que aqui vem os campeoes anunciados. Ora, como aquela besta que era lateral direito do FCPorco aqui ha' uns anos disse, "prognosticos so' no fim do jogo".

Quer-me parecer que o Parreira esta' com medo de ver o Dida levar com 3 ou 4 no bucho ainda na primeira fase e do Ronaldinho nao ser capaz de fazer o jogo dele. Ou o Robinho ser papado por todos os centrais.

Para o Papadopoulos

Obrigado, meu rapaz! Obrigado!
Agora se não for pedir demais vê lá se explicas o racicínio ao Katsouranis, ao Jaquidascouvespoulos e ao Maneldahortapoulos. E aí sim, ficamos todos felizes.
Não precisas aí em Atenas de um treinador, não?
Até sempre, meu bom Papadopoulos!

Ja' esta' a dar efeitos!!

Epa', este blog ja' comecou a dar efeito. O Papadopoulos deve ter lido as recomendacoes do Nuno e decidiu ficar-se pela Grecia. Agora so' falta arranjar um clube para o Robert e para o Beto, impingir o Karyaka a um Ze' qualquer e convencer o Adriano (o do Inter... o a serio...) que o Benfica e' que e' o futuro dele! :)

Vamos a isto rapaziada!

terça-feira, 6 de junho de 2006

E' desta!

Ai esta'! O Miguel tanto choramingou ao treinador dele que os gajos estao dispostos a abrir os cordoes 'a bolsa e passar o cheque ao Benfica por 20 milhoes e levarem o Simao. Isto pode ser bom mas pode ser mau. Vejamos:

- O Mundial comeca na 6a feira. Se o Simao jogar 2 jogos nos 4 que vamos fazer, vale pelo menos mais 5 milhoes. Vendo-lo antes do fim do Mundial pode ser asneira. Alem disso, vende-lo antes do fim do Mundial implica o Santos ter dinheiro para gastar com gregos que nem ao Mundial vao - estao mais baratos, mas de gregos estamos nos fartos (quem, no seu perfeito juizo, paga 2 milhoes pelo Katsouranis?);

- Vendendo o Simao ao Valencia ganhamos uma vaga no lado esquerdo. Ora, se ate' aqui a equipa vivia 'a espera de lances entusiasmantes do rapazola, pode ser que a sua saida implique que o jogo seja abordado de maneira diferente. Nao so' porque se deixa de ter o Simao mas porque temos agora o Rui, que tera' mais criatividade e objectividade na hora de criar jogadas e situacoes de golo.

A substituicao do Simao e' algo a ponderar com cuidado, na eventualidade dele sair. Nao gosto de pensar que vamos trocar o Simao por um "opoulos" qualquer, embora essa seja uma realidade com que tenha de viver. Mas se o Simao sair por 20 milhoes, porque nao dar os 5 milhoes ao Wolfsburgo pelo D'Alessandro e ter um jogador com alguma qualidade em vez de 2 ou 3 milhoes por um grego que no primeiro jogo no estadio da Luz se deslumbra e borra os calcoes?

Alem disso, depois de um Europeu Sub-21 em que estiveram algumas estrelas do futuro em Portugal, porque nao apostar num desses rapazolas? Parece que o tal avancado do Ajax, o Huntelaar, e' rapaz para partir qualquer defesa e marcar um porradao de golos...

A saida do Simao vem levantar um problema antigo no Benfica, que teima em manter "problemas antigos". Ate' ao aparecimento do Leo e do Dos Santos o nosso problema antigo era nao termos um lateral esquerdo de raiz. Arranjamos 2. Os dirigentes ficaram tao impressionados que despacharam logo um, nao fosse o problema estar resolvido. Se o Simao sair fica a descoberto um outro problema antigo: sera' que ninguem ve que desde os tempos do Chalana que nao temos um extremo esquerdo que valha alguma coisa (o gales ruivo nao conta, porque pouco jogou)? O Simao e' um extremo direito adaptado ao lado esquerdo, o Robert nao convenceu, o Helio Roque tambem e' extremo direito, o Roger nunca foi nada, o Manduca quer ser um pouco de tudo, o Marco Ferreira gostava de ser um bocadinho como o Manduca mas fica-se por ser menos que o Helio Roque. Sera' assim tao dificil descobrir um Ryan Giggs a precos mais acessiveis? Um Chalana dos tempos modernos? Eu muitas vezes me questiono como e' que os treinadores elaboram as listas de reforcos que querem e qual o papel dos olheiros nisto tudo, se nem olham para jogadores que possam ter valor...

O D'Alessandro nao sei se joga pela esquerda, mas sei que e' um numero 10. Ora, numero 10 ja' temos 1. E depois temos o Joao Coimbra e o Karagounis para o substituir. Se o D'Alessandro e' para substituir o Simao acho mal, se e' para estar no banco acho mal. Se e' para vender o Karagounis e jogar com um triangulo invertido no meio campo, com um ponta de lanca e dois alas, talvez considere... Mas continua a faltar um ala esquerdo... E um direito, agora que saiu o Geovanni, o rapaz que jogou sempre na posicao errada, mesmo quando jogou na posicao que, durante essa semana, ele achasse que era a sua posicao de origem.

Eu por mim fazia poucas mas boas contratacoes. E partindo apenas daquilo que pode acontecer (assumindo que o Alcides fica mais um ano), um bom extremo esquerdo e um bom ponta de lanca. Depois promove-se o Tiago Gomes e o Helio Roque a tempo inteiro para a equipa principal, tenta-se ver o que o Joao Coimbra e o Vasco Firmino valem a serio na pre-epoca, mete-se o Manu na ala direita... Fiquei baralhado com tantas hipoteses...

O que e' certo e' que no dia 3 de Julho, ainda o campeonato do Mundo tem uns quantos jogos pela frente, teremos um plantel renovado, com algumas caras novas. Mas porque gregos pa'???

Dia do Benfica

Hoje, por um acaso que so' se da' a cada 100 anos, e' o dia da besta. Nao do Ricardo Rocha, que o e', mas do demo, do Belzebu, do Satanas, de como o quiserem chamar. 666. Ora, em honra 'a claque mais ganzada da nossa agremiacao, deveria tornar-se este dia, a partir de hoje e ate' que o presidente do Benfica decida em contrario, feriado nacional, a ocorrer em cada mes (tipo quota). Durante este feriado todas as outras agremiacoes, a FPF, o Presidente da Republica, o Parlamento, Camaras Municipais, Juntas de Freguesia e paroquias tem de prestar sentidos e profundos agradecimentos pelo facto de partilharem um pedaco daquele quintal com tamanha e grandiosa Instituicao. Aceitam-se cheques, VISA, Mastercard e AMEX.



P.S.: Faz hoje 62 anos que um grupo de americanos e ingleses entraram pela Franca a dentro, espingardas em punho, para livrar o Mundo dos porcos Nazis. 62 anos volvidos e podiam fazer o mesmo para os lados do Porto, mais concretamente na zona das Antas, e livrar o mundo de mais porcos, alguns deles, com certeza, nazis.

Carta Aberta ao Papadopoulos

Papadopoulos, meu rapaz,

eu sei que te agrada a ideia de jogar no Benfica. Como tu disseste, "qualquer jogador" gostaria. O problema está mesmo aí, percebes? Na ordem. É que de "qualquer jogador" a "jogador-qualquer" não vai grande distância. E a malta não queremos "jogadores-quaisquer" no Benfica. Eu sei que é complicado entenderes este conceito quando pensas no King e no Hassan, no Nelo e no Tavares, no Luís Carlos e no Pringle, no Everson e no Alex, no Paulo Almeida e no Karadas. Eu sei, não é fácil, concordo contigo. Mas é também por causa destes exemplos que a malta está vacinada. E não leves a mal, tenho a certeza que és um bom rapaz e um gajo porreiro, e se calhar até tens jeito para dar uns pontapés na bola. Isto não é nada pessoal. Na verdade, e como a Carla achou que ontem fui muita bruto com o gajo que treina a equipa da FPF, hoje vou mostrar todo o meu lado pedagógico, assim quase ao estilo do que faziam os filósofos gregos da antiguidade.

Eu vou dizer isto para teu bem, Papadopoulos, meu rapaz. Tu não queres vir para o Benfica. Pensas que queres porque estás a partir das premissas erradas. E como o grande filósofo Aristóteles, também ele originário das mesmas paragens que tu mostrou, quando se parte das premissas erradas chega-se às conclusões erradas, por mais certo que esteja o raciocínio. Ou seja, Papadopoulos, meu rapaz, tu não és burro, só estás a ver a coisa de maneira transviada. Mas eu vou ajudar-te a perceber por que é que tu não queres ir para o Benfica. Vamos a isso:

- Portugal. Meu rapaz, tu não queres ir viver para Portugal. Aquilo está cheio de portugueses. É de tal maneira que nós os quatro basámos. Vê os jornais para perceberes o que meia-dúzia de tugas fazem à tal equipa da FPF na Alemanha, e imagina o que seria a coisa com muitos mais. Um desastre absoluto. Todos a cantar Nel Monteiro e Chiquita. O pânico! Eu sei que na Grécia, essa terra fantástica, não é muito melhor, mas acredita em mim, Papadopoulos, meu rapaz: tu não queres viver em Portugal. Muita burocracia. Olha, pergunta ao Karyaka a tourada que foi só para o gajo conseguir arranjar uma casa. Não sei se tens filhos, mas se tiveres ficas a saber que em Lisboa não há sítio para levar os putos a passear. A zona mais verde da cidade é mesmo no centro, e normalmente não são bem criancinhas que andam por lá, já para não falar dos propósitos por que lá andam... acredita, Papadopoulos, meu rapaz, que não queres trazer os teus filhos para aquele ambiente. Se por acaso não tens filhos, ficas a saber que a coisa está negra, e as maternidades estão a fechar. Por isso, não é boa ideia ires juntar a tua digníssima esposa a essas infelizes listas de espera. Ora não é muito melhor os putos poderem nascer na Grécia, na gloriosa Atenas? Podes até baptizá-los numa cerimónia ortodoxa, mantendo assim a tradicão milenar dos teus familiares. E depois levar os putos a passear à beira do mar Egeu. Isso é que era... já pensaste?

- o teu nome. Como disse, tenho a certeza que és um bom rapaz, às tantas até éramos capazes de ser amigos se nos conhecessemos (longe vá o agoiro). Mas, meu rapaz, com esse nome em Portugal não vais longe. Não leves a mal, mas nenhum gajo chamado Nestumcommeldopoulos chegou longe, em lado nenhum, e "papa" tem uma conotacão terrível no submundo do futebol português. Acredita, meu rapaz, que tu não te queres sujeitar a uma humilhacão destas. E olha que quando digo nestum com mel estou a ser gentil: é a minha papa preferida, e nota que eu sou gourmet!

- o teu nome, outra vez. Peco-te, de novo, que não leves a mal, mas se um gajo quiser ter a gentileza de não ler comida para bebés no teu nome, lemos "papado", o que significa que foste comidito. Na perspectiva optimista, pelos defesas adversários. Ou seja, o teu nome, numa palavra só, junta comida, criancas, e "ser comido". Em Portugal, nos dias que correm, com este PGR, isto pode e vai trazer-te sérios problemas, sobretudo se fores apanhado na tal zona verde do centro da cidade que te falei ali acima. A única coisa que te poderia safar de ires parar com os ossos à cadeia era seres do PP, mas ficas a saber que se te inscreveres no PP não vais poder assinar pelo Benfica porque não vais passar os testes médicos. Ninguém, excepto o Mantorras, consegue passar os testes médicos sem rótulas e com seis fragmentos de perónio na perna direita.

- a malta do Benfica. Pá, Papadopoulos, somos horríveis, nós, pá. Aquilo é tu falhares um passe ou perderes uma bola, e a malta que minutos antes te estava a tentar oferecer uma sandes de couratos e uma bejeca desata-te a assobiar com tal potência que tu vais julgar que são os deuses do Olimpo a castigar-te (sim, eu também, acredita, também faco banzé, mas é mais aos berros porque não consigo dar aquele assobio à cabreiro com que o Trapatonni chamava o Mantorras para entrar aos 80 minutos de jogo). Se achas que estou a exagerar, fica-te barata a confirmacão: dá duas telefonadelas, uma ao Karagounis e outra ao Fyssas. Vais ver o que eles te dizem: nada - porque ainda não conseguiram recuperar a sensibilidade auditiva depois do tratamento que levaram da Bancada Sapo. Papadopoulos, meu rapaz, tu tem medo. Tem muuuuuuuito medo. Lembra-te que o Machairidis saiu fugiu de volta para a Grécia a correr, alegando uma grande depressão, que aparentemente o deu como incapacitado para o futebol (tá bem, tá... agora diz que foi da depressão... pois...) e o Sabry era estrela na Grécia e depois chegou cá, marcou um golo aos lagartos num jogo em que fomos vergonhosamente roubados pelo Lucílio Baptista, como sempre nos jogos em que ele apita, e foi encostado às boxes de tal maneira que nem para o Marítimo servia. Tu tem medo, Papadopoulos, meu rapaz!

- e finalmente, se isto tudo ainda não te fez ver as coisas pelo ângulo certo, o que decerto eu lamentaria porque comecaria a pensar que tu és um bocado lerdo das ideias, diz-me sinceramente: achas que seria um bom passo para a tua carreira ir para uma equipa treinada pelo Fernando Santos, com um adjunto de nome Rosário? Pensa bem, meu rapaz, na resposta. Tens na mão um pau de dois bicos. Se disseres que sim, provas que, ao contrário do meu raciocínio inicial, não só és burro como és uma grandessíssima besta. E o Benfica não contrata mais bestas, pelo menos enquanto não se conseguir ver livre do Ricardo Rocha - estão cheias as vagas todas. Se disseres que não, isso prova como finalmente encaraste a realidade das coisas e percebeste que não queres vir para o Benfica. E portanto está arrumada a coisa.

Ora diz lá que isto não foi uma boa conversa? Adeus, Papadopoulos, meu rapaz, e até sempre.

P.S.: Diz lá ao outro gajo do AEK, que é trinco e joga a central, ou vice-versa, que o melhor é irem os dois jogar para a Alemanha. Ou para a Turquia, Bielo-Rússia, qualquer coisa assim. No Benfica é que não. E se quiserem fazer o jeitinho de levar a equipa técnica, eu dou uns eurozitos de ajuda para a passagem aérea de sentido único.

A agremiacao de atletas representados pelo Jorge Mendes

Estas noticias da seleccao sao coisa q nao me tira o sono. Quem joga ou deixa de jogar pela agremiacao de atletas representados pelo Jorge Mendes e' coisa q me incomoda pouco. O pouco que me interessa diz evidentemente respeito 'a valorizacao de jogadores do Benfica.

Se o scolari mete o Costinha em vez do Petit, por mim, optimo! Nao so estamos a dar avanco 'a seleccao de Angola, como evitamos q um Vilarreal qualquer se lembre de vir fazer a cabeca em agua ao Petit e q ele se ponha a dizer aqueles disparates de que vai para o ManUnited. O Benfica so tem 50% do passe do petit, donde, uma venda esta fora de questao. Alem do mais, o Petit e' o simbolo do "jogar 'a Benfica" e como tal ira ficar ligado ao benfica por muitos e bons anos.

Ja em relacao ao Simao a coisa e' um pouco diferente. Tudo leva a crer q o Simao esta a precisar de ir arejar a pevide e nao me parece q o Benfica tenha o direito de lhe cortar as pernas. Por tudo o q deu ao Benfica, e pelo facto incontornavel de ser um lagarto q faz birra se lhe dao a mitica bracadeira de capitao (q ira voltar ao braco de um benfiquista a serio), talvez esteja na hora de ele partir. Perdemos um grande jogador mas quem sabe talvez consigamos equilibrar um pouco a equipa (topico para futuros posts). Cheira-me q nos primeiros tres jogos o Cristiano Ronaldo vai cometer a proeza de nao jogar um peido e de ser castigado por comportamento incorrecto (basta ver q nos ultimos dois amigaveis cometeu duas agressoes). O Simao sera titular no jogo dos oitavos contra a Argentina e vai partir aquilo tudo. O preco? 30 milhoes! Sr. Abramovich, passe o cheque em nome de "S-P-O-R-T L-I-S-B-O-A E B-E-N-F-I-C-A."

Quanto ao Nuno Gomes, TEMO q seja um caso igual ao do Simao. O Pauleta nao vai marcar um golo nos 3 primeiros jogos e vai para o banco nos Oitavos. Entra o Nuno contra a Argentina e aos 15 minutos marca um golaco, pe esquerdo 'a meia volta, 30 metros da baliza, sem olhar, a bola a rasar o poste direito da baliza (ja viram este filme?). Sr Presidente do Valencia, sao 25 milhoes e escreve-se "S-P-O-R-T L-I-S-B-O-A E B-E-N-F-I-C-A." Ah, tb queremos o Miguel porque o roupeiro q limpa as chuteiras vai reformar-se e precisamos de alguem 'a altura desta missao.

Resumindo, tal como no Euro04 quando o Scolari teve q engolir o sapo e por a jogar a equipa do FCPorco, este ano vai engolir um ainda maior. Se Portugal for longe neste Mundial, sera a custa de atletas em grande forma (Simao, Tiago, Boa Morte) e nao gracas aos scolarizados (Bostinha, Caniche, Bostiga).


Soltas: O Ricardo vai abrir a capoeira ja no primeiro jogo e nao vai deixar de ser titular por causa disso. O Ricardo Carvalho nao vai sair para o Real depois dos nos q o Mantorras lhe vai dar. O Postiga vai ser a 2a escolha para avancado e nao o Nuno Gomes. O Tiago vai ser (de longe) o nosso melhor jogador. O Figo vai ter prestacoes sufriveis mas nunca vai ser substituido. O Ronaldo vai ser a desilusao do torneio. O Pauleta vai ser o melhor marcador da primeira fase.

segunda-feira, 5 de junho de 2006

Titularidades nao discutidas

A seleccao de todos nos nao e' a nossa seleccao de certeza. Em 66 era, porque 99% dos jogadores eram do Benfica. Em 2006 nao e' porque so' temos 4. Dos quais nenhum sera' titular, claro. Como o Nuno disse, se e' para por a jogar gajos que nao jogaram durante 6 meses vai o Quim para a baliza. E isto so' para comecar. Porque o Simao no lado esquerdo partiria os rins a qualquer mexicano, o Petit e o Tiago no meio campo dariam a consistencia que precisariamos, o Nuno Gomes na frente sempre acertava mais vezes na baliza que o Pauleta. E ja' estou a prever o Mantorras ser o melhor marcador do Grupo D...

Mas expliquem-me isto: Um gajo que defende as bolas dentro da baliza (onde ja' nao conta), um trinco que nao joga ha' 6 meses, um medio centro que jogou 4 jogos no Chelsea depois de 4 meses encostado, um avancado que nao acerta na baliza quando os jogos sao a valer, um extremo direito/esquerdo que fez uma epoca mediana no Inter, um extremo esquerdo/direito que, apesar de ter jeito para os toques na chicha, complica muito um jogo que se quer simples... Nao quero agoirar, mas isto tem todos os interpretes para ser um filme de terror.

Nao quero com isto dizer que o Simao, o Petit, o Quim e o Nuno Gomes fariam melhor... Esperem la'... Quero quero!!! Fariam de certeza melhor! Hat trick do Nuno Gomes contra o Irao, 2 golos do Simao de livre contra o Mexico e 3 golos do Mantorras mas 7 dos 3 jogadores de campo do Benfica contra Angola... Nao faz mal sonhar...

E quanto a noitadas, pois que vao, e levem o brasuca. Pode ser que o gajo com uns copos nas ventas ponha o Petit e o Tiago no meio e o Simao na esquerda. Mas deviam era proibir ex-jogadores do Glorioso de sairem com actuais jogadores do Benfica, especialmente se o nome do ex e' Miguel.

teoria da conspiracão

Tenho a sensacão que o Fernando Santos (vocês têm mesmo a certeza que ele é OFICIALMENTE o treinador? Já não há hipótese nenhuma de ser especulacão da imprensa?) está a contratar um bando de coxos, só para no fim ter a desculpa de dizer "Ficámos em quarto lugar porque o plantel era limitado, sobretudo aquela porcaria dos gregos que a direccão contratou". E já estou a ser optimista... quarto lugar... não sei não...
Hoje, e só durante dois minutos, tive pena que o Vale Tudo não fosse o actual presidente. (Depois voltei ao normal.) É que o gajo era capaz de vender o Simão ao Valência, ao Chelsea, ao Liverpool, ao Lyon, ao Milan e ao Manchester, cobrar a todos, e ainda ficar lá com o rapaz a capitanear a malta. E ainda dizem que o homem não tem jeito para o negócio... é um camone muito à frente...

SDB-SPORT DILI E BENFICA

O Glorioso pelo mundo...

Do Benfica e de menoridades diversas

Irritam-me os jogos de seleccões. Nunca comprei aquela cena de ter que apoiar uma equipa onde jogam gajos de que eu não gosto só porque a Federacão Portuguesa de Futebol quer. Isto é um síndrome que já vem dos tempos do Juca a seleccionador nacional. E agravou-se com o tempo, com o aparecimento de grandes jogadores noutras seleccões, etc, etc, etc.. Há quem diga que isto é anti-patriotismo militante, uma traicão, o rabo do gato. Eu acho que não faz sentido nenhum porque afinal sou do Benfica. Vem isto tudo a propósito de um especial requerimento enviado desde os confins do Canadá, no Pacífico Norte, para que aqui se deixem notas acerca dos jogos do Mundial. Eu avisei logo que os Mundiais são uma competicão menor porque o Benfica não joga, mas sempre acho piada poder ver muitos dos grandes jogadores do mundo ali concentrados. Evidentemente que ver um Argentina-Inglaterra ou um Brasil-Itália é sempre qualquer coisa de comer e chorar por mais. A minha seleccão favorita em cada jogo é aquela que tiver mais jogadores do Benfica, ou futuros jogadores do Benfica (foi épica, aquela campanha da Bélgica de Preud'homme, acabadinho de assinar pelo Glorioso, nos EUA em 1994). Os preferidos absolutos, os do costume - Brasil, Argentina (às vezes), Itália (se não forem retranqueiros como os de 1994), e pouco mais. Também costumo ficar contente quando vejo seleccões com aquele joguinho da treta de usarem a potência física e a organizacão defensiva e de contra-ataque, seleccões chatas, no fundo, como a Alemanha, a Noruega, e afins, levarem nas trombetas a forca toda. Este ano ficarei especialmente contente se os alemães forem espancados só para espetar com isso nas trombas do nazi com quem tenho o azar de partilhar o apartamento. Mas onde é que este discurso todo conduz? Naturalmente, à equipa daquele treinador Brasileiro que ganhou o Mundial de 2002 com o Brasil e conseguiu perder duas vezes contra a Grécia com Portugal, no europeu de 2004. O sargentão aquele baseia toda a sua actuacão na questão da lideranca. Ele é que manda, e mais nada. Nem vale a pena o presidente da república local fazer uma chamadita ou outra, porque ele é que manda. Escolhe uns quantos macacos, e depois os macacos sentem-se escolhidos (é essa a palavra) e descascam as bananas todas para o treinador ficar contente. E no fim, todos unidos, comem as bananas que houver e geralmente comem as cascas, porque alguém costuma comer a parte com interesse da banana - outros macacos com mais jeito para a macacada. Serve isto para introduzir um conceito muito simples: por que razão é que um gajo tem que apoiar esta seleccão, na qual os jogadores são titulares-cativos, independentemente de jogarem bem, jogarem mal ou, inclusivamente, não jogarem, só porque partilhamos o campo "Nacionalidade" no bilhete de identidade? Ainda por cima quando não tem alguns dos melhores jogaroes no onze titular - ou seja, os jogadores do Benfica. Eu já me estou a ver no Portugal-Angola a apoiar Angola, porque Portugal vai ter zero jogadores do Benfica e Angola vai certamente ter um. E isto leva ao ponto seguinte, que é por que é que os jogadores do Benfica não são titulares. E eu nem sequer pergunto isto só porque eles são do Benfica. Pergunto isto porque me dá vómitos ver pessoas a apoiar uma equipa que tem o Ricardo na baliza e o Pauleta a ponta-de-lanca. Agora analiticamente: o que é que o Costinha fez ao seleccionador que lhe permita jogar num Mundial sem jogar há mais de seis meses?! Por que raio é que o Pauleta tem lugar cativo naquela merda de equipa quando é ele o próprio a dizer, ainda por cima armado em herói, quando não passa de um herói em cuecas, que só marca golos às equipas pequenas (sim, parvalhão, só marcas golos às equipas pequenas! Nos jogos a sério tem que ser outrem a marcá-los, normalmente o Nuno Gomes depois de entrar para o teu lugar, minha besta!)?! Como é que é possível que a besta do treinador insista em colocar a titular um puto armado aos cucos que sabe fazer umas brincadeiras com a bola daquelas que resultam giras nos treinos para animar a plateia, mas que é completamente inútil em termos de jogo de equipa, que perde três quartos das jogadas porque insiste em fazer fintas e acaba sem a bola, e que ainda por cima tem a mania que é o melhor do mundo quando nem para calcar as botas ao Ronaldinho serve?! Como é que é possível que seja possível que se espere que as pessoas apoiem uma equipa destas?! Mas a besta do treinador não aprendeu nada durante o europeu!? Não percebeu que cada vez que pôs o Ronaldo a titular (ou seja, em todos os jogos), o gajo não fez nada de jeito, tirando a primeira meia-hora do jogo contra a Espanha? Não percebeu que o grande guarda-redes que ele escolheu e que achou que atingiu o céu quando defendeu um penalti mal marcado como as trombas do anormal que o marcou foi o mesmíssimo que contribuiu decisivamente para a vitória dos gregos na final, por causa da incompetência total de apanhar uma bola cruzada pelo ar?! Não percebeu que a sucata do Pauleta é capaz de marcar golos ao Luxemburgo, mas depois acerta tanto como o Hélder Postiga nos painéis laterais quando os jogos são contra equipas a sério?! Porra, se o gajo não percebeu nada disto o que é que está lá a fazer?! E por que é que ninguém repara nestas cenas?! E por que é que jogadores como o Tiago, que fez um campeonatozorro este ano, como o Simão, como o Petit, que não jogam por capricho quando na posicão deles está um inútil qualquer que deu água das rosas a beber ao treinador, não mandam o treinador ir tomar no mesmo sítio em que ele mandou o jornalista espanhol há 2 anos, e não vão para casa? A sério, eu estou danado com o Tiago desde aquela saída à gado vacum há dois anos, mas se ele mandasse o Scolari à nossa senhora do caravaggio e se fosse embora, eu dava dez euros para lhe fazer uma estátua.
Agora, mais recentemente, foi o sururu de o Miguel e o Simão e mais não sei quem terem ido tomar um copo durante a folga. Tirando a cena de o Simão andar com más companhias, não estou a ver qual seja o problema de ir sair durante a folga. E o Sargentóide também não viu qualquer problema, o que não me surpreendeu minimamente: afinal, se ele não quer saber do que os jogadores fazem dentro do campo, por que raio é que haveria de querer saber o que eles faze fora do dito?!?! Desde que não metam para a veia e sejam todos amigos, está tudo bem, pensa a sumidade. Mas ainda acerca desse episódio, hoje houve o pico da situacão, com as seguintes afirmacões do médico Henrique Jones:
«Obviamente que os atletas foram alertados logo de início desta concentração para a necessidade de algumas horas de sono, de repouso e de cuidados da higiene pessoal».
Eu fiquei de boca aberta perante a sofisticacão da coisa. Então é preciso mandar os jogadores tomar banho e fazer a barba? Mas querem ver que o Scolari disse ao Ronaldo "Oh rapaz, se não toma banho hoje outra vez eu não vou deixar você sentar na mesa do jantar, que a gente não tem que comer com esse cheiro a burro aqui, entendeu? Já não mando você fazer a barba porque você nem barba tem, mas vai tomar banho, pô!". Ou será que isto é ainda mais grave, e o que se passou de facto é que, perante o que o pseudo-puto (o gajo tem 20 anos, putos são os que têm 14...) pseudo-maravilha tem feito nos jogos-treino dentro de campo, o Scolari quando o substitui lhe dá um rolo de papel higiénico, para ele tratar da higiene? Se calhar era melhor juntar também um daqueles toalhetes húmidos, para ficar bem limpinho.
Isto é dramático. E se para ganhar duas vezes a uma equipa destas chegam uns quantos gregos sem jeito para a bola a praticar futebol chato, PARA JOGAR NO BENFICA OS GREGOS NÃO CHEGAM. Eu não quero cá gregos! Ainda me lembro do que aconteceu com o Makairidis, ou lá como é que se chamava o barrete. Já basta que vamos ter que gramar com o treinador que lá está (ainda não digeri essa... bolas...), e agora ainda temos que comer com papadopoulos, mamadopoulos, xixidopoulos e rabodogatopoulos?! Mas está tudo maluco!? Um é trinco e o outro é meio extremo-esquerdo meio avancado (quando eles são meio-isto meio-aquilo, não são nada de jeito, normalmente...)?! Mas passou-se tudo?! Deixem o raio dos gregos na Grécia, que é uma terra linda e fabulosa e maravilhosa e fantástica e com um mar delicioso e perfeito, e se a merda do treinador que contrataram gosta assim tanto dos gregos, que volte para lá e que os treine LÁ! Irra...
E que o Mantorras e o Luisão representem bem o Benfica no campeonato, porque está visto que os portugueses não vão ter hipótese de o fazer, porque não têm lugar cativo. O Benfica devia contratar o Scolari para director do estádio. Com a capacidade que ele tem de distribuir lugares cativos, aquilo enchia num instante.
Benfica esmaga!

Valera a pena sonhar?










«Esperem por mim, que um dia vou voltar», avisou, embora o regresso a Portugal «não seja ainda num futuro muito próximo».

José Mourinho lembrou que tem contrato com o Chelsea até 2010 e vontade de experimentar outro campeonato da elite europeia, mas, num futuro mais distante, aceita a hipótese de tomar conta de um clube português.

«Porque não trabalhar num clube em Portugal? Há clubes em Portugal de nível europeu e mundial. Mas neste momento não vislumbro essa possibilidade. Para já, o objectivo é cumprir o contrato com o Chelsea», frisou o técnico português.

todos diferentes todos iguais

A teia de Luciano Moggi

PAULO ANUNCIAÇÃO in O JOGO

A investigação conduzida sob máximo segredo pelo Ministério Público de Nápoles, Turim e Roma, durante a época de 2004/05, não deixa margem para grandes dúvidas. Luciano Moggi, director-geral da Juventus desde 1994, montou uma teia criminosa que estendia o seu raio de acção a vários sectores do futebol e da sociedade italiana. A investigação tem por base escutas telefónicas realizadas a Moggi e seus cúmplices. No caso do director-geral, a tarefa foi imensa: Moggi utilizava regularmente entre seis e dez telemóveis (dois deles registados na Eslovénia) e tinha, em média, 416 conversas telefónicas por dia. A partir do conteúdo destas chamadas e posteriores interrogatórios efectuados pelos investigadores, a imprensa pôde deduzir, nos últimos dias, a forma como funcionava a rede mafiosa de Moggi
Árbitros
A peça mais importante da enorme teia construída por Luciano Moggi chama-se Massimo De Santis, o árbitro italiano com mais prestígio na era pós-Collina (Santis era um dos árbitros nomeados para o Mundial da Alemanha, mas foi afastado na sequência do escândalo). Tal como se pode ler nas conclusões preliminares dos investigadores italianos, Santis era um homem com uma “enorme capacidade criminosa e uma grande habilidade para apagar pistas e provas”. Santis, que conduz um Jaguar, tinha uma influência decisiva na elaboração das listas de árbitros que eram promovidos ou despromovidos no final de cada época. Além de Santis, outros oito árbitros foram suspensos. As escutas telefónicas revelam que a teia de Moggi/Santis não se limitava a assegurar arbitragens favoráveis à Juventus e clubes aliados (como a Lázio ou o Messina). Também se preocupavam em afundar clubes inimigos (como o Bolonha) e em massacrar com cartões amarelos e vermelhos os jogadores – defesas, sobretudo – das equipas que nas jornadas seguintes defrontavam a Juventus, de forma a que pelo menos um deles ficasse impedido de jogar.
Banca
A família Moggi contava com aliados importantes no sector financeiro. Chiara Geronzi, filha do banqueiro Cesare Geronzi – o homem-forte do Capitalia, um dos maiores bancos de Itália –, integra a Gea World SpA, dirigida por Alessandro Moggi. Os investigadores da procuradoria de Nápoles concluíram que os Moggi utilizaram essa ligação à Capitalia para pressionar – e eventualmente desmantelar – a AS Roma, um clube que vencera o campeonato em 2001 e que insistia em não acatar as instruções de Turim. Em 2004, Luciano Moggi decidiu contratar o treinador Fabio Capello e o médio brasileiro Emerson, da AS Roma. E utilizou, para isso, a influência do Capitalia. O clube romano devia, nessa altura, mais de 150 milhões de euros ao banco. O Capitalia deixou bem claro que qualquer resistência aos desejos da Juventus provocaria um corte imediato da linha de crédito e complicaria as negociações da AS Roma com a Sky com vista à venda dos direitos televisivos. Franco Sensi, proprietário da AS Roma, acabou por ceder.
Media
A influência de Moggi chegava ao ponto de controlar “Il Processo di Biscardi”, um programa muito popular – transmitido à segunda-feira pelo canal La7 da televisão italiana – onde se fazia a análise das jogadas mais duvidosas do fim-de-semana. Numa das conversas telefónicas, ouve-se Moggi a dar instruções a Biscardi para que um golo que a Juventus marcou em claríssimo fora-de-jogo fosse transformado num “lance duvidoso, um erro compreensível do árbitro”. O canal cancelou o programa na sequência do escândalo das escutas. Em 2005, o diário “La Gazzetta dello Sport” suspendera a coluna semanal de análise aos lances duvidosos que era escrita pelos responsáveis pela nomeação dos árbitros. Na altura, o director do jornal nunca justificou a decisão, tomada na sequência de uma coluna particularmente facciosa a favor da Juventus. Fê-lo agora – com um ano de atraso.
Futebolistas
A Gea World SpA é uma das protagonistas do escândalo. Fundada em Outubro de 2001 por filhos de grandes figuras do mundo do futebol e da finança, a empresa tem uma carteira de futebolistas/clientes com mais de duas centenas de nomes. Além de Chiara Geronzi (Capitalia), a Gea conta ainda com a colaboração de Davide, filho do actual seleccionador nacional, Marcello Lippi. Muitos jogadores estavam convencidos de que a Gea lhes abriria a porta para a internacionalização com a camisola da selecção italiana. A empresa, dirigida por Alessandro Moggi (filho de Luciano), Franco Zavaglia e Riccardo Calleri, teve lucros de seis milhões de euros nos últimos cinco anos. As suas ramificações estendem-se a todo o mundo do futebol, empregando homens de confiança como Aldair – “olheiro” da Gea para o mercado brasileiro (em Portugal, o “canal de preferência” é Dimas, o antigo jogador da Juventus que recentemente lançou a agência de “football management” JOD, com sede em Cascais). Nas últimas épocas, a Gea monopolizou quase por completo o mercado italiano de transferências de jogadores e de treinadores (Gigi Del Neri, ex-treinador do FC Porto, é um dos cerca de 30 técnicos representados pela Gea). Quando um clube se negava a vender jogadores à Juventus, Moggi aconselhava esses jogadores – como aconteceu com Cannavaro, Emerson ou Ibrahimovic – a jogar mal e fingir depressão. As autoridades estão a analisar, igualmente, os contratos de vários jogadores da Juventus por suspeita de pagamentos ilegais.
Polícia
Luciano Moggi mantinha contactos estreitos com polícias das corporações de Turim, Nápoles e Roma. Alguns deles – incluindo um graduado supostamente encarregado de combater a corrupção no futebol – colaboravam directamente com Moggi, fornecendo informações ou actuando como guarda-costas. Em troca, Moggi oferecia prendas, bilhetes para jogos e acesso às grandes estrelas do futebol.
Sinais do passado
Luciano Moggi era provavelmente a figura mais poderosa e obscura do futebol italiano. Nascido em Julho de 1937, Moggi iniciou-se na carreira de dirigente desportivo profissional na década de 70. Passou por vários clubes, incluindo Roma, Lázio, Torino, Nápoles e, desde 1994, Juventus. A passagem pelo Torino ficou marcada, aliás, pelo primeiro escândalo. Uma investigação jornalística revelou, na altura, que Moggi contratara várias prostitutas para “adocicar” os árbitros dos jogos do Torino na Taça UEFA de 1991/92. A equipa chegou à final depois de eliminar cinco adversários (incluindo o Boavista) e sempre com vitórias em casa. Uma das prostitutas, Monica Morini, revelou que tinha sido contratada para “fazer companhia” a um senhor estrangeiro – um dos árbitros – hospedado num hotel da cidade. O caso chegou ao tribunal de Turim e Luciano Moggi argumentou, em sua defesa, que nunca contratara qualquer prostituta: “Apenas solicitei os serviços de intérpretes”, disse ele, acrescentando, no entanto, que era “prática corrente” oferecer presentes aos árbitros. O tribunal não conseguiu provar a ligação entre as prostitutas e Moggi ou o Torino. A UEFA ignorou o caso.

Custos valencianos

Um pouco mais de 10 milhoes pelo Simao? Mas o Valencia acordou agora e passou ao lado da epoca passada? Ou sera' que e' aquele ingrato do Miguel que anda com saudades do Simao e esta' a ver se nos lixa mais uma vez?

Um fax para o Real Valencia F.C. (ou la' como e' que o clube se chama) devia dizer o seguinte:

Carisimo presidente del Valencia F.C.,

Muchas gracias por el interesse en Simao Sabrosa, pero vosotros no tienen suerte. Una jamba del Simao tiene los custos de 15 milliones de euros (porque lo dolar es muy barato), mas lo custo de las sapatillas (5 milliones) e los pantallones (5 milliones). Con 40 milliones mas portes de envio Simao se fichara' por Valencia.

Ahora, teniemos un jugador por 10 milliones que tenemos de tranferir, su nome Beto. Usteds poden ver el jugo con Mancheter United adonde le marca un gol muy bueno, ou como le marco' a Gerrard muy bien.


Muchas gracias,
S. L. Benfica




Ao mesmo tempo mandavasse um 'a Federacao Inglesa para ser distribuido pelos clubes da Premier League:

TO ALL INTERESTED:

Benfica player Simao Sabrosa is not for sale. However, with a sum of 40 million euros or higher (hard cash and no exchange players) the player can be released to the club that presents the dough, cash, bling. Thank you for your interest.

S. L. Benfica



E mai nada. Levaram o Miguel quase de borla muito por culpa daquele anormal cujo nome da' vomitos a quem o tenta pronunciar, mas nao vao levar o Simao. Nem o Moreira. Nem o Luisao. Levem o Ricardo Rocha e o Beto por 10 milhoes e ja' esta'.

Ai esta' contratacao numero 12...

Epa', um gajo nao pode ficar sem ler os jornais desportivos 2 dias. Aparecem logo 2 novas "estrelas" para completar o plantel do Benfica. E os tipos dos jornais devem pensar que a malta e' estupida. A Bola anunciava a iminente contratacao do Andres D'Alessandro enquanto O Jogo dava o Papadoulos como certo na Luz.

O primeiro tem 2 clubes espanhois e o clube onde jogou na epoca passada a quererem o rapaz. Nao sei quais sao os espanhois, mas o Portsmouth deve ter mais capacidade financeira que o Benfica, isto depois de um fim de epoca incrivel em que o Redknapp conseguiu com que a equipa nao descesse de divisao - e sempre sem por o Karadas a jogar (por aqui se ve a qualidade do homem - do Karadas claro). E qualquer clube espanhol da Primera tera' um orcamento 5 ou 6 vezes maior que o Benfica. Logo, o Alessandro nao vem (assim como nao vem nenhum dos outros jogadores badalados cuja nacionalidade nao e' grega...)

O Papadopoulos, nunca ouvi falar do homem. Diz que e' extremo esquerdo... Ta' bem... Eu tambem sou 'as vezes mas nao vou oferecer o meu contributo ao Benfica nem a nenhum outro clube (mesmo distrital).

E eu volto a perguntar: so' porque a Grecia foi campea da europa em 2004, muito por culpa da ineficacia dos nossos avancados que nao conseguiram tirar a camioneta deles de frente da baliza, sera' que o jogador grego, de um dia para o outro, se tornou num jogador de elite? Nao. Continuam a ser os mesmos coxos. E se e' para contratar coxos, esses ha' a pontapes (Beto, por exemplo...).

domingo, 4 de junho de 2006

momento do ano

Rocket Man




Beckenbauer mostrou preocupacao em relacao ao estado do futebol moderno, referindo-se sobretudo aos montantes exorbitantes de dinheiro associados aos salarios de jogadores, transferencias de passes e comissoes para intermediarios. Estava-se concerteza a referir aos proclamados salarios de 10 Milhoes Euros/ano q andam a ser oferecidos a jogadores como Ronaldinho, Henry, Lampard ou Balack.

Pois ontem, os Houston Astros, uma equipa de baseball mediocre, num desporto em crise profunda, ofereceu um contrato de 45 Milhoes USD/ano ao Roger 'Rocket-Man' Clemens, um pitcher com a bonita idade de 43 anos de idade.

Verdade q o meu pe' direito nao serve para muito mais do que albergar umas colonias de fungos e q nao consigo lancar uma bola a 150km/hora nem com uma raquete. mas sera isso razao suficiente para eu ganhar num ano o q Ronaldinho ganha enquanto corta as unhas dos pes e o Clemens assoa o nariz?

procure as diferencas



Nigeriano Mikel custa 23 milhões ao Chelsea:

Depois de vários meses em que foi objecto de disputa entre Chelsea e Manchester United, John Obi Mikel vai mesmo jogar nos campeões ingleses. Mas a contratação do promissor médio de 19 anos, internacional pela Nigéria, não vai sair barata aos "blues" - Roman Abramavich vai ter de escrever 23 milhões de euros no cheque, que será dividido entre o United (17 milhões) e o Lynn (seis milhões), o clube norueguês onde jogava Mikel.

Valencia quer Simao

O Valencia tem Simão Sabrosa na lista de potenciais reforços para a próxima temporada. Mas caso decida avançar para a aquisição de Simão, o Valencia estaria disposto a oferecer apenas um valor ligeiramente acima dos 10 milhões de euros.

Alguem pode dizer aos espanhois q 10 milhoes so da para uma camisa autografada? Se estao a pensar no passe do Simao Sabrosa sao 10 milhoes mais o Ayala, o Baraja e o Aimar.

em nome do pai

saquei esta no marvermelho :

Alexandre Borges n'A Capital de 16 de Julho de 2005:
Em 1974, um atentado à bomba reclamado pelo IRA matava cinco pessoas num pub de Guilford, nos arredores de Londres. Um jovem rebelde irlandês chamado Gerry Conlon é, então, preso, conjuntamente com três amigos, e condenado pelo crime. Giuseppe Conlon, pai de Gerry, ence-ta esforços para a sua libertação e, embora venha também a ser condenado, consegue o auxílio da advogada Gareth Peirce para a investigação das irregularidades do caso. É quando essa personagem interpretada por Emma Thompson visita Gerry, aliás Daniel Day-Lewis, na cadeia, que uma surpresa se revela aos espectadores portugueses. Ao longo de todo este diálogo de Em Nome do Pai, filme dirigido por Jim Sheridan em 1993, um galhardete do Sport Lisboa e Benfica está pendurado na parede da cela, bem ao lado do rosto de Gerry, em posição de destaque em relação às fotografias e outros elementos identitários com que os cineastas costumam construir os prisioneiros.